Rally: Dário vence RN1500 e abre vantagem no Brasileiro

Por Imprensa CBM | Foto por Divulgação | 16 de abril de 2012 - 18:15

O mineiro Dario Julio deixou de lado as provas de Enduro de Regularidade mas segue como um dos principais pilotos do país, agora no Rally Cross-Country. Neste fim de semana, Dario Julio venceu a disputa do RN1500, no Rio Grande do Norte, válido pela 2ª etapa do Campeonato Brasileiro e abriu vantagem na classificação geral da categoria Super Production.

– A prova foi muita navegação. Eu e o Ramon (Sacilotti) andamos num ritmo muito forte. No terceiro dia dei duas erradinhas. Em uma delas perdi 1 Way Point, mas, por sorte, o Ramon errou no mesmo lugar e também perdeu. Foi uma prova e uma disputa muito boa – disse Dario Julio.

Dario Julio

 

Atual campeão brasileiro na categoria Super Production, Ramon Sacilotti terminou na segundao colocação, apenas 1m56s atrás do mineiro. Marcos Finato foi o terceiro, com 1h43m56s de desvantagem para o vencedor. Na categoria Production Aberta, vitória do gaúcho Gregório Caselani, seguido por Fabricio Bianchini e José de Deus.

– Nunca tinha disputado um rali dessas proporções. Minha estreia não poderia ter sido melhor. Aos poucos estou conseguindo me adaptar a planilha e meus resultados estão melhorando. Quero continuar crescendo na disputa – afirma Caselani, através de sua assessoria de imprensa.

Na categoria Over45 a vitória ficou com a paulista Moara Sacilotti, que não tomou conhecimento dos marmanjos que disputaram a mesma categoria. Entre os quadriciclos, Rodolfo Pereira foi vencedor, seguido por Francinei Costa e Tom Rosa. Na Marathon, vitória de Julyan Rodrigo, com Wagner Jovenal em segundo e Lauro Rodolpho em terceiro.

– Foi uma corrida muito difícil, seja pelos diversos tipos de terreno ou pela planilha, muito técnica. Fiquei muito feliz pelo meu desempenho, espero manter o ritmo para poder conquistar o título da temporada – afirmou a paulista.

Após a realização do RN1500, os líderes do Brasileiro de Rally Cross-Country são: Dario Julio (Super Production), Gregorio Caselani (Production Aberta), Robledo Nicoletti (Marathon), Moara Sacilotti (Over40) e Tom Rosa (Quadris). A terceira etapa do Brasileiro de Rally Cross-Country será o Rally da Amazônia, que acontece nos dias 9 e 10 de junho, em Rondônia.

Confira o resultado do RN1500:

SUPER PRODUCTION

1º – Dario Julio (7h44m09s)

2º – Ramon Sacilotti (+1m56s)

3º – Marcos Finato (+1h43m56s)

4º – Bernardo Bonjean (+2h03m59s)

5º – Ronaldo Pereira (+2h28m04s)

PRODUCTION ABERTA

1º – Gregorio Caselani (8h15m40s)

2º – Fabricio Bianchini (+9m51s)

3º – Jose De Deus (+36m53s)

4º – Marcelo Corradi (+1h25m42s)

5º – Leonardo Valente (+2h07m45s)

MARATHON

1º – Julyan Rodrigo (9h00m15s)

2º – Lauro Rodolpho (+19m27s)

3º – Joao Alfredo (+41m48s)

4º – Christiano Tito (+42m03s)

5º – Marcones Daniel (+50m59s)

OVER45

1º – Moara Sacilotti (9h40m38s)

2º – Antonio Augusto (+17m21s)

3º – Ruy Turza (+22m38s)

4º – Jose Janio (+23m30s)

5º – Lucilo Mazucante (+52m49s)

QUADRI

1º – Rodolfo Pereira (8h31m45s)

2º – Francinei Costa (+6m27s)

3º – Tom Rosa (+20m21s)

4º – Jose Demontier (+45m21s)

5º – Haroldo de Sá (+1h06m09s)

Confira a classificação do Brasileiro de Rally Cross-Country:

SUPER PRODUCTION

1º – Dario Julio – 75 pontos

2º – Ramon Sacilotti – 66

3º – Bernardo Bonjean – 56

PRODUCTION ABERTA

1º – Gregorio Caselani – 72 pontos

2º – Fabricio Bianchini – 44

3º – Jose De Deus – 40

MARATHON

1º – Robledo Nicoletti – 53 pontos

2º – Julyan Rodrigo – 50

3º – Wagner Jovenal – 46

OVER45

1º – Moara Sacilotti – 72 pontos

2º – Jose Valmir – 48

3º – Antonio Augusto – 44

QUADRI

1º – Tom Rosa – 62 pontos

2º – Jose Demontier – 56

3º – Rodolfo Pereira – 50

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly