Mundial de Motocross 2012 – 1ª etapa – Holanda

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 10 de abril de 2012 - 7:22

A temporada 2012 do Campeonato Mundial de Motocross MX1 e MX2, categorias que reúnem a elite do esporte, começou nesta segunda-feira, 9 de abril, com a primeira etapa do campeonato, o GP de Valkenswaard, na Holanda. O italiano Antônio Cairoli na MX1, e o ídolo local Jeffrey Herlings na MX2, companheiros na equipe oficial KTM, começaram a temporada com o pé direito, vencendo as duas baterias, mostrando mais uma vez que são os reis dos circuitos de areia. Sob frio e céu nublado, os dois comprovaram o favoritismo e a velocidade superior. Vale lembrar que Cairoli é o atual campeão da MX1, tendo vencido o título nos últimos três anos.

Categoria MX1

Na largada da primeira bateria, o francês Christophe Pourcel fez o holeshot, mas foi superado na sequência por Cairoli. Após as primeiras voltas à ordem dos pilotos era Cairoli, Steven Frossard, Clement Desalle, Gautier Paulin, Xavier Boog, Kevin Strijbos, David Philippaerts, Ken De Dycker, Pourcel, e Rui Gonçalves.

Christophe Pourcel

Christophe Pourcel

Um forte tombo tirou o russo Evgeny Bobryshev da corrida. Lá na frente, Cairoli seguia firme na liderança, mas o francês Frossard fazia o seu melhor para não perdê-lo de vista. Os dois abriram uma vantagem de quatro segundos sobre o belga Desalle, terceiro colocado naquele momento.

Antônio Cairoli

Antônio Cairoli

Frossard conseguiu ultrapassar Cairoli, mas parecia nervoso e logo começou a cometer muitos erros. Em dado momento da corrida, ele sucumbiu à pressão do italiano ao errar em uma curva e sair da pista, devolvendo a liderança de bandeja para o atual campeão.

Clement Desalle

Clement Desalle

Desalle aproximou-se de Frossard, ao mesmo tempo em que se protegia da pressão de outro francês, Gautier Paulin. Frossard mais uma vez errou e saiu da pista, deixando Paulin e Desalle passar.

Rui Gonçalves

Rui Gonçalves

Enquanto Cairoli abria cada vez mais vantagem na liderança, Desalle, Paulin e Frossard travaram uma boa disputa pela segunda posição. Cairoli recebeu a bandeira quadriculada com 15 segundos de vantagem sobre Desalle, que levou a melhor e garantiu o segundo lugar. Frossard foi o terceiro e Paulin o quarto. O belga Kevin Strijbos venceu uma briga particular com seu conterrâneo Ken De Dycker e completou os cinco primeiros.

Evgeny Bobryshev

Evgeny Bobryshev

A segunda bateria largou sob forte chuva e viu Pourcel fazer outro holeshot, porém, Frossard assumiu rapidamente a liderança. Desalle largou em terceiro, Cairoli em quarto e Strijbos em quinto. Na batalha pela liderança, Frossard e Desalle quase colidiram um com o outro. Na terceira posição, Cairoli mantinha uma distância segura.

Gautier Paulin

Gautier Paulin

Desalle assumiu a liderança ao ultrapassar Frossard com um movimento agressivo, mas o francês não estava disposto a desistir facilmente, e logo em seguida buscou alternativas para tentar dar o troco, mas não obteve êxito.

Steven Frossard

Steven Frossard

Enquanto isso, Cairoli procurava uma maneira de ultrapassar Frossard e chegar em Desalle, o que aconteceu rapidamente. Quando assumiu a liderança ao ultrapassar o belga, o italiano imediatamente começou a abrir terreno e se afastou.

Cairoli garantiu a vitória novamente, com Desalle outra vez em segundo e Frossard em terceiro. O português Rui Gonçalves finalizou na quarta posição, e Strijbos completou os cinco primeiros. No overall, nova vitória do atual campeão, com Desalle em segundo e Frossard completando o pódio na terceira posição. Paulin foi o quarto e Strijbos completou os cinco primeiros. No campeonato, Cairoli lidera com 50 pontos, seguido por Desalle com 44 e Frossard com 40. Paulin é o quarto com 32 e um ponto atrás, Strijbos fecha os cinco primeiros.

Resultado da primeira bateria da categoria MX1
1. Antonio Cairoli (KTM)
2. Clement Desalle (Suzuki)
3. Steven Frossard (Yamaha)
4. Gautier Paulin (Kawasaki)
5. Ken De Dycker (KTM)
6. Kevin Strijbos (KTM)
7. David Philippaerts (Yamaha)
8. Xavier Boog (Kawasaki)
9. Tanel Leok (Suzuki)
10. Rui Gonçalves (Honda)
11. Shaun Simpson (Yamaha)
12. Marcus Schiffer (Suzuki)
13. Davide Guarneri (KTM)
14. Matteo Bonini (KTM)
15. Matiss Karro (KTM)

Resultado da segunda bateria da categoria MX1
1. Antonio Cairoli (KTM)
2. Clement Desalle (Suzuki)
3. Steven Frossard (Yamaha)
4. Rui Gonçalves (Honda)
5. Kevin Strijbos (KTM)
6. Ken De Dycker (KTM)
7. Gautier Paulin (Kawasaki)
8. Shaun Simpson (Yamaha)
9. Christophe Pourcel (Kawasaki)
10. Matiss Karro (KTM)
11. Marcus Schiffer (Suzuki)
12. Tanel Leok (Suzuki)
13. Evgeny Bobryshev (Honda)
14. Jonathan Barragan (Honda)
15. Xavier Boog (Kawasaki)

Resultado geral da primeira etapa do Mundial de Motocross MX2 2012
1. Antonio Cairoli
2. Clement Desalle
3. Steven Frossard
4. Gautier Paulin
5. Kevin Strijbos
6. Ken De Dycker
7. Rui Gonçalves
8. Shaun Simpson
9. Tanel Leok
10. Xavier Boog

Classificação da categoria MX1 após a primeira etapa
1. Antonio Cairoli 50 pontos
2. Clement Desalle 44
3. Steven Frossard 40
4. Gautier Paulin 32
5. Kevin Strijbos 31
6. Ken De Dycker 31
7. Rui Gonçalves 29
8. Shaun Simpson 23
9. Tanel Leok 22
10. Xavier Boog 20 pontos

Categoria MX2

Na primeira bateria o dono da casa, Jeffrey Herlings, reinou soberano: fez o holeshot e liderou a corrida de ponta a ponta, abrindo impressionantes 57 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, o britânico Tommy Searle, sendo que a melhor volta de Herlings foi três segundos mais rápida que a melhor volta de Searle. Na sequência vieram os belgas Joel Roelants e Jeremy Van Horebeek. Jake Nicholls completou os cinco primeiros.

Jeffrey Herlings

Jeffrey Herlings

Jordi Tixier

Jordi Tixier

A segunda bateria viu Searle fazer o holeshot e sair na frente, com Herlings largando na quarta posição. O holandês rapidamente alcançou o segundo lugar e passou a pressionar Searle. Apesar de estar andando muito bem, o britânico perdeu a liderança para Herlings ainda na segunda volta. Depois de assumir a liderança, Herlings repetiu o desempenho da primeira bateria, volta após volta abrindo vantagem sobre demais.

Tommy Searle

Tommy Searle

Searle ainda perdeu a segunda posição para o belga Joel Roelants. Herlings recebeu a bandeira quadriculada com 30 segundos de vantagem sobre Roelants. Searle foi o terceiro, com seu conterrâneo Max Anstie na quarta posição. Van Horebeek completou os cinco primeiros. No overall, vitória de Herlings, com Roelants em segundo e Searle completando o pódio na terceira posição. Van Horebeek foi o quarto, e Jordi Tixier completou os cinco primeiros.

Joel Roelants

Joel Roelants

No campeonato, Herlings lidera com 50 pontos, seguido por Roelants e Searle com 42 pontos cada um. Horebeek é o quarto com 34 e Tixier fecha os cinco primeiros com 29 pontos.

Resultado da primeira bateria da categoria MX2
1. Jeffrey Herlings (KTM)
2. Tommy Searle (Kawasaki)
3. Joel Roelants (Kawasaki)
4. Jeremy Van Horebeek (KTM)
5. Jake Nicholls (KTM)
6. Jordi Tixier (KTM)
7. Alexander Tonkov (Honda)
8. Mel Pocock (Yamaha)
9. Valentin Teillet (Kawasaki)
10. Dylan Ferrandis (Kawasaki)
11. Max Anstie (Honda)
12. Nikolaj Larsen (Suzuki)
13. Alessandro Lupino (Husqvarna)
14. Petar Petrov (Suzuki)
15. Glenn Coldenhoff (KTM)

Resultado da segunda bateria da categoria MX2
1. Jeffrey Herlings (KTM)
2. Joel Roelants (Kawasaki)
3. Tommy Searle (Kawasaki)
4. Max Anstie (Honda)
5. Jeremy Van Horebeek (KTM)
6. Glenn Coldenhoff (KTM)
7. Jordi Tixier (KTM)
8. Dylan Ferrandis (Kawasaki)
9. Jake Nicholls (KTM)
10. Valentin Teillet (Kawasaki)
11. Harri Kullas (Suzuki)
12. Mel Pocock (Yamaha)
13. Alessandro Lupino (Husqvarna)
14. Alexander Tonkov (Honda)
15. Pascal Rachenecker (KTM)

Resultado geral da primeira etapa do Mundial de Motocross MX2 2012
1. Jeffrey Herlings
2. Joel Roelants
3. Tommy Searle
4. Jeremy Van Horebeek
5. Jordi Tixier
6. Jake Nicholls
7. Max Anstie
8. Dylan Ferrandis
9. Valentin Teillet
10. Mel Pocock

Classificação da categoria MX2 após a primeira etapa
1. Jeffrey Herlings 50 pontos
2. Joel Roelants 42
3. Tommy Searle 42
4. Jeremy Van Horebeek 34
5. Jordi Tixier 29
6. Jake Nicholls 28
7. Max Anstie 26
8. Dylan Ferrandis 24
9. Valentin Teillet 23
10. Mel Pocock 22 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

claudio disse:

decepcionante, assim vão terminar com o brasileiro, narrador no máximo p narrar regionalzinho, ex. n fala número de piloto, moto, nome, cidade, estado, pior, patrocinador nada. vc acompanhando a prova sem saber quem esta andando, oq mais se ouviu foi arquibancanda 1, 2 ,3 e 4, e dai…., os pegas, as manobras, tempo dos pilotos, pelo amor de deus, já se tocaram q o reflexo de um público n tão bom, foi resultado da trabalhada no ano passado, esperem p ver opróximo, muita gente conversava na arquibancada q ano q vem n mais estarão em barbosa, pq n se sabe nada oq ocorre na pista. horrivel, se toquem o narrador é que vende a imagem de vcs, esse ai tá denegrindo, mudança, pontem

Luiz Fernando disse:

Twitter: Medeiros
putz so fanzaso do Pourcel!! Que corridida feia dele, mas pelo que conheço ele não vai deixar barato..

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly