Falecimento – Adeus a Roni Friese

Por Gerson Coas | Foto por Gerson Coas | 18 de dezembro de 2011 - 9:11

Um apaixonado pelo motociclismo nos deixou na manhã dessa sexta-feira, 16. Roni Friese, 29 anos, foi mais vítima da BR-470. Ele se envolveu em um acidente às 3h40min em Lontras, no Alto Vale, foi hospitalizado em Rio do Sul, mas em decorrência dos ferimentos, faleceu às 7 horas.

Durante á última etapa do Brasileiro e Catarinense de Velocross 2011, realizada em Witmarsum no final de novembro, estava ele na parte superior do traçado – no curvão após a reta de largada – registrando algumas imagens. Na ocasião Roni disse que estava dando um tempo nas corridas (como piloto). Mas, dizia ele, como todos os aficionados pelo esporte sabem, quem gosta de motos nunca fica longe. Se não participa diretamente, no mínimo vai assistir.

Roni começou a competir em 1997. Participou de provas do Campeonato Catarinense de Motocross, Supercross e Velocross até o final de 2009, sempre com o numeral 104, referência a Rádio FM 104 de Taió, sua cidade natal. Filho de Iroldo e Maria Friese, Roni atualmente trabalhava na rádio 107,9 FM, de Presidente Getúlio.

 

Roni Friese

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly