Perspectiva 2012 – Enzo Lopes

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 07 de abril de 2012 - 9:41

Ele é uma promessa para as categorias MX2 e MX1, mas nas categorias de base ele já mostrou que tem muito Motocross no corpo e o resultado disto foram vários e vários títulos nas categorias 50 e 65. Com apenas 12 anos em 2011 este jovem piloto gaúcho foi campeão da categoria 65 tanto no Brasileiro de Motocross como na Superliga de Motocross.

Para saber dos planos e o que pensa este já multi-campeão, leia agora aqui com exclusividade o Perspectiva 2012 Mundocross de Enzo Lopes. Boa leitura !!!

Placa de 5 segundos no ar, largou :

Mundocross – Enzo, antes de responder o que planeja para 2012, faça uma breve avaliação da tua temporada em 2011 ?

Enzo Lopes – A temporada de 2011 foi muito boa para mim, pois ganhei a Superliga Brasil de Motocross na categoria 65, e também ganhei o Brasileiro de Motocross invicto na categoria 65. Fui Campeão Americano de Motocross, fui Vice-Campeão em Loretta Lynn’s e Vice-Campeão no Mundial de Motocross Junior 65 na Itália.

Mundocross – Para a temporada de 2012 você planeja participar de quais campeonatos, e em quais respectivas categorias ?

Enzo Lopes – Em 2012 eu planejo fazer três campeonatos no Brasil e sete nos EUA. No Brasil participarei do Arenacross, do Brasileiro de MX e da Superliga de Motocross. Já nos EUA,  farei o Loretta Lynn’s, Mammoth, PoncaCity, World Mini, Mini O’s (além dos que já participei nesse ano: Oak Hill, Millcreek e SX Daytona). Em todos os campeonatos andarei com a minha KTM 85. Eu ainda teria idade para andar na 65 aqui no Brasil esse ano, mas resolvi focar na categoria 85cc somente. Esse ano também vou participar do Campeonato Mundial Júnior de Motocross que será na Bulgária.

Enzo Lopes é um dos jovens talentos do MX Brasileiro

Enzo Lopes é um dos jovens talentos do MX Brasileiro

Mundocross – O que você fez na sua pré-temporada projetando 2012 ?

Enzo Lopes – Treinei no MTF (Millsaps Training Facility) que fica na Geórgia e andei duas etapas do Florida Winter Series, além de uma corrida classificatória regional para o Loretta Lynn’s  em Bithlo, na Flórida. Esse ano está sendo um ano de adaptação na nova categoria pra mim!

Mundocross – O que você espera da nova gestão da Confederação Brasileira de Motociciclismo – CBM, em relação a organização dos campeonatos Nacionais em 2012 ?

Enzo Lopes –  O mínimo que esperamos da CBM em 2012 é um apoio para representar nosso país lá fora, para não acontecer como no ano passado, quando solicitamos, mas não recebemos apoio nenhum para ir à Itália representar nosso país no Mundial. Viajamos para Itália por nossa conta com motos e equipe. Competimos contra equipes do mundo todo, todas super bem estruturadas.Terminamos com o vice-campeonato, mesmo sem estrutura nenhuma.

Essa foi a nossa maior vitória até hoje, e esse é, sem dúvida, o maior título de um piloto brasileiro na história da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

Mundocross – Você vai disputar a temporada 2012 por qual equipe e quais os patrocinadores ?

Enzo Lopes – Este ano consegui novos patrocínios. Continuo sendo um piloto privado, conto com o patrocínio e inestimável apoio da Pirelli e da Mobil. Como fui selecionado para ser piloto oficial da KTM North America, na Equipe Orange Brigade, consegui o apoio da WMR1, que monta minhas motos, da Nihilo Concepts que faz todas as preparações, da Renthal, da FMF, da One Industries, que fornece todo o meu equipamento e gráficos, e da Circuit Equipament.

Aproveito para deixar claro que no Brasil foi meu pai quem comprou as minhas motos KTM.  Desde setembro esperávamos um possível patrocínio da KTM Brasil (Grupo Izzo) nesta temporada, mas apesar de extensas negociações até recentemente, foi descartada qualquer chance de patrocínio. De qualquer forma continuamos na busca por recursos porque faremos mais de 8 viagens internacionais esse ano, fora os inúmeros quilômetros que percorreremos aqui, para participar dos Campeonatos aqui no Brasil.

Enzo vai competir somente na categoria 85 em 2012

Enzo vai competir somente na categoria 85 em 2012

Mundocross – Qual o seu principal objetivo neste ano no Motocross ?

Enzo Lopes –  Aqui no Brasil quero vencer algumas etapas nos 3 campeonatos que citei, na categoría 85cc, já que vencer campeonatos vai ser mais complicado, pois vou perder algumas etapas por causa das provas nos Estados Unidos.  Já nos EUA e  no Mundial, tenho como meta andar entre os 5 neste ano, e me adaptar bem para que ano que vem possa brigar pelos títulos.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Enzo Lopes – Só quero agradecer a Deus pela ótima temporada passada e a todos aqueles que acreditam em mim e no meu potencial para vencer. E gostaria também de agradecer aos meus novos apoiadores e patrocinadores. Valeu !!!! Braaaaaaaaaaaap…..

PERFIL DO PILOTO ENZO LOPES
Nome completo : Enzo Lázaro Pedó Lopes
Data de nascimento : 16 de agosto de 1999
Cidade onde nasceu : Lajeado – RS
Cidade onde mora : Lajeado – RS
Apelido : Cookie
Moto atual : KTM 85 e 105
Número que usará no number plate em 2012 : 92
Principal título : Vice Mundial de MX Junior 2011, Vice do Loretta Lynn’s 2011, 7  vezes Campeão Brasileiro de MX
Ídolo no Motocross Nacional : Milton “Chumbinho” Becker
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Dungey
Prova favorita no Brasil : Carlos Barbosa
Comida favorita : Pizza de quatro queijos
Bebida favorita : Suco de maracujá
Comida antes das corridas : Massas
Bebida nos dias de corridas : Sucos e gatorade
Lazer preferido fora o Motocross : Sair com os amigos
Esporte preferido fora o Motocross : Futebol
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]
Twitter : www.twitter.com/enzolopes_2
Facebook : https://www.facebook.com/pages/ENZO-LOPES/289454527739940

Compartilhe este conteúdo

Comentários

gui disse:

va la enzo tu é o melhor teu primo é legal e é muito engraçado ele é meu colega de classe ta pra boa ser que é de familia pq cada um tem talento numa coisa o pedó e é bom no futebol e digo que ele tem um grande carreira pela frente

silvio luis pacheco disse:

é isto aí guri tu és um campeão e no futuro vai ser tambem nas categorias mx1 e mx2 va em frente voc vai se dar bem apostamos abraço

Paulokunt disse:

Pena mesmo que a cbm e funcionários dela torcem contra ele mas ele e maior que eles um dia quando ele estiver no topo vai ser tarde demais para ele representar eles fora do pais dalhe Enzo quero te ver na Ktm tu e o cara

Marcos (Cx do Sul) disse:

Tive a oportunidade de ver o Enzo na pista. Sem duvida será o novo ídolo do Motocross brasileiro. Pena que a CBM não quer ver isso, que lástima.
Enzo, estamos na torcida, acelera…

carlos e. duda giovanucci disse:

heeeeeeeeeeeeeeeeeeeee brasil… país fuleiro… infelismente tenho que dizer isso…. perdão a todos… mas declarações assim, desanimam qualquer um!!!!!

Marcelo disse:

Twitter: Hubner
Se eu fosse Enzo ou seus pais, faria as malas e iria definitivamente para os EUA. Tenho certeza que nao faltaria apoio para ele la. É tenso ter que ver de um garoto com tanto talento e um campeão nato, palavras assim. É Brasil, vc pensa como um derrotado

Valeu Enzo, vc e sua familia sao exemplos

julliano pires disse:

Jorge! o campeonato brasileiro deste ano, não vai ter o live timing ao vivo?
nem imagem, nem som, nem nada??? o atual presidente falou que este ano ia ser diferente lembra!! esta igual politico mesmo só fala e nada! um abraço.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly