Perspectiva 2012 – Raul Guilherme

Por Jorge Soares | Fotos por Pedro Plá | 15 de Março de 2012 - 15:08

Hoje você ficará sabendo um pouco dos planos do super-campeão de Motocross do Rio de Janeiro, o piloto Raul Guilherme. Raulzinho avalia 2011 de uma forma bem consciente e conta os planos que deseja realizar em 2012.

Um dos pontos fortes nesta entrevista de Raulzinho são as críticas a Federação Carioca de Motociclismo, que infelizmente vem deixando muito a desejar em relação a organização dos campeonatos.

Placa de 5 segundos no ar, largou :

Mundocross – Raulzinho, antes de responder o que planeja para 2012, faça uma breve avaliação da tua temporada em 2011 ?

Raul Guilherme –  Foi um ano maravilhoso e ao mesmo tempo horrível. Maravilhoso, pois não tive nenhuma lesão e consegui bons resultados nas provas que participei. Na Liga Carioca fui campeão das três principais categorias (MX2, MX1 e Força-Livre), pela federação vinha liderando o Supercross e na última etapa os pilotos de ponta conscientes de toda a situação da federação e da eventual prova que seria realizada, resolvemos não participar e boicotar o campeonato.

Começamos ai a entrar nas coisas horríveis, foi um ano para ser esquecido aqui com a nossa federação, que sediou poucas provas e algumas sem o menor respeito com o esporte e com os pilotos. Corridas adiadas por mais de 3 vezes na 5° feira antes do evento, outras marcadas em cima da hora também, uma das etapas a pista era de 29 ‘segundos’ a volta, enfim, várias situações que vimos que a federação dentro e fora dos eventos só quer saber de si própria e não esta muito afim de fazer as coisas crescerem.

Outro fato horrível de 2011 foi o dia 18 de Setembro, fazia um ano de casado, consegui levar a esposa para ver a minha corrida no dia, ganhei três baterias na etapa (3° Etapa Casimiro de Abreu da Liga) e no pódio quando tudo caminhava para um belo dia. Recebo uma ligação com a notícia do falecimento de um grande companheiro e um grande piloto, Swian.

Foi dureza. Ficar sabendo os motivos da morte de um dos pilotos mais talentosos que já vi pilotar e olhar para as provas que nos sujeitamos a competir é duro subir numa motocicleta depois. Mas amo andar de moto e acho que nós pilotos precisamos nos amar mais também para não fecharmos os olhos para certas situações. Vida que segue…

Mundocross – Para a temporada de 2012 você planeja participar de quais campeonatos estaduais e nacionais, e em quais respectivas categorias ?

Raul Guilherme – Este ano de 2012 venho com um apoio maior da equipe Moto-X (concessionária Yamaha) e infelizmente aqui no Rio de Janeiro não tem muito como nos planejarmos, pois a federação esta numa situação precária. Já estamos em Fevereiro, não sabemos quem é o presidente da Femerj, uns dizem que é o Caravana, isto mesmo o ex presidente da CBM, porém nem no site deles e pelo que sei não esta oficializado em lugar algum para sabermos. Em contra partida já tivemos a 1° etapa da Liga, que consegui ganhar as duas baterias principais deste ano (MX2 e Força-Livre) e esta previsto para Março a 2° Etapa em Macaé.

Irei disputar a 1° etapa da Superliga e tanto esta competição quanto o Brasileiro irei tentar fazer todas as provas que forem possíveis. Pois analisando os dois calendários vamos ter etapas muito longe e como tenho outro compromisso fora o Motocross irei analisar a cada prova se será viável ou não a minha ida. Em relação às categorias estou com duas “maquinas de voar” zeradas, uma Yamaha 250F e uma 450F nos estaduais e provas extras, corro a MX2 e MMX1 e nos nacionais irei de MX1.

Raulzinho sendo entrevistado pelo Programa Curva do S

Raulzinho sendo entrevistado pelo Programa Curva do S

Mundocross – O que você fez na sua pré-temporada projetando 2012 ?

Raul Guilherme – Voltei a andar de moto na segunda quinzena de janeiro, estava esperando as minhas Yamaha chegarem e estou muito feliz com o equipamento que estou testando. Tenho o apoio de anos do amigo Jaime, da Race-Tech, e ainda não fiz os acertos das suspensões com ele. Quando estiver com Race-Tech às motos irão melhorar ainda mais. Realizei muitos treinos físicos nestes últimos 3 meses, vinha pedalando muito para gastar a adrenalina na falta da moto rsrsrs agora venho treinando mais forte com as motos. A primeira etapa da Liga me serviu como um excelente treino e estou focado agora em tentar treinar o máximo possível para estar mais rápido na abertura dos nacionais. Tenho também organizado a minha vida em relação a apoios e layout de todos os materiais para até o inicio de Março estar com tudo pronto.

Mundocross – O que você espera da nova gestão da Confederação Brasileira de Motociciclismo – CBM, em relação a organização dos campeonatos Nacionais em 2012 ?

Raul Guilherme –  Pra ser sincero, pior que tava não fica (risos). Gostei das atitudes que o novo presidente tomou. Esta tendo uma visão mais profissional e tomando atitudes no regulamento para deixar o Brasileiro mais competitivo. Foi bastante correto a meu ver em não conflitar calendário com a Superliga, já que tem uma outra competição, por falta de competência de presidências passadas, é muito melhor para os pilotos e patrocinadores que não tenham conflitos.

Pois sempre são os pilotos os maiores prejudicados. Espero que a CBM seja mais dura com as federações que não cumpram o seu papel e que fiscalize mais estas para que o esporte possa ter novas idéias e atitudes vindas das federações também. A nossa federação aqui do Rio de Janeiro tem o “mesmo” presidente a mais de 15 anos, este cargo não pode ser vitalício, tem que mudar a forma de eleição, pois depender somente de votos de meia dúzia de motoclubes que nem os próprio pilotos conhecem é complicado.

Sei que o novo presidente terá muito trabalho pela frente, espero e desejo que consiga levantar a confederação e passe credibilidade para nós pilotos e principalmente para eventuais parceiros que a CBM pode e deve ser a entidade de maior respeito nacional.

Mundocross – Você vai disputar a temporada 2012 por qual equipe e quais os patrocinadores ?

Raul Guilherme – Como comentei anteriormente este ano estou com a Equipe Moto-X Yamaha, estou com um excelente equipamento. A Yamaha 250f 2012 é a melhor 250cc que já pilotei e vou trabalhar duro para fazer desta equipe uma equipe de respeito. Tenho o patrocínio e gostaria de coração de agradecer a estas empresas que vem acreditando no meu trabalho e retorno a anos. A Race Tech / Motorex / Mormaii / O2 Fitness e Concessionária Moto-X Yamaha.

Raul tem mais de 20 títulos no Motocross do Rio de Janeiro

Raul tem mais de 20 títulos no Motocross do Rio de Janeiro

Mundocross – Você pretende disputar a etapa do Mundial de Motocross no Brasil, que será no mês de maio no Beto Carrero World, em Santa Catarina ? Se sim, em qual categoria ?

Raul Guilherme – Ano passado eu quase fui para Indaiatuba, mas por motivos de grana não foi viável e participação. Estou conversando e vendo as possibilidades de estar lá, mas quero ir também se estiver treinado. Tenho um ponto forte que é o preparo físico e nós brasileiros não estamos acostumados a andar 2 baterias de quase 40 minutos numa pista com cavas e buracos como são as do mundial. Com certeza será um grande desafio e estou me preparando para uma possível participação sim na MX1.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Raul Guilherme – Primeiro gostaria de agradecer ao Mundocross e a pessoa do Jorge que tenho muito carinho, pela oportunidade de estar aqui. Gostaria de pedir principalmente aos pilotos do Rio de Janeiro que comecem a dar mais valor a si próprio e parem de ficar de olhos vendados a realidade que se encontra a nossa federação. Este ano de 2012 pelo visto será a mesma coisa ou até mesmo pior do que 2011. Nunca vi a federação com tanta falta de prestigio e totalmente desacreditada pelos pilotos e pessoas do meio. Vamos exigir mais profissionalismo e respeito desta ditadura que vemos passando desde 15 anos atrás. Sem pilotos não existem corridas.

No mais quero agradecer a todos os amigos e colaboradores que sempre me incentivam de alguma forma, agradecer especialmente ao Jaime (Race-Tech), ao Marlon e Theseu (Mormaii) a academia O2 Fitness e a todos da Moto-X Yamaha por acreditarem no meu trabalho. Espero poder no final do ano comemorar mais títulos e principalmente estar com muita saúde.

PERFIL DO PILOTO RAUL GUILHERME
Nome completo : Raul Guilherme Gehren Gonçalves
Data de nascimento : 6 de agosto de 1985
Cidade onde nasceu : Petrópolis – RJ
Cidade onde mora : Cabo Frio – RJ
Apelido : Raulzinho
Moto atual : Yamaha YZ 250F e YZ450F
Número que usará no number plate em 2012 : 969
Principal título : Campeão Brasileiro de XC (2008) mais de 20 títulos estaduais.
Ídolo no Motocross Brasileiro : Swian Zanoni
Ídolo no Motocross Internacional : Rick Carmichael
Pista favorita no Rio de Janeiro : Xerém (do amigo Rodrigo Torrealba)
Pista favorita no Brasil : Antiga pista de BH (Serra Verde)
Comida favorita : Da minha esposa
Bebida favorita : Água de coco
Comida antes das corridas : Massa
Bebida nos dias de corridas : Água
Lazer preferido fora o Motocross : Praia
Esporte preferido fora o Motocross : MTB
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]
Twitter : www.twitter.com/mxraul

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly