Gaúcho de MX teve pegas eletrizantes em Venâncio

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Bolívar Trindade | 07 de maio de 2012 - 15:28

A tradicional pista do MOCVA, Moto Clube de Venâncio Aires, foi o palco neste final de semana, dias 5 e 6 de maio, da terceira etapa do campeonato Gaúcho de Motocross. A etapa aconteceu dentro das festividades da 12ª Fenachim, e teve um público recorde de mais de 12 mil pessoas nos dois dias de prova.

Duelos em todas as posições e em todas as categorias foram o ponto alto da competição, que teve mais de 230 inscrições. Vibrante, os aficionados pelo  Motocross deliraram com a vitória do piloto da casa, Fabiano dos Santos, vencedor da 230cc, bem como nos duelos de todas as categorias. Confira como foi o evento em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul.

Categoria Estreante Importadas
Maiara Basso, a ‘Gringa’ largou na frente seguida de Leandro Schwindt, Bruno da Luz, Manolo Magnobosco e Vinícius de Oliveira. Maiara abre volta rápida e Bruno assume a 2ª colocação já na 2ª volta com Leandro em 3º. Vinícius assume a 4ª colocação na 4ª volta com Manolo em 5º, enquanto que na frente a disputa pela vitória era no detalhe.  Com bandeira vermelha mais ao final da prova, Maiara que vinha sofrendo pressão de Bruno vence a etapa seguida de Bruno, Leandro, Vinícius e Manolo.

A 'Gringa' Basso venceu a categoria Estreante Importadas

A 'Gringa' Basso venceu a categoria Estreante Importadas

Categoria 50 B
Facundo LLambias largou na ponta seguido de Gabriel Andrigo e Pedro Moraes. Andrigo vai ao ataque e assume a ponta, seguido de Pedro, Carlos Baltazar e Facundo com Enzo Zorzo em 5º. Pedro aperta, tira diferença, mas Andrigo segura a vitória seguido de Pedro, Carlos, Facundo e Enzo.

Gabriel Andrigo

Gabriel Andrigo

Categoria 50 A
Garmichel Giehl largou bem para vencer a etapa de ponta a ponta, seguido por Felipe Tenedini que buscou posição na metade da bateria. Kauê Benatto chegou em 3º com Cristyan Rian em 4º e Roberty Godinho completando o pódio em 5º lugar.

Garmichael Giehl

Garmichael Giehl

Categoria MX3
O uruguaio Pablo Florin assumiu a ponta ao ultrapassar a líder Maiara Basso ainda na volta inicial. Maiara fechou a volta em 2º seguida de Eder Antoniazzi e Marcelo Agostini. Fabiano Ribeiro veio em 5º. Pablo abre boa vantagem, mas Eder aos poucos tira a diferença que era de seis, para dois segundos na reta final da prova. Agostini, que ultrapassou Maiara, manteve a 3ª colocação até o final da prova. Em 4º chegou Fábio Imperatori após largar em posição intermediária. Fabiano completou o pódio em 5º na Vitória do visitante Pablo Florin. Com o segundo lugar, Eder soma os pontos de 1º e continua líder.

Pablo Florin

Pablo Florin

Categoria Intermediária MX2
Gustavo Roratto largou na ponta, seguido de Roberto Bergmann e Jonatas Migliorini. Os três na mesma tocada.  Em 4º Gabriel Carbonera e Pablo Sebben. Roberto encosta na 2ª metade da prova, mas com o pneu furado, perde posições e aos poucos se distancia do líder. Migliorini chega ao 2º lugar seguido de Carbonera e Ânderson Alberton que havia largado em 8º. Na raça, Roberto Bergmann ainda sobe no pódio em 5º lugar. Após o termino da categoria Intermediária MX2, o juri de prova decidiu punir os pilotos Gustavo Roratto, Beto Bergmann e Anderson Alberton em 10 segundos por não terem respeitado a bandeira amarela, mesmo com a punição Roratto, que andou na frente durante toda a prova foi o vencedor, o restante das posições no pódio foram as seguintes: Migliorine foi o segundo, Carbonera o terceiro, Henrique Guaresi foi o quarto e Alberton o quinto.

Gustavo Roratto

Gustavo Roratto

Categoria Intermediária MX1
O carioca, radicado no RS, Walter Tardim largou na ponta, seguido do líder do campeonato, Daniel Chies com Rodrigo Galiotto em 3º e Fabiano Ribeiro em 4º e Fábio Imperatori em 5º. Fábio caiu e abandonou. Daniel encosta, tira a diferença, mas cai na 3ª volta indo para o 5º lugar. Com isso Rodrigo é 2º na prova. Em recuperação, Daniel chega nas voltas finais em cima de Tardim, que segura e fecha a porta para Daniel nos metros finais. Valter vence seguido de Daniel, Rodrigo, Alex Cavalca que ultrapassou Fabiano na última volta.

Walter Tardim

Walter Tardim

Categoria MX2
Mateus Basso largou na frente seguido de Gustavo Roratto, Marçal Müller e Leonardo Dambros. Logo no início da prova, Marçal busca o 2º lugar e na metade da bateria chega à liderança. Aos poucos abre boa vantagem rumo à vitória. Na reta final, Roratto pressiona e ultrapassa Mateus para chegar em 2º. Mateus é 3º com Roberto Bergmann que encosta nas voltas finais e ultrapassa Leonardo Dambrós, o 5º na composição do pódio.

Largada da categoria MX2 em Venâncio Aires

Largada da categoria MX2 em Venâncio Aires

Marçal Müller

Marçal Müller

Categoria 65
Felipe Moraes vence a etapa de ponta a ponta. Na volta inicial, com Vitor Della Nina em 2º e Felipe Migliorini em 3º e Willian Pereira em 4º quee erra na 2ª volta. Bernardo dos Santos era o 5º. Migliorini pressiona Vitor e assume a 2ª colocação e aos poucos diminui a diferença do líder. Mais tarde, Bernardo dos santos que subia de produção, também ultrapassa Vitor para chegar em 3º. Felipe Moraes vence a prova com Migliorini em 2º, Bernardo em 3º, Vítor em 4º e Bruno Schmitz completando o pódio em 5º.

Felipe Moraes

Felipe Moraes

Categoria 85
Leonardo Limberger e Ândrio Sebben dividem a 1ª curva. Vantagem para o líder do campeonato Ândrio Sebben que completa a volta inicial em 1º seguido de Leonardo, Gabriel Della Flora, Henrique Araújo e Nícolas oliveira. Leonardo erra e cai na 3ª volta, indo para o 5º lugar. Gabriel assume a 2ª colocação e segue até o fim na prova vencida por Ândrio. Henrique chegou em 3º com Nícolas e Leonardo completando o pódio.

Andrio Sebben

Andrio Sebben

Categoria MX4
Eduardo Timm Bergmann largou na ponta, seguido de Guilherme Brnatto e Sergio Fernandes. Marco Müller e Carlos Ketermann caem na 1ª volta após choque na parte baixa da pista, Marco abandona, mas Ketermann faz prova de recuperação. Timm abre boa vantagem dos demais. Fabiano Kubaski e Sergio duelam pelo 2º lugar na reta final da prova, Fabiano leva a melhor e Sérgio perde produção. Nas duas voltas finais, Ketermann chega em Fabiano para assumir a 2ª colocação.A volta final foi eletrizante com Timm segurando a vitória na ponta dos dedos. Kettermann foi 2º seguido de Fabiano, Luis Essvein e João Sirtuli.

Eduardo Timm Bergmann

Eduardo Timm Bergmann

Categoria 230
O piloto da casa, Fabiano dos Santos, largou na frente seguido de Cássio Rossi e Rafael Escobar da Silva, com Lucas Rizzotto em 4º e Wagner Bolba em 5º. Formando o 1º pelotão. Fabiano abre grande vantagem rumo à vitória em casa. Rafael pressiona e conquista a 2ª colocação no último terço da prova. O mesmo ocorre com Wagner Bolba ao ocupar a 4ª colocação. Fabiano  vence de ponta a ponta seguido de Rafael, Cássio, Wagner e Lucas.

Fabiano dos Santos

Fabiano dos Santos

Categoria Feminina A
Maiara Basso largou na ponta e venceu a etapa de ponta a ponta seguida de Janaina Todeschini, Caroline Zatt e Mayrêe Ribeiro a Gauchinha que fizeram prova com paciência sem tombos ou erros.

Categoria Feminina B
Vitória de Bruna Zanatta com Nathalia da Silva em 2º e Mariana Daltoé em 3º. Patrícia Bernardon e Mariana Becker abandonaram a prova com cinco voltas.

Bruna Zanatta

Bruna Zanatta

Categoria MX Pró
Disputada em duas baterias, teve a vitória de marcos Cordeiro após a dessitência de Douglas Parise, que teve problemas na moto e ao mesmo tempo machucou o joelho, abandonando a disputa quando estava em 2º lugar. Os dois haviam duelado com trocas nas 3 primeiras voltas. Marcos, Leonardo Sebben, Leonardo Dambros, Mateus Basso e Marçal Müller os cinco da bateria inicial.

Marcos Cordeiro

Marcos Cordeiro

Na segunda bateria, Douglas Parise, recuperado volta com tudo, largou em 2º, e buscou a liderança em cima de Marcos Cordeiro ainda na 1ª volta. Cordeiro se manteve em 2º e administrou o resultado que lhe daria a vitória na soma geral das duas baterias. Leonardo Sebben ocupou a 3ª colocação do início ao fim e é o novo líder da competição. Marçal Müller, que largou em 7º, chegou junto e buscou o 4º lugar na bateria final, com Dambrós em 5º. Na soma das duas baterias o resultado ficou assim: Marcos Cordeiro, Leonardo Sebben, Leonardo Dambrós e Mateus Basso.

Pódio da categoria MX Pró em Venâncio Aires

Pódio da categoria MX Pró em Venâncio Aires

“Um evento espetacular, como a muito não se via em se tratando de presença de público e organização. O empenho do Motoclube MOCVA foi fundamental para o sucesso da etapa, bem como o apoio da FENACHIM”, disse Paulo Della Flora, presidente da FGM.

Confira os resultados completos da terceira etapa do campeonato Gaúcho de MX 2012.

Categoria Estreante Importada

Categoria 50

Categoria MX3

Categoria Intermediária MX2

Categoria Intermediária MX1

Categoria MX2

Categoria 65

Categoria MX Pró Bateria 1

Categoria 85

Categoria MX4

Categoria 230

Categoria MX Feminina

Categoria MX Pró Bateria 2

Resultado Geral MX Pró

Clique aqui e confira a classificação do Gaúcho de Motocross após três etapas

Realização: MOCVA/FENACHIM

Supervisão: FGM

O campeonato Gaúcho de Motocross 2012 tem o patrocínio master da Rinaldi, Total Distribuidora Moto Peças Ltda., IMS e Mobil, co-patrocínio da Belparts e SobreRodas e apoio da  Mecânica Zapanetti, M3Parts/Revenda Kawasaki, Farover, Vitrine da Moto, Octano Graphics, Kimoto, SSul e Artemoto.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly