Nasri Sarkiss retorna ao Motocross

Por Valdinei Caetano | Foto por Divulgação | 02 de abril de 2012 - 14:25

O Piloto Nasri Sarkiss retornou as competições de Motocross após dois anos afastado. Ansioso com a chegada deste dia, Sarkiss confessa que ficou surpreso com seu resultado, levando-se em conta os motivos que o afastou das pistas desta modalidade.

O motivo de Nasri Sarkiss ter ficado dois anos parado, foi que ele sofreu uma queda quando disputava uma prova de Motocross. Ficou internado por várias semanas e passou por séria cirurgia na coluna. Recuperado do susto, cogitou a possibilidade de parar de competir, mas a paixão pelo esporte falou mais alto e agora podemos ver novamente o piloto acelerar em uma competição de alto nível, como é o campeonato Paranaense de Motocross.

Na primeira etapa do campeonato Paranaense de Motocross 2012, em Cidade Gaúcha, Sarkiss participou de duas baterias, MX4 e MX3. Na primeira o Turco da Lapa, como é conhecido no meio, pulou na frente, mas ainda no início da prova cometeu um erro e perdeu várias posições finalizando na oitava colocação. Já na categoria MX3, Sarkiss adotou a cautela como estratégia e marcou presença no pódio com um excelente resultado, a terceira posição.

Sarkiss subiu no pódio na terceira colocação e vibrou muito

Sarkiss subiu no pódio na terceira colocação e vibrou muito

Sem muito tempo pra descanso, o piloto da cidade da Lapa – PR, já se prepara para mais um grande desafio. Será neste final de semana em Paranaguá – PR, a abertura do Sul Brasileiro de Velocross e a segunda etapa do Velocross Paranaense.

Sarkiss conta com patrocínio de: BelParts – Leandro Borges – Motul – Serginho suspensões – Thor Adrenalina – Dash – Dimensão FM

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Sarkiss #153 disse:

Ao site mundocross,meu muito obrigado pelo espaço a apoio!
Sucesso sempre!!!
Abraços

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly