AMA Supercross 2012 – 10ª etapa – Daytona / Flórida

Por Renato Dalzochio Jr | Fotos por GuyB | 12 de Março de 2012 - 12:17

A temporada 2012 do AMA Supercross FIM World Championship deu prosseguimento neste sábado, com a décima etapa do campeonato, disputada em Daytona Beach, na Flórida. A prova é considerada a mais peculiar do campeonato, sendo a única organizada por um promotor independente. A pista é a mais “Motocross” do campeonato, construída no gramado central do autódromo Daytona International Speedway, com os tempos de volta passando da marca de 1 minuto, ao invés dos tradicionais 45, 50 e 55 segundos das demais pistas do AMA Supercross.

O traçado e os obstáculos são desenhados pelo supercampeão Ricky Carmichael. E pra completar com chave de ouro, a prova faz parte das atrações do Daytona Bike Week, considerado o maior encontro de motos do mundo. Mas este ano as coisas foram ainda mais interessantes. Com a programação de treinos sendo abreviada para apenas uma sessão cronometrada devido às condições meteorológicas, muitos começaram a se preparar para o pior.

Em uma pista que já é brutal e implacável que qualquer outro circuito de Supercross, o pensamento de chuva tornou a ideia de correr em Daytona um pesadelo. Sem irrigação para desviar a água e com uma base já saturada de grama e solo, a pista se compõe em um verdadeiro atoleiro, ficando molhada e esburacada quase que instantaneamente. É um verdadeiro teste de habilidade, no qual os melhores sobreviventes foram Justin Barcia e James Stewart, vencedores na categoria Supercross Lites costa Leste e Supercross respectivamente.

Categoria Supercross

As 20 voltas do Main Event foram reduzidas para 16, em razão do tamanho da pista e das condições proporcionadas pela lama. Na largada, Davi Millsaps fez o holeshot, seguido por seu companheiro de equipe, James Stewart. Atual campeão e líder do campeonato, Ryan Villopoto sofreu dois tombos em sequência.

Largada categoria Supercross, com holeshot de Davi Millsaps (18)

Disputa entre os companheiros de equipe, James Stewart e Davi Millsaps

Stewart assume a liderança na terceira volta, e permanece nela até a bandeira quadriculada, conquistando sua segunda vitória na temporada. Millsaps finaliza na segunda posição, garantindo a dobradinha da equipe JGRMX/Toyota/Yamaha, e o veterano Kevin Windham garante seu primeiro pódio na temporada 2012. O francês Marvin Musquin foi o quarto, e Villopoto saiu da 14ª posição para finalizar em quinto.

Kevin Windham conquistou seu primeiro pódio no AMA Supercross 2012

Marvin Musquin

Ryan Villopoto

Ryan Villopoto

“Isso significa muito para mim. Às últimas semanas foram muito difíceis, por isso a largada hoje foi muito importante. Essa dobradinha é reconfortante para nós”, disse Stewart.

James Stewart conquistou sua segunda vitória na temporada

“Eu tive uma semana muito boa de treinos na pista da minha casa. Foi uma boa corrida, apesar da chuva não ser minha especialidade. Fazia tempo que eu não conquistava um pódio e estou feliz por isso”, disse Millsaps.

“É ótimo estar aqui (no pódio). Meu primeiro este ano. Finalmente conquistei um pódio e estou contente com isso”, disse Windham.

“Foi um ótimo resultado. Eu fiz o meu melhor pela equipe Red Bull KTM, especialmente pelo Ryan Dungey. Quarto lugar na principal categoria do Supercross é um resultado muito bom”, disse Musquin.

“Foi difícil e sempre é difícil nessas condições. Não foi fácil me recuperar e talvez tivesse sido melhor se não fosse o tombo que sofri”, disse Villopoto.

Com estes resultados e graças a não participação de Dungey, Villopoto agora tem 29 pontos de vantagem na liderança do campeonato. Stewart é o terceiro, e mesmo com a vitória, ainda está 44 pontos distante do líder. Windham aparece na quarta posição e Jake Weimer fecha os cinco primeiros.

Pódio categoria Supercross

Resultado final categoria Supercross

1. James Stewart (Yamaha)
2. Davi Millsaps (Yamaha)
3. Kevin Windham (Honda)
4. Marvin Musquin (KTM)
5. Ryan Villopoto (Kawasaki)
6. Mike Alessi (Suzuki)
7. Jake Weimer (Kawasaki)
8. Broc Tickle (Kawasaki)
9. Matt Georke (Suzuki)
10. Brett Metcalfe (Suzuki)
11. Nick Wey (Kawasaki)
12. Kyle Chisholm (Kawasaki)
13. Kyle Regal (Honda)
14. Gavin Faith (Honda)
15. Justin Sipes (Kawasaki)
16. Justin Brayton (Honda)
17. Cole Seely (Honda)
18. Ryan Clark (Kawasaki)
19. Weston Peick (Kawasaki)
20. Robert Kiniry (Yamaha)

Classificação categoria Supercross após dez etapas

1. Ryan Villopoto 221 Pontos (5 Vitórias)
2. Ryan Dungey 192 (2 Vitórias)
3. James Stewart 177 (2 Vitórias)
4. Kevin Windham 143
5. Jake Weimer 134
6. Davi Millsaps 131
7. Chad Reed 128 (1 Vitória)
8. Brett Metcalfe 124
9. Justin Brayton 121
10. Mike Alessi 113

Categoria Supercross Lites costa Leste

O Main Event foi reduzido de 15 para 12 voltas em razão das condições da pista. Na largada, o líder e atual campeão Justin Barcia fez o holeshot e saiu na frente, seguido por Blake Baggett.

Largada categoria Lites Leste, com holeshot de Justin Barcia (1)

Barcia manteve uma distância segura durante toda a corrida, mas nas voltas finais, cometeu erros que permitiram que Baggett fosse aos poucos se aproximando. Na última volta, graças aos erros de Barcia na lama, Baggett encostou de vez, aumentando ainda mais a emoção.

Blake Baggett

Apesar da pressão, Baggett não conseguiu realizar uma tentativa de ultrapassagem, e Barcia se manteve na liderança até a bandeira quadriculada, garantindo sua quarta vitória e a invencibilidade no campeonato. Darryn Durham completou o pódio em terceiro, o alemão Ken Roczen foi o quarto, e Blake Wharton completou os cinco primeiros.

Blake Wharton

Darryn Durham

“A pista estava muito exigente. Foi uma corrida difícil, que exigiu 100% de esforço. Estou feliz em manter minha invencibilidade”, disse Barcia.

Justin Barcia

“Eu fiz uma temporada sólida no Motocross ano passado. Hoje só queria mostrar que também posso ser competitivo no Supercross. Recebi centenas de telefonemas de familiares e amigos, me dizendo palavras de incentivo”, disse Baggett.

Com estes resultado, Barcia tem agora 24 pontos de vantagem sobre o vice-líder, Durham. Roczen é o terceiro, um ponto atrás de Durham, e Wharton o quarto, três pontos atrás do belga. Baggett fecha os cinco primeiros.

Pódio categoria Lites Leste

Resultado final categoria Supercross Lites costa Leste

1. Justin Barcia (Honda)
2. Blake Baggett (Kawasaki)
3. Darryn Durham (Kawasaki)
4. Ken Roczen (KTM)
5. Blake Wharton (Suzuki)
6. Jake Canada (Honda)
7. Kyle Cunningham (Yamaha)
8. Malcolm Stewart (KTM)
9. Cole Thompson (Honda)
10. Tommy Weeck (Suzuki)
11. Les Smith (KTM)
12. Shane Sewell (KTM)
13. Alex Martin (Honda)
14. Tyler Bowers (Kawasaki)
15. Justin Starling (KTM)
16. PJ Larsen (KTM)
17. Kyle Peters (Yamaha)
18. Justin Bogle (Honda)
19. Jeff Gibson (Honda)
20. Phil Nicoletti (Honda)

Classificação categoria Supercross Lites costa Leste após dez etapas

1. Justin Barcia 100 Pontos (4 Vitórias)
2. Darryn Durham 76
3. Ken Roczen 75
4. Blake Wharton 72
5. Blake Baggett 62
6. Jake Canada 56
7. Justin Bogle 46
8. Malcolm Stewart 42
9. Kyle Cunningham 42
10. Cole Thompson 32

Compartilhe este conteúdo

Comentários

TONY disse:

ACHO Q DEVERIAM RESPEITAR MAIS OPNIAO DOS OUTROS E ….DEBATER COM SABEDORIA E RESPEITO …NAO COM PALAVRAS DE BAIXO ESCALAO …..Se VCS AI NAO SABEM AQ E UM SITE DE RESPEITO .e querido POR TODOS NOS AMANTES DO OFF ROAD….Q JA NOS proporcionou e ainda proporciona muitas informaçoes de nosso interesse…no dia q eles resolverem tirar essa sessao de comentario ..por causa de certos tipos de pessoas ….ai sim todos pagam o pato …..isso e o que penso conçiencia cada um tem a sua …entao pense sobre isso …..valeu ai galera

frankstein disse:

villotopoto ta mais rapido que bubba e é muito mais tecnico, cai muito menos que o bubba. q ate agora caiu em quase todas as corridas.
ps: o patrik tem o pinto pequeno

frankstein disse:

cala a boca, vc nao sabe de nada.
nao ta assistindo as corridas nao? nao ta vendo o villopoto arrebentano tudo nao??? debil mental

patrik disse:

eu ainda acho q buba é o mais rapido de todos

ganso disse:

e bom mesmo este buba(melhor do mundo???) e so o dungey nao participar ,o chad reed estar machucado e o villopotto vindo la detras que ele ja ganha uma, ahh e ainda uma pista totalmente fora do normal, e agora ja e favorito das futuras competicoes,puro marketing

Renato Dalzochio Jr disse:

Obrigado pela dica Douglas!

Abraço! :)

Lobo disse:

O que tenho a dizer sobre esses pilotos:
James Stewart: mas veloz.o mas habilitoso
villopoto: rapido e muito agressivo
dungey:persistenciaa e muita tecnica e dificil errar

lacraia # 41 disse:

go bubba !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

tony (mg) disse:

QUERO VER ALGUEM DEPOIS DESSA CORRIDA… DUVIDAR Q BUBBA AINDA E O MELHOR ENTRE TODOS OS PILOTOS DO MUNDO ……FICA AI UM RECADO PARA OS ANTI ….JAMES STEWART…..ELE AINDA ESTA NA ATIVA ..AGUARDEM …NO AMA MOTO CROSS………GOGOGO BUBBA

Douglas disse:

galera so uma correção(o belga Ken Roczen foi o quarto, e Blake Wharton completou os cinco primeiros.) Ken Roczen e alemão…….valeu pela atenção

carlos e. duda giovanucci disse:

barcia imbatível! e fiquei feliz com a vitória do stewart! vamos ver no que dá!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly