Mundial de Motocross 2012 – 2ª etapa – Bulgária

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Youthstream | 28 de abril de 2012 - 9:48
Duas semanas depois da abertura na Holanda, as feras do Mundial de Motocross voltaram a se reunir, desta vez em Sevlievo, na Bulgária, para a disputa da segunda etapa da competição temporada 2012. E a Kawasaki roubou a cena, com a vitória do britânico Tommy Searle na MX2 e do francês Gautier Paulin na MX1. Acompanhe como foi a etapa disputada no dia 22 de abril…

Categoria MX1

Na largada da primeira bateria, o italiano Antonio Cairoli, líder do campeonato, fez o holeshot e saiu na frente, mas cedeu a pressão do francês Christophe Pourcel ainda na primeira volta. Pourcel liderou com tranqüilidade até a bandeira quadriculada, enquanto o atual campeão sofria para sem manter na segunda posição, em um circuito que declaradamente não é um dos seus favoritos.

Largada MX1

Apesar do esforço, Cairoli não evitou perder a segunda posição para outro francês, Gautier Paulin, e a terceira para o belga Clement Desalle, contentando-se com o quarto lugar. Seu conterrâneo David Philippaerts completou os cinco primeiros.

A largada da segunda bateria foi praticamente um replay da primeira, com Cairoli fazendo o holeshot e Pourcel lhe roubando a liderança logo na sequência. O francês poderia sair de Sevlievo com uma dupla vitória e o overall no bolso. Exatamente, apenas poderia caso seu conterrâneo Paulin não estivesse disposto a dar o troco, algo que fez rapidamente.

Depois de assumir a liderança, Paulin garantiu a vitória ao abrir uma pequena vantagem que Pourcel não foi capaz de recuperar, obrigando-o a se contentar com a segunda posição, resultado exatamente inverso da primeira bateria. Cairoli foi o terceiro, com o belga Ken De Dycker em quarto e o russo Evgeny Bobryshev completando os cinco primeiros.

Evgeny Bobryshev

No overall, vitória de Paulin, com Pourcel em segundo e Cairoli completando o pódio na terceira posição. De Dycker foi o quarto e Bobryshev completou os cinco primeiros. No campeonato, Cairoli ainda lidera com 88 pontos contra 79 de Paulin. Desalle é o terceiro com 67, De Dycker o quarto e Pourcel fecha os cinco primeiros.

Antonio Cairoli

Ken De Dycker

Clement Desalle

Gautier Paulin

David Philippaerts

Christophe Pourcel

Pódio MX1

Resultado geral da categoria MX1 na Bulgária
1. Gautier Paulin (Kawasaki)
2. Christophe Pourcel (Kawasaki)
3. Antonio Cairoli (KTM)
4. Ken De Dycker (KTM)
5. Evgeny Bobryshev (Honda)
6. Xavier Boog (Kawasaki)
7. David Philippaerts (Yamaha)
8. Clement Desalle (Suzuki)
9. Shaun Simpson (Yamaha)
10. Sebastien Pourcel (Kawasaki)

Classificação da categoria MX1 após duas etapas
1. Antonio Cairoli – 88 pontos
2. Gautier Paulin – 79
3. Clemente Desalle – 67
4. Ken De Dycker – 63
5. Christophe Pourcel – 59
6. Kevin Strijbos – 51
7. Xavier Boog – 49
8. Shaun Simpson – 45
9. David Philippaerts – 44
10. Tanel Leok – 42 pontos

Categoria MX2

Na largada da primeira bateria o britânico Tommy Searle fez o holeshot e liderou por algumas voltas, até perder a liderança para o belga Joel Roelants. Searle aparentemente estava com problemas no freio dianteiro de sua moto e isso comprometeu seu desempenho no restante da bateria. Roelants garantiu a vitória. Searle ainda perdeu a segunda posição para o líder do campeonato, o jovem holandês Jeffrey Herlings. O belga Jeremy Van Horeeek foi o quarto e o finlandês Harri Kullas completou os cinco primeiros.

Largada MX2

Resolvido o problema do freio dianteiro, na segunda bateria Searle estava disposto a recuperar o prejuízo da primeira. E foi exatamente o que conseguiu ao fazer o holeshot e liderar de ponta a ponta até a bandeira quadriculada. Herlings garantiu a segunda posição ao permanecer toda bateria na sombra de Searle. Horebeek foi o terceiro, Roelants o quarto, e o britânico Max Anstie completou os cinco primeiros.

Max Anstie

Jeffrey Herlings

No overall, vitória de Searle, com Herlings em segundo e Roelants completando o pódio na terceira posição. Horebeek foi o quarto e Anstie completou os cinco primeiros. No campeonato, Herlings permanece na liderança com 94 pontos, contra 87 de Searle. Roelants é o terceiro com 85, Horebeek o quarto com 74 e Anstie fecha os cinco primeiros com 57 pontos.

Joel Roelants

Tommy Searle

Jeremy Van Horebeek

Pódio MX2

Resultado geral da categoria MX2 na Bulgária
1. Tommy Searle (Kawasaki)
2. Jeffrey Herlings (KTM)
3. Joel Roelants (Kawasaki)
4. Jeremy Van Horebeek (KTM)
5. Max Anstie (Honda)
6. Harri Kullas (Suzuki)
7. Dylan Ferrandis (Kawasaki)
8. Alexander Tonkov (Honda)
9. Jake Nicholls (KTM)
10. Alessandro Lupino (Husqvarna)

Classificação da categoria MX2 após duas etapas
1. Jeffrey Herlings – 94 pontos
2. Tommy Searle – 87
3. Joel Roelants – 85
4. Jeremy Van Horebeek – 74
5. Max Anstie – 57
6. Jake Nicholls – 51
7. Jordi Tixier – 48
8. Dylan Ferrandis – 48
9. Harri Kullas – 43
10. Alessandro Lupino – 38 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

carlos e. duda giovanucci disse:

Putz… O cross no brasil ta fraco…. Nem tem maia a transmissao do mundial!!!!

moacirfausto disse:

olha so esta e a corrida que a band sport ia p domingo final da tarde fui fui viajar retornei mais cedo e eles sem avizar metem super bike foi uma verdadeira falta de respeito pra que que se paga esta .. m… se alguem souber o imail desta band sport me mande …………

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly