Cinco mil fãs assistiram abertura do Sul Brasileiro de MX

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 28 de fevereiro de 2012 - 11:41

Taquaruçu do Sul, distante 431 km de Porto Alegre, na região noroeste do Rio Grande do Sul, recebeu neste final de semana 25 e 26 de fevereiro a abertura do Sul Brasileiro de Motocross. O evento abriu a temporada do cross nacional. No sábado os treinos livres aconteceram normalmente, mas no domingo, o warm up teve que ser cancelado devido à pista estar encharcada pela chuva que caiu na madrugada. Ainda aconteceram treinos de pista e a tarde as disputas em 9 categorias com mais de cem pilotos inscritos. O show maior foi do público que chegou em grande número ultrapassando a casa dos 5 mil espectadores.

MX3

Vitória de ponta  a ponta do catarinense Erivelton Nicoladelli na categoria MX3, seguido de Everton da Silva em segundo, após grande duelo e troca de posição com Fabiano Ribeiro, o terceiro.Gustavo Visotto chegou em seguida com Maiara Basso em quinto após largar em último.

Pódium Cat. MX3

Nacional Livre

Vinicius Nalim largou na ponta, mas logo perdeu o foco da corrida caindo para o terceiro lugar. Danny Oliveira, que largou no bolo chegou à liderança, seguido Vanderlei da Silva, os dois duelaram palmo a palmo até a chegada. Maurício Maritan e Wuiillian Stein completaram o pódio.

Pódium da Nacional Livre

Intermediária

Frederico Andrigo fez o hole shot, mas não segurou a posição caindo aos poucos até o quinto lugar. Quem assumiu a ponta
ainda na segunda volta, foi Lucas Basso e Roberto Bergmann na seqüência, seguido de Ricardo de Cristo, Moisés Lazarotto em
quarto.

 

50

Pedro Moraes e Gabriel Andrigo duelaram do começo ao fim. Vitória de Gabriel que assumiu a ponta logo no começo da prova.
Enzo Zorzo chegou em terceiro. Ainda tivemos a participação de Santiago Silva que abandonou a prova.

 

MX2

Gabriel Gentil não vacilou, largou na frente e abriu boa vantagem rumo à primeira vitória na temporada. Lucas Basso foi segundo após ultrapassa Leonardo Dambrós nas voltas iniciais. Os dois ficaram colados durante toda etapa. Vanderlei da Silva chegou em quarto lugar com Roberto Bergmann em quinto.

Largada da MX2

Gabriel Gentil Vencedor da MX2

65

Felipe Menuzzi largou na frente, mas foi ultrapassado por Felipe Moraes que se manteve na liderança até a vitória. Menuzzi foi segundo seguido de Bernardo Pícoli dos Santos, Lucas Moresco e Bruno Schmitz que ocupou a última peça do pódio.

Podium da 65cc

230

A largada de arrepiar com a dividida na primeira curva em ritmo alucinante foi marcante para a vitória de Vanderlei da Silva que fechou a volta inicial em primeiro lugar. Maurício Maritan, que foi o segundo colocado, até chegou a liderar, mas levou o troco em seguida. Regis Zonta, Rdudinei Nicolag e Wuillian Stein completaram o pódio.

Vanderlei da Silva foi 1º na 230cc

85

Henrique Araújo largou melhor, seguido de Gabriel Della Flora que aos poucos foi se adaptando à pista e nas voltas finas encostou de vez para fazer um grande duelo. A vitória de Henrique foi no detalhe. Momentos marcantes que fez o público vibrar da primeira à última volta. Henrique Grochanke ultrapassou Felipe Menuzze chegou na  terceira colocação com Victor Fontana em quinto lugar.

 

MX1 Livre

João Marronzinho pulou na frente seguido de Cristopher  “Pipo” Castro e Douglas “Duda” Parise. Duda fez a ultrapassagem na metade da bateria e assumiu a vice – liderança, mas Pipo recuperou quase ao final da prova. Marronzinho abriu larga vantagem e recebeu a quadriculada em primeiro seguido de Pipo, Duda, Gabriel Genti e Lucas Basso em quinto.

Largada da MX1

Promoção: Rádio Comunitária 88,9 Fm.

Supervisão: FGM

Apoio: Prefeitura de Taquaruçu do Sul/RS

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly