Perspectiva 2012 – Luiz Gustavo Tassi

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 15 de fevereiro de 2012 - 23:38

Dando prosseguimento a série Perspectivas 2012 aqui no Mundocross, o entrevistado desta quarta-feira é o mineiro Luiz Gustavo Tassi, o Alemão, que compete na categoria MX3. Continue lendo e saiba sobre os planos de Alemão Tassi para a temporada deste ano.

Placa de 5 segundos no ar, largou :

Mundocross – Alemão Tassi, antes de responder o que planeja para 2012, faça uma breve avaliação da tua temporada em 2011 ?

Luiz Gustavo Tassi – Vinha de um problema de saúde em 2010, no qual estava muito desmotivado não só com esporte, mas também outros afazeres da minha vida. Porém consegui fazer um tratamento e 2011 foi muito legal em todos os sentidos. Foi um ano de mudanças. No Motocross em si, apesar de não ter seguido nenhum campeonato a sério, consegui alguns bons resultados, inclusive fiz várias competições no Veloterra e me diverti bastante também.

Mundocross – Para a temporada de 2012 você planeja participar de quais campeonatos estaduais e nacionais, e em quais respectivas categorias ?

Luiz Gustavo Tassi – Pretendo seguir alguns campeonatos na categoria MX3 e algumas Copas que existem aqui na minha região. Pretendo seguir a Copa SP de Motocross, Copa Leste Paulista de Motocross e a Copa Pimonte de Motocross. No Veloterra pretendo participar o campeonato Paulista. Quem sabe algumas etapas da Superliga e Brasileiro de Motocross.

Alemão Tassi cusrtindo o GP Brasil de Motocross

Alemão Tassi cusrtindo o GP Brasil de Motocross

Mundocross – O que você vem fazendo na sua pré-temporada projetando 2012 ?

Luiz Gustavo Tassi – Estou fazendo Montain Bike, Nataçao e mínimo dois treinos com moto durante a semana e finais de semana. Tenho muito problema com peso e tenho que tirar vantagem no preparo, na qual na MX3 faz muita diferença. Não é fácil, tenho que conciliar várias atividades diárias para dar conta. É família, profissão, esporte e etc. Tenho que me virar como posso, mas as recompensas são enormes e não posso deixar peteca cair.

Mundocross – O que você espera da nova gestão da Confederação Brasileira de Motociciclismo – CBM, em relação a organização dos campeonatos Nacionais em 2012 ?

Luiz Gustavo Tassi – Acho que o novo presidente está  motivado e cheio de boas intenções e esta ciente que nosso motociclismo esta precisando de ajuda. Agora não pode apavorar, temos que ter um planejamento a longo prazo, acredito que os resultados aparecerão somente daqui um, dois ou até três anos, Tem que aguentar firme, não pode ficar todo ano mudando regulamento, somente ajustes, acredito que nesse período teremos em muitas etapas gates vazios, porém com regulamento consolidado todo o Glamour de participar de uma prova do Brasileiro voltará, e com isso teremos os gates cheios.

Mas tem que ter paciência, isso não acontece da noite para o dia. Porém temos que pensar não somente no regulamento e sim também nas condições das pistas, locais e infra-estrutura. Não adianta querer também elevar o nível das pista de uma só vez, as coisas tem que acontecerem gradativamente, pois queira ou não queira nosso esporte é formado também por amadores, se fizerem pistas para os níveis dos profissionais teremos 5 ou 6 motos por categoria.

Mundocross – Você vai disputar a temporada 2012 por qual equipe e quais os patrocinadores ?

Luiz Gustavo Tassi – Pretendo fazer algumas etapas mais próximas de casa, quanto patrocinadores não tenho, somente o “Du Bolso” rsrsrs…. tenho alguns apoiadores como a Minha Familia, Amigos e nossa empresa, a Transporte Tassi.

Tassi em ação com o seu tradicional número 727

Tassi em ação com o seu tradicional número 727

Mundocross – Você pretende disputar a etapa do Mundial de Motocross MX3 no Brasil, que será no mês de julho em local ainda a ser definido ? Se sim, em qual categoria ?

Luiz Gustavo Tassi – Olha sabe que ainda não parei para pensar nisso !!! Acho que pode ser mais um motivador para esse ano. Vou começar pensar  com carinho, com certeza será mais um sonho á ser realizado e uma grande oportunidade.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Luiz Gustavo Tassi – Gostaria de agradecer minha esposa e filhos pelo apoio que me dão na pratica desse esporte. Eles sabem o quanto é importante esse esporte para meu equilíbrio na minha vida, pois é um esporte que amo e muito dinâmico. Quando subo em uma moto,  desligo completamente da minha vida profissional  que é muito atribulada e também faz com que eu cuide da minha saúde pois para praticá-lo eu tenho que dedicar também outros esportes e consequentemente ganho mais qualidade de vida.

Costumo dizer que o Motocross é meu carregador de baterias. Gostaria de agradecer também a galera do esporte que me fazem dar muitas risadas. Sinceramente não me vejo ficarem sem as motos, algumas coisas perderiam o sentido. Obrigado Família (Janaina, Otávio e Tiago), amigos e acima de tudo a Deus.

PERFIL DO PILOTO LUIZ GUSTAVO TASSI
Nome completo : Luiz Gustavo Martins Tassi
Data de nascimento : 4 de agosto de 1973
Cidade onde nasceu : Poços de Caldas – MG
Cidade onde mora : Poços de Caldas – MG
Apelido : Alemão / Tassi
Moto atual : Honda CRF 450
Número que usará no number plate em 2012 : 727
Principal título : Vice-Campeão Paulista de Motocross 2003 e 2004
Ídolo no Motocross Brasileiro : Jorge Negretti
Ídolo no Motocross Internacional : Chad Reed
Pista favorita no São Paulo : Pista do Alemão em Atibaia
Pista favorita no Brasil : Cachoeiro Itapemirim (Montanha Russa Rsrsrs)
Comida favorita : Parmegiana
Bebida favorita : Água
Comida antes das corridas : Massa
Bebida nos dias de corridas : Água sempre
Lazer preferido fora o Motocross :  Família
Esporte preferido fora o Motocross : Mountain Bike
E-mail :  [email protected]
Site : www.transtassi.com.br
MSN : [email protected]
Facebook : www.facebook.com/alemao.tassi

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Yuri Salomao disse:

Alemao: grande piloto, grande pessoa e grande amigo… ajudou muito a BY-CROSS em Poços de Caldas

Edir disse:

Valeu Alemão, falou bonito. Se precisar de ajuda no Mundial, pode contar rsrssrs.

Ivan "cachorrão" disse:

Parabéns pela entrevista Lemão muito bacana abraço

Kazu Abe disse:

Dá lhe Alemão Voador!

1 ABÇ!!!

Gabriel Marques disse:

Legal Alemão – Gostei muito de suas opiniões continua sempre, aqui em Poços de Caldas é o nosso maior Ídolo!!!!

Abraços!!!

Família é nosso maior TESOURO!!!!

Bene Marques

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly