Mundial de Motocross 2012 – 3ª etapa – Itália

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 03 de maio de 2012 - 22:34

A temporada 2012 do Mundial de Motocross deu prosseguimento no último fim de semana, com a terceira etapa, o GP de Fermo na Itália. Na categoria MX1, a Kawasaki voltou a brilhar, com o francês Christophe Pourcel conquistando sua primeira vitória. Já na MX2, o holandês Jeffrey Herlings, líder da pontuação, venceu seu segundo overall no campeonato. Confira como foram as disputas neste último domingo, 29 de abril.

Categoria MX1

Na primeira bateria Pourcel e seu conterrâneo e companheiro de equipe, Gautier Paulin, trocaram ultrapassagens na liderança por diversas ocasiões. Faltando duas voltas para o final da corrida, Pourcel perdeu a ponta para Paulin ao deixar a moto apagar. Mesmo assim conseguiu recuperar a liderança e vencer, faltando três curvas para a bandeira quadriculada. Na segunda bateria Pourcel garantiu a segunda posição, mesmo com o nariz sangrando nas últimas voltas, depois que uma pedra atingiu seu rosto.

Largada da categoria MX1 no GP da Itália

Largada da categoria MX1 no GP da Itália

Tony Cairoli

Tony Cairoli

Líder e atual campeão, o italiano Antônio Cairoli foi apenas o terceiro colocado na primeira bateria, mas fez o holeshot na segunda e conseguiu manter a liderança até a bandeira quadriculada, garantindo o segundo degrau do pódio no overall. Mesmo com a vitória de Pourcel no overall, Cairoli continua liderando o campeonato com 17 pontos de vantagem sobre Paulin e 27 sobre o próprio Pourcel.

Ken De Dycker

Ken De Dycker

Clement Desalle

Clement Desalle

Ainda falando em overall, o belga Clement Desalle completou o pódio na terceira posição. Paulin foi o quarto e o belga Ken De Dycker completou os cinco primeiros. No campeonato, como dito anteriormente, Cairoli lidera com 17 pontos de vantagem sobre Paulin e 27 sobre Pourcel. Desalle é o quarto e De Dycker fecha os cinco primeiros.

Gautier Paulin

Gautier Paulin

Pódio da categoria MX1 no GP da Itália

Pódio da categoria MX1 no GP da Itália

Resultado da terceira etapa do Mundial de Motocross MX1 2012
1. Christophe Pourcel (Kawasaki)
2. Antonio Cairoli (KTM)
3. Clement Desalle (Suzuki)
4. Gautier Paulin (Kawasaki)
5. Ken de Dycker (KTM)
6. Evgeny Bobryshev (Honda)
7. Kevin Strijbos (KTM)
8. David Philippaerts (Yamaha)
9. Xavier Boog (Kawasaki)
10. Tanel Leok (Suzuki)

Classificação do Mundial de Motocross MX1 após três etapas
1. Antonio Cairoli – 133 pontos
2. Gautier Paulin – 116
3. Christophe Pourcel – 106
4. Clement Desalle – 105
5. Ken de Dycker – 95
6. Kevin Strijbos – 76
7. Xavier Boog – 72
8. Evgeny Bobryshev – 69
9. David Philippaerts – 69
10. Tanel Leok – 62 pontos

Categoria MX2

Líder do campeonato, Jeffrey Herlings venceu as duas baterias, mas não foram vitórias fáceis para o holandês. Na primeira bateria ele foi capaz de liderar de ponta a ponta do início ao fim, mesmo sentindo que sua moto estava tendo problemas após receber a bandeira quadriculada. A segunda bateria começou com tombos de Herlings e do britânico Tommy Searle logo na largada. Herlings conseguiu levantar rapidamente e completar a primeira volta na 11ª posição, enquanto Searle abriu a segunda volta apenas em 30º.

Largada da categoria MX2 no GP da Itália

Largada da categoria MX2 no GP da Itália

Max Anstie

Max Anstie

O grande destaque vai para o norte-americano Michael Leib, que na primeira bateria largou em 15º e terminou em 3º. Já nesta segunda bateria ele liderou até as últimas três voltas, quando foi superado por Herlings e Searle. Graças a dupla vitória, Herlings também faturou o overall. Os dois terceiros lugares renderam a Leib o segundo degrau do pódio. O belga Jeremy Van Horebeek completou o pódio na terceira posição. O francês Jordi Tixier foi o quarto e o espanhol Jose Butron completou os cinco primeiros.

Jeffrey Herlings

Jeffrey Herlings

Tommy Searle

Tommy Searle

No campeonato, Herlings ampliou para 30 pontos sua vantagem em relação à Horebeek na classificação do campeonato. Searle é o terceiro, o belga Joel Roelants o quarto e o britânico Max Anstie fecha os cinco primeiros.

Jeremy Van Horebeek

Jeremy Van Horebeek

Pódio da categoria MX2 em Fermo na Itália

Pódio da categoria MX2 em Fermo na Itália

Resultado da terceira etapa do Mundial de Motocross MX2
1. Jeffrey Herlings (KTM)
2. Michael Leib (Yamaha)
3. Jeremy van Horebeek (KTM)
4. Jordi Tixier (KTM)
5. Jose Butron (KTM)
6. Christophe Charlier (Yamaha)
7. Dylan Ferrandis (Kawasaki)
8. Max Anstie (Honda)
9. Tommy Searle (Kawasaki)
10. Alessandro Lupino (Husqvarna)

Classificação do Mundial de Motocross MX2 após três etapas
1. Jeffrey Herlings – 144 pontos
2. Jeremy van Horebeek – 114
3. Tommy Searle – 109
4. Joel Roelants – 85
5. Max Anstie – 80
6. Jordi Tixier – 78
7. Dylan Ferrandis – 73
8. Jake Nicholls – 69
9. Harri Kullas – 65
10. Michael Leib – 61 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly