AMA Supercross 2012 – 17ª Etapa – Las Vegas

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 07 de maio de 2012 - 17:34

Depois de 17 etapas de pura emoção e viagens por todo os Estados Unidos (além de uma etapa no Canadá), o Monster Energy AMA Supercross FIM World Championship 2012 chegou ao fim na noite deste último sábado, dia 5 de maio, no Sam Boyd Stadium em Las Vegas, Nevada. Embora não houvesse disputa de título em qualquer uma das categorias, a multidão lotou as arquibancadas do palco da grande final.

Na categoria Supercross, Ryan Dungey dominou do início ao fim. Com uma vantagem de 10 segundos, ninguém foi capaz de roubar do piloto da KTM o topo do pódio. Justin Barcia venceu mais uma na Lites costa Leste, enquanto seu companheiro de equipe Eli Tomac garantiu a vitória na costa Oeste.

No confronto entre as duas regiões (o famoso Shootout), todas as atenções estavam concentradas nos campeões, e sem desapontar o público, novamente brilharam as estrelas de Barcia e Tomac.

Categoria Supercross

Na largada, Mike Alessi fez o holeshot mas antes de completar a primeira volta foi superado por Ryan Dungey. O piloto da KTM liderou a corrida de ponta a ponta, conquistando sua quarta vitória no campeonato com 10 segundos de vantagem na bandeira quadriculada.

Largada da categoria Supercross em Vegas

Largada da categoria Supercross em Vegas

David Millsaps e Nico Izzi

David Millsaps e Nico Izzi

Davi Millsaps e Justin Brayton superaram Jake Weimer no decorrer da corrida para completar o pódio na segunda e na terceira posição respectivamente. O piloto da Kawasaki por sua vez contentou-se com o quarto lugar. Josh Grant completou os cinco primeiros.

Justin Brayton

Justin Brayton

Mike Alessi e Jake Weimer

Mike Alessi e Jake Weimer

No campeonato, Millsaps superou Dungey por 9 pontos e sagrou-se vice-campeão. Com o mesmo número de pontos de Dungey (mas perdendo para o piloto da KTM no critério vitórias), Brayton garantiu a quarta posição e Weimer fechou os cinco primeiros.

Josh Grant

Josh Grant

Ryan Dungey recebendo a bandeirada final

Ryan Dungey recebendo a bandeirada final

Pódio da categoria SX com Brayton, Dungey e Millsaps

Pódio da categoria SX com Brayton, Dungey e Millsaps

Resultado categoria Supercross

1. Ryan Dungey (KTM)
2. Davi Millsaps (Yamaha)
3. Justin Brayton (Honda)
4. Jake Weimer (Kawasaki)
5. Josh Grant (Kawasaki)
6. Nico Izzi (Yamaha)
7. Mike Alessi (Suzuki)
8. Weston Peickk (Yamaha)
9. Andrew Short (Honda)
10. Nick Wey (Kawasaki)
11. Broc Tickle (Kawasaki)
12. Justin Sipes (Kawasaki)
13. Chris Blose (Kawasaki)
14. Gavin Faith (Yamaha)
15. Tyler Bowers (Kawasaki)
16. Jason Thomas (Suzuki)
17. Ryan Clark (Kawasaki)
18. Brett Metcalfe (Suzuki)
19. Matt Goerke (Suzuki)
20. Kyle Regal (Kawasaki)

Classificação final do campeonato após dezessete etapas

1. Ryan Villopoto – 323 pontos (9 vitórias)
2. Davi Millsaps – 266
3. Ryan Dungey – 257 (4 vitórias)
4. Justin Brayton – 257
5. Jake Weimer – 229
6. Mike Alessi – 206
7. James Stewart – 178 (2 vitórias)
8. Brett Metcalfe – 177
9. Broc Tickle – 171
10. Kevin Windham – 166 pontos

Categoria Supercross Lites Leste

Mesmo com o título já garantido, Justin Barcia não deixou ninguém carimbar sua faixa de campeão. Na largada fez o holeshot e liderou a corrida de ponta a ponta, garantindo mais uma vitória. Ninguém foi capaz de ameaçá-lo. Somente na volta 10 Barcia cometeu um pequeno erro que permitiu que o alemão Ken Roczen ficasse um pouco mais próximo dele, mas não o suficiente para tentar ultrapassar.

Blake Baggett e Ken Roczen

Blake Baggett e Ken Roczen

Malcolm Stewart

Malcolm Stewart

Aliás Roczen e Blake Baggett completaram o pódio realizando corridas solitárias na segunda e na terceira posição respectivamente. Malcom Stewart foi o quarto e Blake Wharton completou os cinco primeiros.

Blake Baggett

Blake Baggett

Barcia recebendo a bandeirada final em Las Vegas

Barcia recebendo a bandeirada final em Las Vegas

No campeonato, Barcia finalizou com 45 pontos de vantagem sobre Roczen. Wharton garantiu o terceiro lugar, Baggett foi o quarto e Darryn Durham fechou os cinco primeiros.

Pódio da Lites Leste com Baggett, Barcia e Roczen

Pódio da Lites Leste com Baggett, Barcia e Roczen

Resultado categoria Lites Leste

1. Justin Barcia (Honda)
2. Ken Roczen (KTM)
3. Blake Baggett (Kawasaki)
4. Malcolm Stewart (KTM)
5. Blake Wharton (Suzuki)
6. Kyle Cunningham (Yamaha)
7. Hunter Hewitt (Suzuki)
8. Jake Canada (Honda)
9. Matt Lemoine (Kawasaki)
10. Kyle Peters (Yamaha)
11. Justin Bogle (Honda)
12. AJ Catanzaro (KTM)
13. Les Smith (KTM)
14. Austin Politelli (Honda)
15. Zack Freeburg (Honda)
16. Michael Akaydin (Kawasaki)
17. Shane Sewell (KTM)
18. John Pauk (Kawasaki)
19. Dakota Tedder (Kawasaki)
20. Shawn Rife (Honda)

Classificação final da categoria Lites Leste após nove etapas

1. Justin Barcia – 210 pontos (6 vitórias)
2. Ken Roczen – 165 (1 vitória)
3. Blake Wharton – 158 (1 vitória)
4. Blake Baggett – 148
5. Darryn Durham – 143 (1 vitória)
6. Jake Canada – 131
7. Justin Bogle – 117
8. Kyle Cunningham – 85
9. Matt Lemoine – 78
10. Malcolm Stewart – 77 pontos

Categoria Supercross Lites Oeste

Outro que não deixou ninguém carimbar sua faixa de campeão foi Eli Tomac, na Lites costa Oeste. Seguindo o exemplo de seu companheiro de equipe, Justin Barcia, Tomac fez o holeshot e liderou a corrida do início ao fim. Dean Wilson foi o segundo e Wil Hahn completou o pódio em terceiro. O equatoriano Martin Davalos foi o quarto e Jason Anderson completou os cinco primeiros.

Tomac recebendo a bandeirada final da Lites Oeste

Tomac recebendo a bandeirada final da Lites Oeste

Pódio da Lites Oeste com Hahn, Tomac e Wilson

Pódio da Lites Oeste com Hahn, Tomac e Wilson

No campeonato, Tomac terminou com 30 pontos de vantagem sobre Wilson. O francês Marvin Musquin finalizou em terceiro, Cole Seely foi o quarto e Jason Anderson fechou os cinco primeiros.

Resultado categoria Lites Oeste

1. Eli Tomac (Honda)
2. Dean Wilson (Kawasaki)
3. Wil Hahn (Honda)
4. Martin Davalos (Suzuki)
5. Jason Anderson (Suzuki)
6. Marvin Musquin (KTM)
7. Matt Moss (KTM)
8. Ryan Sipes (Yamaha)
9. Scott Champion (Honda)
10. Landen Powell (Honda)
11. Chris Plouffe (Honda)
12. Ryan Smith (Suzuki)
13. Josh Greco (Kawasaki)
14. Cole Martinez (Kawasaki)
15. Preston Tilford (Honda)
16. Mitch Alcorn (Kawasaki)
17. Myles Tedder (Kawasaki)
18. Beau Hudson (Kawasaki)
19. Killy Rusk (Honda)
20. Billy Laninovich (Honda)

Classificação final da categoria Lites Oeste após nove etapas

1. Eli Tomac – 184 pontos (5 vitórias)
2. Dean Wilson – 154 (2 vitórias)
3. Marvin Musquin – 142
4. Cole Seely – 119 (1 vitória)
5. Jason Anderson – 111
6. Matt Moss – 106
7. Ryan Sipes – 96 (1 vitória)
8. Martin Davalos – 89
9. Billy Laninovich – 85
10. Nico Izzi – 78 pontos

Desafio Lites East/West – Shootout

Este é o único momento do campeonato em que as estrelas da costa Oeste (Tomac, Wilson e Musquin) enfrentam as estrelas da costa Leste (Barcia, Roczen e Wharton). Outro fator que apimenta a emoção é a disputa direta entre os companheiros de equipe (Barcia e Tomac pela equipe Geico/Honda e Musquin e Roczen pela equipe oficial KTM).

Dean Wilson e Wil Hahn

Dean Wilson e Wil Hahn

Na largada Barcia fez o holeshot e disparou na frente, liderando até a quarta volta, quando foi superado por Davalos na parte de fora da pista. O campeão da costa Leste deu o troco duas voltas depois, aproveitando-se de um erro do equatoriano.

Marvin Musquin

Marvin Musquin

Desta vez Barcia manteve a liderança até a bandeira quadriculada, tornando-se o grande vencedor do Shoot-Out. A equipe Geico/Honda ainda comemorou uma dobradinha, graças à segunda posição conquistada por Tomac. Davalos completou o pódio na terceira posição, Roczen foi o quarto e Musquin fechou os cinco primeiros.

Pódio do Shootout com Davalos, Barcia e Tomac

Pódio do Shootout com Davalos, Barcia e Tomac

Resultado Desafio Lites East/West – Shootout

1. Justin Barcia (Honda)
2. Eli Tomac (Honda)
3. Martin Davalos (Suzuki)
4. Ken Roczen (KTM)
5. Marvin Musquin (KTM)
6. Wil Hahn (Honda)
7. Ryan Sipes (Yamaha)
8. Malcolm Stewart (KTM)
9. Blake Wharton (Suzuki)
10. Matt Moss (KTM)
11. Dean Wilson (Kawasaki)
12. Blake Baggett (Kawasaki)
13. Justin Bogle (Honda)
14. Kyle Cunningham (Yamaha)
15. Matt Lemoine (Kawasaki)
16. Billy Laninovich (Honda)
17. Jake Canada (Honda)
18. Hunter Hewitt (Suzuki)
19. Jason Anderson (Suzuki)
20. Scott Champion (Honda)

Compartilhe este conteúdo

Comentários

carlos e. duda giovanucci disse:

CARA…. PARTICIPAÇÃO TOP DO ROCZEN ESTE ANO… TOMARA QUE BRIGUE PELO TÍTULO ANO QUE VEM…. TORÇO PRA ELE…!!!!

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly