Perspectiva 2012 – Rafael Zenni

Por Sandra Souza | Foto por Divulgação | 23 de abril de 2012 - 8:36

Rafael Zenni já está há 18 anos no cenário nacional, competindo desde pequeno e carregando na bagagem mais de 10 títulos nacionais e 14 estaduais, e em 2012 decidiu levar adiante alguns projetos que vinha planejando há algum tempo. Continua nas pistas de Motocross, mas por enquanto não competindo.

Para saber dos planos e o que pensa ‘Rafinha Zenni’, leia agora aqui com exclusividade o Perspectiva 2012 Mundocross de Rafael Zenni. Boa leitura !!!

Placa de 5 segundos no ar, largou :

Mundocross – Rafael, antes de responder o que planeja para 2012, faça uma breve avaliação da tua temporada em 2011 ?

Rafael Zenni – A temporada de 2011 começou muito bem, eu estava muito bem treinado e animado para os campeonatos, mas minha queda nos treinos livres do GP Brasil em Indaiatuba, me tirou de combate por um tempo. Nesse dia eu desloquei novamente meu ombro que já precisava de cirurgia. Mesmo assim consegui competir na Copa São Paulo e na Superliga, mas obviamente não estava mais com a mesma preparação física e isso me custou pontos valiosos nos campeonatos.

Já no segundo semestre, mais recuperado, fiquei com o vice-campeonato na Copa São Paulo e consegui uma boa atuação no Arenacross, terminando em terceiro lugar. Financeiramente não foi um ano bom para mim, pois tive que comprar minha própria moto 450cc para competir no Arenacross, categoria Pró, já que eu havia decidido correr na MX2 nesse ano e as motos disponibilizadas pela Equipe IMS/Honda eram 250cc.

Mundocross – Para a temporada de 2012, quais são seus planos ?  Você planeja participar de quais campeonatos ?

Rafael Zenni – Comecei o ano numa pré-temporada na Califórnia, e pretendia correr algumas etapas do AMA Supercross. Cheguei a fazer vários contatos, mas nada bom o suficiente para eu ficar lá e competir. As propostas que tive no Brasil também não me deram uma situação confortável, principalmente com o calendário desse ano que exige muito do bolso do piloto, então decidi colocar em prática alguns projetos que no ano passado ficaram engavetados.

Participei da 1ª Etapa da Superliga em Indaiatuba porque gosto muito daquela pista e moro perto, mas não pretendo correr nesse primeiro semestre. Estou com meu tempo 100% absorvido por outras atividades. Idealizei e construí uma pista de motocross na cidade de Mococa-SP, divisa com Minas Gerais, que na verdade é um Centro de Treinamento para capacitar pilotos amadores nas técnicas off-road.  Venho realizando treinamentos todos os finais de semana, inclusive devo ir para a Bahia em breve treinar um grupo grande de pilotos.

Mundocross – Você continua buscando uma equipe ou um patrocinador para voltar a competir ainda nesta temporada 2012 ?

Rafael Zenni

Rafael Zenni

Rafael Zenni – Sim, eu diria que esse é um processo permanente na vida de um piloto de motocross no Brasil. Pretendo competir no Arenacross no 2º semestre, portanto estou aberto a propostas e apresentando meu projeto para alguns potenciais patrocinadores. Como todos sabem, as contratações de pilotos estrangeiros por equipes brasileiras, se por um lado nos fazem evoluir e crescer no esporte, por outro lado nos tiram oportunidades de trabalho.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Rafael Zenni – Só quero agradecer a Deus e as pessoas que me apoiam nas minhas realizações, aos amigos que pedem para eu voltar a competir e que torcem por mim, e aproveito esse espaço para fazer um desabafo pessoal sobre o fato das equipes e patrocinadores apoiarem seu marketing em pilotos que não representam o verdadeiro ranking nacional. Fica a impressão de ser apenas uma disputa de equipes, e não uma competição entre talentos nacionais como sempre tivemos. Obrigado Mundocross pela oportunidade.

PERFIL DO PILOTO RAFAEL ZENNI
Nome completo : Rafael Zenni
Data de nascimento : 4 de agosto de 1986
Cidade onde nasceu : Itu – SP
Cidade onde mora : Itu – SP
Apelido : Zenni
Moto atual : CRF 450cc
Número que usará no number plate em 2012 : 931
Principal título : Campeão Brasileiro de Supercross 2004
Ídolo no Motocross Nacional : Rogério Nogueira
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Vilopotto
Prova favorita no Brasil : Penha – Santa Catarina
Comida favorita : Japonesa e massas
Bebida favorita : Suco em geral
Comida antes das corridas : Macarrão com frango
Bebida nos dias de corridas : Água
Lazer preferido fora o Motocross : Viajar
Esporte preferido fora o Motocross : BMX
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]
Twitter : www.twitter.com/rafaelzenni
Facebook : https://www.facebook.com/rafael.zenni e https://www.facebook.com/pages/Rafael-Zenni/213771512043660

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Dri Diniz disse:

O Rafael tem feito um belo trabalho com os meninos nos cursos que tem dado, com pilotos que só faziam trilhas e hj conseguem fazer uma mesa, novos horizontes tem se aberto para ele, mas é uma pena não ver o #931 nas pistas, admiro muito o Rafael como pessoa e como piloto, só tenho muito a agradecer a ele por várias coisas, inclusive essa paixão me tomou o motocross…. que venha o Arenacross …. que venha o #931 … nos vemos lá ……

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly