Programação do Catarinense de Velocross em Witmarsum

Por Assessoria de Imprensa FCM | Foto por Divulgação | 24 de Março de 2012 - 9:30

Todos os pilotos deverão estar no parque fechado com antecedência mínima de 10 minutos, tanto nos treinos como nas baterias.

Sábado – 24/março

Inscrições e vistorias: 11:00 às 17:00

Treinos

1ª Seção – por ordem:

14:00 – VX2 e Estreante Especial

14:15 – Nacional 230cc e Nacional 300cc

14:30 – Mini-motos e 65cc

14:45 – Nacional 150cc

15:00 – 85cc e Nacional 230cc Estreante

15:15 – Nacional Força Livre e VX3 Nacional

15:30 – VX1 e VX3

2ª Seção – por ordem:

16:00 – Estreante Especial e VX2

16:15 – Nacional 230cc e Nacional 300cc

16:30 – Mini-motos e 65cc

16:45 – Nacional 150cc

17:00 – 85cc e Nacional 230cc Estreante

17:15 – Nacional Força Livre e VX3 Nacional

17:30 – VX1 e VX3

Domingo – 25/março

08:00 às 09:00 – Confirmação de inscrição e vistoria

WARM-UP

09:00 – VX2 e Estreante Especial

09:15 – Nacional 230cc e Nacional 300cc

09:30 – Mini-motos e 65cc

09:45 – Nacional 150cc

10:00 – 85cc e Nacional 230cc Estreante

10:15 – Força Livre Nacional e VX3 Nacional

10:30 – VX1 e VX3

Provas

11:00 – Mini-motos

11:20 – Nacional 230cc Estreante

11:40 – Estreante Especial

Intervalo

13:00 – VX3

13:20 – VX2

13:40 – VX3 Nacional

14:00 – 65cc

14:20 – Nacional 230cc Pró

14:40 – 85cc

15:00 – Nacional Força Livre

15:20 – Nacional 150cc

15:40 – Nacional 300cc

16:00 – VX1
° A premiação será feita após cada bateria; ° A FCM poderá unir em bateria única duas ou mais categorias, com premiação e classificação independentes; ° Por imposição de motivos meteorológicos a FCM poderá reduzir os tempos de prova bem como os valores da Premiação.

Regulamento do campeonato Catarinense de Velocross 2012 – Acesse aqui

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly