CBM e Superliga anunciam calendários 2012

Por Vipcomm | Foto por Divulgação | 02 de fevereiro de 2012 - 20:46

A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), entidade responsável pelo Campeonato Brasileiro de Motocross, e a empresa Romagnolli Promoções e Eventos, organizadora da Superliga Brasil de Motocross, tomaram uma decisão inédita e definiram em conjunto o calendário para a temporada 2012.

O acordo vai beneficiar pilotos, equipes e patrocinadores, já que a partir de agora os resultados das corridas, tanto do Campeonato Brasileiro de Motocross quanto da Superliga Brasil de Motocross, serão homologados oficialmente pela Confederação.
Para o ranking de competições nacionais e internacionais, como o Mundial de Motocross e o Motocross das Nações, serão considerados os resultados do Campeonato Brasileiro de Motocross. As provas da Superliga também terão a chancela da CBM.

A decisão foi anunciada pelo presidente da CBM, Firmo Henrique Alves, e pelo empresário Carlinhos Romagnolli, CEO da Romagnolli Promoções e Eventos, organizadora da Superliga e do Arena Cross. Os dois se reuniram em São Paulo, na sede da Honda. Também participaram da reunião o assessor de competições da empresa, Wilson Yasuda, que promoveu o encontro, e Leandro Ramos, do departamento de marketing da marca.

“O objetivo é permitir que as equipes participem das duas competições ao longo do ano: o Campeonato Brasileiro de Motocross e a Superliga. Chamamos a CBM e a Romagnolli para acertarmos os calendários, uma vez que a data da etapa de abertura das duas competições estava conflitante. E se continuasse assim, os pilotos teriam que optar por uma delas. Muitos têm o interesse de correr nas duas provas. O motociclismo brasileiro saiu ganhando com essa decisão do presidente Firmo Alves e do empresário Romagnolli”, afirma Yasuda. O acordo ainda prevê que os pilotos da Superliga deverão ser filiados na CBM.

“A CBM já havia divulgado um calendário para 2012, porém como algumas datas conflitavam com a Superliga, em respeito aos pilotos, decidimos fazer a alteração para não prejudicar os competidores”, reforça Firmo Alves.

“Como somos uma empresa privada que organiza grandes eventos esportivos, nossa intenção é unir forças e contribuir para a evolução do esporte no país. Desta maneira, os pilotos têm a oportunidade de disputar as duas competições. Quem ganha com isso é motocross brasileiro”, destaca o empresário Romagnolli.

Calendários do Motocross 2012

CAMPEONATO BRASILEIRO DE MOTOCROSS

1ª etapa – 7 e 8 de abril – a definir

2ª etapa – 28 e 29 de abril – Espírito Santo

3ª etapa – 26 e 27 de maio – Rio Grande do Sul

4ª etapa – 9 e 10 de junho – Mato Grosso do Sul

5ª etapa – 30 de junho e 1 de julho – Mato Grosso

6ª etapa – 21 e 22 de julho – Sergipe

7ª etapa –11 e 12 de agosto – São Paulo

8ª etapa – 8 e 9 de setembro – a definir

SUPERLIGA BRASIL DE MOTOCROSS

1ª etapa – 3 e 4 de março – Indaiatuba (SP)

2ª etapa – 31 de março e 1 de abril – Recife (PE)

3ª etapa – 14 e 15 de abril – Salvador (BA)

4ª etapa – 5 e 6 de maio – Chapecó (SC)

5ª etapa – 16 e 17 de junho – Brasília (DF)

6ª etapa – 14 e 15 de julho – Penha (SC)

ARENA CROSS

1ª etapa – 4 de agosto – Ribeirão Preto (SP)

2ª etapa – 1 de setembro – São José Rio Preto (SP)

3ª etapa – 22 de setembro – Londrina (PR)

4ª etapa – 20 de outubro – Brasília (DF)

5ª etapa – 10 de novembro – Camboriú (SC)

Compartilhe este conteúdo

Comentários

aline tsunamina disse:

eu quero muito participar de motocross mais infelismente nunca sei quando vai ter nem onde vai ser. eu moro em pelotas no rio grande do sul e quero muito saber a agenda. sou apaixonada,desde pequena eu quero correr esse é o meu sonho.

OBRIGADO CBM/SuperLiga
Se o piloto mora no Rio Grande do Norte para se ter uma idéia, praticamente todas as etapas do campeonato serão na contra – mão. Pelo que percebi nos calendários, ambos estão bem distribuidos e irão contemplar em uma ou outra oportunidade praticamente todos os pilotos pois teremos provas em todas as regiões do País. Oque se quer é a concretização desse calendário, sem mudanças de última hora pois só assim poderemos planejar nosso trabalho e as viagens. Bem essa união em prol do calendário, é uma grande conquista e deve ser comemorado. É um avanço e tanto para a organização e profissionalização do nosso esporte. Parabéns CBM e Organização da Superliga. Os pilotos, o público e nós da Imprensa agradecemos.

NEY NUMAS MAYCA disse:

eu aacho que com experencia do presidente do yasuda criaram um calendario exelente para os dois eventos do motocrosss brasileiro
quem gosta do esporte na se preocupa com diatancia e gasto para ir a uma prova quem não gosta não vai não é obrigado .
e outra coisa agora temos uma federação competente novamente e com
apoio de grandes empresas como o HONDA DO BRASIL SEMPRE BEM
REPRESENTADAPELO SR. YASUDA.
PARABENS PELA DECISÃO DE TODOS OS DIRIGENTES DE COLOBORADORES DA CBM.

Jackson disse:

Gente!!Como a CBM consegue definir outras etapas e a abertura do campeonato brasileiro em logo indefinido ainda?Outra coisa…olha o calendário da Super liga,com etapas totalmente fora de mao pra 99% dos pilotos,o porque isso?nos outros anos a etapa do MS e do MT eram de uma semana pra outra pra diminuir custos etc…agora nao,vc sai da sua cidade pra ir pro MS,volta pra kza e duas semanas depois tem que voltar,aumentando os custos das equipes…será que ngm ve que isso é uma incoerencia total?Será que o Sr presidente da CBM,a Honda náo veem isso?ou nao estao nem ai pros pilotos?Imagina voltar do Mato Grosso e duas semana depois ter que ir pro Sergipe?nao da pra acreditar nisso,nada contra os locais das provas….mas a CBM nao tem vergonha de fazer um calendario ridiculo assim…mas o que importa novamente é a verba neh….

moacirfausto disse:

santa catarina estava no calendario para o dia 03 .03 agora ja mudaram a data pra abril e sc nem ta mais no calendario porque … o ano passado ja foi assim nao tinha nunsa tinha um dia certo

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly