Hot News Mundocross #2

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 11 de abril de 2012 - 7:48

Hot News Mundocross, a coluna do site Mundocross que tem notícias quentes para você que gosta de estar por dentro das últimas do Mundo do Cross. Antes com edições semanais, e agora quinzenais, o Hot News reúne várias informações do mundo Off-Road, principalmente, MX e SX, além de Arenacross, Cross Country e Rally Cross. Boa leitura !!!

Agora para você o Hot News Mundocross #2

Escuderia X Motos teve sua estreia no Brasileiro de Motocross
A pista técnica e de nível elevado de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, recebeu no último final de semana, 7 e 8 de abril,  a grande abertura do campeonato Brasileiro de Motocross 2012. O circuito já figura há dez anos no calendário do nacional e é considerado pelos competidores um dos mais difíceis. O público chegou cedo e acompanhou as disputas nas cinco baterias da competição. O renomado piloto Jean Ramos defendeu as cores da Escuderia X Motos do Brasil na MX1, principal categoria do nacional. No sábado, dia 7, Jean que é o atual campeão Brasileiro da MX2, participou dos treinos cronometrados e saiu com o 6º tempo, marcando 1:25.485 para sua melhor volta. No domingo, dia 8, a disputa da MX1 foi dividida em duas baterias: na primeira o curitibano finalizou com a 8ª posição e o tempo total de prova de 35.11.586. Na segunda bateria o numeral #992 cruzou a linha de chegada em 6º lugar, com 35.24.735 para a prova. Na soma das baterias o piloto da Escuderia X Motos do Brasil chegou à 6ª colocação na classificação geral da classe, com 28 pontos somados após a primeira etapa. “ Quase faturei o pódio nesta etapa, mas de qualquer forma foi um bom resultado para uma etapa de estreia. No início da temporada ainda estamos fazendo os ajustes necessários para uma adaptação perfeita e , com isso, buscarei as primeiras posições”, revela Jean. O jovem Matheus Galves é o representante da Escuderia X Motos do Brasil na 85cc. O piloto terminou os cronometrados com o 10º tempo assinalando 1:36.467. Na prova o piloto andou bem e recebeu a bandeira quadriculada na 12ª posição, conquistando seus primeiros 9 pontos já na 1ª etapa da competição.

Zanol fora do Rally RN 1500
Felipe Zanol havia planejado competir no Rally RN 1500, que tem início nesta quarta-feira em Natal (RN). Porém, o piloto ainda não recebeu a sua motocicleta de rali, o que impossibilitou a disputa. “Desta forma, a minha próxima corrida será a terceira etapa da Copa Pacato de Enduro, no dia 22 de abril em Suzano (SP)”, concluiu. O mineiro irá defender a invencibilidade na competição, sendo que ele lidera ainda o Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, Vedamotors e Brasil Moto Tour, além do apoio de Água Mineral Ingá e Mr Pró.

Zanol agora foca na Copa Pacato de Enduro

Zanol agora foca na Copa Pacato de Enduro

Rafael Fonseca, da Lawanteam, leva o Moto de Ouro pela quinta vez
Rafael Fonseca conquistou na noite da última segunda-feira, 9 de abril, o Troféu Moto de Ouro, promovido anualmente pela Revista Motociclismo, da Editora Motorpress Brasil, na capital paulista. Esta foi a quinta vez consecutiva que o piloto da Lawanteam faturou a categoria Supermoto. “Eu adiei a minha ida para a Itália especialmente para estar presente na cerimônia. Estou muito feliz por ter me tornado pentacampeão no Moto de Ouro”, comemorou Fonseca. O piloto está a caminho do circuito de Ottobiano, onde representa o Brasil na abertura do Campeonato Mundial de Supermoto pela equipe Lawanteam Lux Performance neste final de semana. Fonseca esteve acompanhado na premiação do chefe de equipe Simão Lawant, que destacou a importância do troféu. “É muito importante para nós receber esta homenagem da Revista Motociclismo, que é extremamente conceituada no setor de duas rodas”, concluiu. A Lawanteam corre com o patrocínio de Hopen Brasil, IMS, Polisport, Oceanave e Transworld Logistic.

Balbi Júnior tem estreia difícil no campeonato Brasileiro de Motocross
Jorge Balbi Júnior não teve a estreia que planejou para a temporada 2012 do campeonato Brasileiro de Motocross 2012. O mineiro sofreu uma queda forte na primeira bateria da categoria MX1 e teve que se superar para disputar a prova seguinte, terminando em quinto. O evento foi realizado neste fim de semana, dias 7 e 8, em Carlos Barbosa (RS). Balbi não largou bem na primeira corrida do dia e passou a imprimir um ritmo forte. Quando estava em quinto lugar, caiu, perdendo várias posições. O piloto Pro Tork 2B Kawasaki Racing apostou em uma tocada ainda mais rápida para se recuperar, porém, errou e caiu de cabeça, tendo que abandonar a prova. Seu mecânico, Max Balbi, trabalhou duro para recuperar a motocicleta e, apesar de várias lesões, Balbi partiu para a segunda bateria. Mais uma vez, o atleta não largou tão bem e passou a buscar posições, recebendo a bandeira quadriculada em quinto lugar.
“Não era o que eu esperava, mas agradeço por não ter acontecido nada de grave no acidente. Perdi a consciência momentaneamente e não lembro como eu caí. Estou com algumas escoriações, mas bem. Tentei alcançar um bom resultado na segunda bateria e acho que consegui. Não foi fácil aguentar a dor”, explica.

Balbi Jr. está tendo dificuldades para defender o título de 2011

Balbi Jr. está tendo dificuldades para defender o título de 2011

Gustavo Henn começou bem na MX2 no Brasileiro de Motocross
O catarinense Gustavo Henn, campeão Brasileiro de Motocross 2011 na categoria 85, superou mais um desafio no último final de semana, dias 07 e 08 de abril. Na abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross 2012 o catarinense conquistou boas posições com sua Kawasaki KX250F, em seu ano de estreia na categoria MX2. No tradicional circuito de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, o piloto Pro Tork / 2B / Kawasaki foi o 19º colocado nos treinos cronometrados, que aconteceram no sábado (7) para definir a posição no gate de largada. No domingo (8) Gustavo Henn encarou duas baterias na MX2. Na primeira o jovem competidor não fez boa largada e saiu na 25ª posição. No entanto, em excelente prova de recuperação, conseguiu boas ultrapassagens e ganhou sete posições, para finalizar em 8º lugar com o tempo total de 34:45.950 para o percurso. Na segunda bateria o piloto Pro Tork / 2B / Kawasaki fez boa largada, na 4ª posição, mas não conseguiu se soltar e imprimir um ritmo tão bom quanto na primeira prova. Finalizou na 15ª posição com o tempo total de 34.16.005 em 20 voltas. Na somatória das baterias da 1ª etapa, Gustavo Henn ocupa a boa 11ª colocação no ranking geral da MX2, com 19 pontos. “Não consegui me soltar na segunda prova, a pista estava bem dura com canaletas e burracos, segui cauteloso e, mesmo assim, terminei na 11ª posição geral. Consegui um bom resultado já na primeira etapa com as 250cc e o objetivo é permanecer entre os dez primeiros” revelou Gustavo Henn. No próximo final de semana, dias 14 e 15 de abril tem mais: desta vez pela 3ª etapa da Supeliga Brasil de Motocross que acontece no Recife, em Pernambuco.

Ação voltada aos mecânicos no Brasileiro de Motocross surpreende
A Companhia Metalúrgica Brusque (CMB) surpreendeu a todos com uma ação voltada aos mecânicos na etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross, realizada no último fim de semana, dias 7 e 8, no tradicional Motódromo Fabiano Audibert, em Carlos Barbosa (RS). Os profissionais receberam assistência da empresa no Pit Lane, uma área reservada para reparos das motocicletas, tendo a disposição diversas ferramentas, além de pit boards e água.  Além disso, a CMB premiou os mecânicos dos dois primeiros colocados nas categorias MX1 e MX2, levando-os pela primeira vez ao pódio. Gui Lima aprovou a iniciativa da empresa, que é pioneira na solução de organização de ferramentas no Brasil. O chefe da equipe EMG/Kawasaki/Rinaldi recebeu um gabinete da marca das mãos do diretor de marketing da CMB, Rolf Erbe, após seu filho e piloto vencer a classe MX2. “Foi muito emocionante comemorar a vitória ao lado do meu filho no pódio e ainda ser reconhecido com o prêmio. Em tantos anos nesta área, nunca vi uma ação semelhante. Todos os mecânicos tiveram um suporte excelente durante as provas e ficaram bastante satisfeitos com a novidade”, afirma. O profissional ainda elogiou os produtos da empresa. Gui conta com vários equipamentos CMB para facilitar o dia a dia em sua oficina. “Eu conheço a marca há muito tempo, os produtos são excelentes e dinamizam meu trabalho. A empresa está de parabéns pela qualidade dos produtos e pela iniciativa”, ressalta. Para Rolf, a ação foi uma ótima oportunidade de se aproximar do público alvo, conhecendo sua real necessidade. “Conversei com vários profissionais, recebi elogios, mas eles também me apontaram o que precisam. Essa troca é muito valiosa e irá contribuir com avanços em nosso catálogo de produtos”, destaca. A ação da CMB está garantida em toda a temporada 2012 do Campeonato Brasileiro de Motocross, através do apoio firmado com a Confederação Brasileira de Motociclismo. A próxima etapa será nos dias 28 e 29 de abril, em Canelinha (SC).

Gui Lima, pai e mecânico de Dudu recebeu o prêmio da CMB

Gui Lima, pai e mecânico de Dudu recebeu o prêmio da CMB

Team Kawasaki do Brasil teve ótima estreia no Brasileiro de MX
O tradicional circuito de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, recebeu neste final de semana, dias 07 e 08 de abril, a grande abertura do campeonato Brasileiro de Motocross 2012. Os melhores pilotos da modalidade estiveram presentes para a 1ª etapa do nacional, que teve arquibancadas cheias durante todo o final de semana. A Kawasaki Racing Team contou com representantes em todas as cinco categorias da competição: 65cc, 85cc, MX3, MX2, MX1. O grande destaque da rodada foi Eduardo “Dudu” Lima, da EMG Kawasaki Rinaldi, que levou a equipe ao topo do pódio da MX2, após vencer a primeira bateria e finalizar com a 2ª posição na segunda prova. Na soma das baterias o paulista de Monte Mor ficou com a 1ª colocação, somou 47 pontos, e saiu na frente no campeonato organizado pela Confederação Brasileira de Motociclismo, com sua Kawasaki KX 250F. “Na primeira bateria, logo depois de cair o gate, fui jogado pra fora da pista e fiquei nas últimas colocações. Consegui andar forte e realizar boas ultrapassagens para conquistar a ponta. Na segunda bateria larguei em 8º, mais uma vez consegui imprimir um bom ritmo e conquistar a 2ª posição. Estou feliz com o resultado do final de semana, treinei muito nos últimos tempos, mas ainda quero conseguir o ajuste ideal pra minha moto. Esse ano vou buscar o título” conta Dudu. Kaio Miranda da Mira-X Kawasaki, também em sua temporada de estreia com as 250cc, cruzou a linha de chegada com dois 19º lugares e termina a etapa como 20ºcolocado, com 4 pontos. Marcello “Ratinho” Lima garantiu bons pontos ao subir ao pódio na 5ª posição com sua Kawasaki KX 450F. O piloto Kawasaki / Circuit / Rinaldi, recebeu a bandeira quadriculada com a 10ª posição na primeira bateria e o 8º lugar na segunda prova, que o levaram à 5ª colocação na geral da classe, com 29 pontos, após a primeira etapa. “Apesar de ter conquistado um lugar no pódio sofri alguns problemas neste final de semana. Na primeira bateria quase me choquei com outro piloto no ar e foi um grande susto. Na segunda acabei sofrendo uma queda na largada e fiquei lá pra trás. Mesmo assim acredito que consegui boas recuperações nas provas e espero que as próximas etapas sejam melhores” falou Ratinho. A 85cc teve sua largada no início da tarde de domingo (8) e pela Red Nose Kawasaki, Djalminha Brito, repetindo a posição dos cronometrados, terminou na 6ª posição e alcançou 15 pontos. Em 2012 o piloto disputa na 85cc, após boas temporadas na 65cc. No sábado (7) o talento e a experiência mostraram-se presentes na MX3 com Milton Becker “Chumbinho” e Mariana Balbi, ambos pilotos da Pro Tork 2B Kawasaki. Depois de conquistar o primeiro tempo nos cronometrados, Milton Becker “Chumbinho” deu um show na pista e abocanhou o 1º lugar na prova da MX3, levando a Kawasaki ao topo do pódio, com 25 pontos. Mariana Balbi acelerou forte e mostrou porque é considerada um dos grandes nomes da modalidade no cenário internacional. A piloto também subiu ao pódio, com a 3ª colocação, e somou 20 pontos. Na 65cc também teve pódio para a Kawasaki com Guilherme Torres da Costa conquistando a 4ª posição e 18 pontos. Márcio Henrique “Japinha” e Monique de Camargo cruzaram a linha de chegada na 11ª e na 14ª posições, conquistando 10 e 7 pontos na 65cc, respectivamente. Os pilotos fazem parte do Kawasaki Green Kids, um projeto de incentivo aos competidores da categoria de base da marca. A equipe Kawasaki Racing Brasil segue para Recife, Pernambuco, onde já no próximo final de semana, dias 14 e 15 de abril, enfrenta as disputas na 3ª etapa da Superliga Brasil de Motocross.

Sacilotti quer a liderança do Brasileiro de Rally Cross-Country
Ramon Sacilotti está pronto para encarar o RN 1500, válido pela segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country. O objetivo é garantir a vitória para alcançar a liderança na categoria Super Production. A prova tem início nesta quarta-feira, dia 11, e segue até domingo, dia 15, passando por diversas cidades do Rio Grande do Norte. “Enfrentei algumas dificuldades na abertura e, desde então, venho trabalhando para deixar o segundo lugar na tabela. O RN 1500 é uma corrida muito gostosa e divertida, estou com boas expectativas. Quero somar o máximo de pontos logo no início para manter o título que conquistei na temporada passada”, explica o atual campeão. O piloto de São José dos Campos (SP) aposta em seu treinamento e também em equipamentos de qualidade para cumprir seu objetivo no desafio. “Minha preparação física está excelente e a moto impecável. Como irei enfrentar diversos tipos de terrenos, optei pelos pneus Rinaldi HE 40, na dianteira, e RMX 35, na traseira. Tenho certeza que o rendimento será excelente”, afirma.

Ramon Sacilotti

Ramon Sacilotti

Pilotos Rinaldi conquistam Troféu Moto de Ouro
Atletas patrocinados pela Rinaldi conquistaram nesta segunda-feira, dia 9, o Troféu Moto de Ouro. A premiação, que elegeu os melhores da temporada 2011, foi realizada pela Revista Motociclismo, da Editora Motorpress Brasil. O mineiro Felipe Zanol venceu a categoria piloto de Enduro e o paulista Ramon Sacilotti a classe piloto de Rally. Consagrado no cenário nacional e internacional, Felipe Zanol comemorou a vitória. “Sinto-me honrado em conquistar este prêmio por mais um ano. Fico feliz pelo reconhecimento do meu trabalho. Esta é a prova de que meu esforço para conseguir bons resultados nas competições é bem visto pela imprensa e pelo público”, afirma o atual campeão brasileiro de enduro. Ramon Sacilotti garantiu o Troféu Moto de Ouro pela primeira vez e exaltou a importância desta conquista para sua carreira. “Fui indicado quatro vezes, mas esta é a primeira vez que ganho. É muito gratificante receber o prêmio, pois ele é a confirmação da ótima fase em que estou na minha carreira. Isso me motiva ainda mais”, garante o atual campeão brasileiro de rally cross-country. A Rinaldi parabeniza os pilotos.

Vídeos de Velocross e Motocross no Programa Competição
Confira agora aqui no Mundocross os vídeos do Programa Competição com as coberturas da primeira etapa do Catarinense de Velocross e da segunda etapa da Superliga de Motocross 2012. O Programa Competição é apresentado na RBS de Santa Catarina e as reportagens são realizadas por Chico Vargas.

Vídeo da abertura do Catarinense de Velocross 2012

Vídeo da segunda etapa da Superliga de Motocross 2012

 

Stefany Serrão tem desempenho positivo na estreia do Brasileiro de MX
Piloto IMS Ipiranga Honda Racing acelerou na 85. A largada para a abertura do campeonato Brasileiro de Motocross 2012 foi dada no último final de semana, dias 07 e 08 de abril, no tradicional motódromo Fabiano Audibert, em Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul.
Stefany Serrão encarou a etapa de estreia do nacional na 85cc e fez boa largada, saindo entre os cinco primeiros. Durante a bateria Stefany imprimiu um bom ritmo, mas preferiu andar com cautela no circuito bastante técnico, para conquistar seus primeiros pontos no nacional com segurança. A piloto IMS Ipiranga Honda Racing finalizou com uma boa 8ª posição e o tempo total de prova na casa dos 23:52.574, somando 13 pontos na primeira etapa da competição. “A classe está bastante competitiva e essa pista de Carlos Barbosa me causa um certo receio por conta de acontecimentos ruins no circuito ocorridos em 2007. De qualquer maneira ficar entre os 10 primeiros já na etapa de estreia do Brasileiro foi um bom resultado. Certamente estarei me sentindo mais à vontade nas demais etapas e buscarei ainda melhores posições” conta Stefany. Stefany Serrão segue sua rotina de treinamentos físicos e com moto para encarar os campeonatos regionais nas próximas semanas e continuar sua preparação para a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Moara e Caselani também estarão em ação no RN 1500
Moara Sacilotti, irmã de Ramon, também disputa a competição. A atleta ocupa o segundo lugar na classificação da Over 45 e espera alcançar o lugar mais alto do pódio. “Essa é a prova que eu mais gosto de toda a temporada. O RN 1500 é intenso, conta com paisagens maravilhosas e a recepção do público é sempre contagiante”, revela. O gaúcho Gregório Caselani completa a seleção de pilotos Rinaldi, mas na classe Production Aberta, na qual ocupa o segundo lugar na tabela. Estreante na modalidade, o piloto tem feito uma preparação intensa. “Estou bem preparado, mas esta é uma prova longa e tudo pode acontecer. Quero me dar melhor com a planilha, que vem sendo minha maior dificuldade”, afirma.

Frase da semana
“A felicidade nada mais é do que boa saúde e memória fraca.”

Hot News Mundocross by Jorge Soares

Colaboração:
Assessoria de Imprensa Pro Tork
Broop Comunicação
Motopress

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Luiz Fernando disse:

Twitter: Medeiros
Eai Jorjão !! É bom ler seu posts ai!! Força ai !!

Grande abraço!!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly