ABPMX solicita a CBM modificação no regulamento

Por ABPMX | 16 de abril de 2012 - 10:44

Em reunião da ABPMX durante a   primeira etapa do campeonato Brasileiro de Motocross em Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, foi decidido por votação de 100% dos pilotos presentes, que a entidade encaminhasse imediatamente a diretoria da CBM, um pedido de modificação no regulamento da categoria 85cc, para que a mesma volte a ter já a partir da próxima etapa, as mesmas especificações técnicas do campeonato de 2011.

Os   pilotos e chefes de equipe entendem que essa categoria é uma porta de acesso   aos novos pilotos ao esporte, e que compreende pilotos de 11 a 15 anos de  idade, sendo assim o aumento da cilindrada de 150cc para 180cc, além de colocar os pilotos em um risco desnecessário, aumentaria demasiadamente os custos da categoria, pois não existem motos com essa cilindrada, apenas Kits   especiais vendidos fora do país.

A   ABPMX espera que essa mudança seja seguida por todas as Federações Estaduais e promotores de eventos do Brasil, “É uma questão de bom senso e responsabilidade, com certeza a CBM irá acatar a reivindicação dos pilotos,   pois a Comissão de Motocross e Supercross da CBM, hoje é formada por ex-pilotos e pai de pilotos, que conhecem os riscos envolvidos no esporte, e tomarão as devidas providências para garantir a segurança dos jovens pilotos”, comenta Marlon Olsen, diretor técnico da ABPMX

 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Paulokunt disse:

O motocross na Brasil sempre vai ser assim porque quando os pilotos vão andar lá fora sempre levam volta e fazem fiasco nações mundial isso só tem um nome Cbm honda Não dão valor para os jovens que vão andar lá fora Cade a s categorias de base no Brasil já acabaram Eles só pensan no dinheiro do patrocínio

Luiz Fernando disse:

Twitter: Medeiros
Olá italu. o Yasuda não esta mais a frente da equipe Honda. Tbm acho que deve diminuir, para ficar mais justo para os que andam de 2 t.

italu disse:

SABES PQ NAO VAI DAR EM NADA PQ É A EQUIPE HONDA JUNTO COM O TODO PODEROSO WILSON YASUDA QUE TA NO PODER.E NAO VAO QUERER TIRAR O TITULO DO SEU PUPILO GUSTAVO PESSOA Q TA USANDO MOTORZAO 180CC.
ENQUANTO TIVERMOS YASUDA E O CARLINHOS ROMAILO NO PODER ESSE MX NO BRASIL NAO VAI PRA FRENTE.

Eduardo disse:

Nunca veremos no brasileiro de motocross, qualquer retaliação em função de regulamento de cilindrada, isso é uma verdadeira piada, esperar que a CBM de fato se importe e siga algum regulamento técnico, quanto mais federação estadual.

henrique disse:

mandei meu comentario ontem , vou reenviar,:
Gostaria de perguntar se alguma vez algum piloto foi punido por usar algum tipo de kit? se foi qual e quando? Os ponterios principalmente oficiais andam com a moto de loja????

Paulinho disse:

ABPMX esta fazendo tudo isso a pedido de pilotos e pais de pilotos, que na maioria acha que uma moto dessas com motor de 180cc pode ser muito mais perigoso ja que a categoria atinge pilotos de 11 a 15 anos, na minha opinião eu acho certo diminuir para no maximo 150cc, e quem usou 180cc na primeira corrida se beneficiou com o regulamento, ou seja, não fez nada de errado.

Paulokunt disse:

Faz uma bateria 180 depois faz a 85 para ver qual bateria vai ter mais pil

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly