GNCC 2012 – 7ª etapa – Morgantown / West Virgínia

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Ken Hill | 29 de maio de 2012 - 7:29

O Grand National Cross Country Series – GNCC 2012, voltou neste último fim de semana, 26 e 27 de maio, em Morgantown, no Estado de West Virgínia, para a disputa da sétima etapa da temporada. Na categoria XC1 Pro, a disputa segue quente entre o neozelandês Paul Whibley e Kailub Russell.

Já na XC2 Pro Lites, o líder e atual campeão Stewart Baylor Jr. se ausentou devido a uma lesão na mão, mas graças à grande quantidade de vitórias conquistadas nas primeiras etapas, sua vantagem na liderança ainda é muito confortável.

Categoria XC1 Pro

Paul Whibley e Kailub Russell chegaram nesta etapa empatados na liderança. Ambos sabiam que quem vencesse se isolaria na ponta da tabela. Na largada, Whibley ficou com os 250 dólares do prêmio do holeshot e saiu na frente, mas logo foi superado por seu conterrâneo Rory Mead, que nas primeiras voltas chegou a abrir 30 segundos de Whibley, Charlie Mullins e Russell respectivamente nesta ordem.

Paul Whibley

Paul Whibley

Kailub Russell

Kailub Russell

Além do sol e das temperaturas escaldantes da Virgínia do Oeste, o terreno pedregoso e escorregadio exigiu muito dos pilotos durante as 3 horas de bateria. Na segunda volta, Mullins enfrentou problemas mecânicos em sua moto e ficou preso na floresta durante a maioria da corrida, até que os oficiais do circuito o socorreram de volta para os boxes.

Pódio da categoria XC1 Pro em Morgantown

Pódio da categoria XC1 Pro em Morgantown

A partir da segunda metade da bateria, Whibley e Russell despacharam Mead e iniciaram a batalha pela vitória. A disputa durou até a última volta, quando Whibley realizou o ataque final e garantiu a vitória. Mead completou o pódio em terceiro, Thad Duvall foi o quarto e Takeshi Koikeda completou os cinco primeiros. No campeonato, Whibley desempatou e agora está cinco pontos na frente de Russell. Mullins é o terceiro, Mead o quarto e Duvall fecha os cinco primeiros.

Resultado categoria XC1 Pro

  1. Paul Whibley (Yamaha)
  2. Kailub Russell (KTM)
  3. Rory Mead (KTM)
  4. Thad DuVall (Honda)
  5. Takeshi Koikeda (KTM)
  6. Garrett Edmisten (Kawasaki)
  7. Jordan Ashburn (Yamaha)
  8. Chris Bach (Yamaha)
  9. Jesse Groemm (KTM)
  10. Nathan Kanney (Honda)

Classificação categoria XC1 Pro após sete etapas

  1. Paul Whibley (177 pontos/2 vitórias)
  2. Kailub Russell (172/4 vitórias)
  3. Charlie Mullins (129)
  4. Rory Mead (126/1 vitória)
  5. Thad DuVall (115)
  6. Jordan Ashburn (103)
  7. Garrett Edmisten (93)
  8. Chris Bach (92)
  9. Cory Buttrick (77)
  10. Nathan Kanney (76)

Categoria XC2 Pro Lites

Atual campeão e líder do campeonato, Stewart Baylor Jr se ausentou desta etapa devido a uma lesão na mão. Apesar disso, ainda é líder isolado do campeonato com uma confortável vantagem de pontos, graças à grande quantidade de etapas vencidas no início da competição.

Andrew DeLong aproveitou para conquistar sua segunda vitória no campeonato. Jason Thomas foi o segundo e Jesse Robinson completou o pódio na terceira posição. Jedediah Haines finalizou em quarto e AJ Stewart completou os cinco primeiros.

Pódio da categoria XC1 Pro Lites em Morgantown

Pódio da categoria XC1 Pro Lites em Morgantown

Os 100 dólares do holeshot ficaram com o piloto Brad Bakken. No campeonato, Baylor ainda lidera com 18 pontos de vantagem sobre Thomas. Robinson é o terceiro, DeLong o quarto e Haines fecha os cinco primeiros.

Resultado categoria XC2 Pro Lites

  1. Andrew DeLong (Husqvarna)
  2. Jason Thomas (KTM)
  3. Jesse Robinson (Husaberg)
  4. Jedediah Haines (Yamaha)
  5. AJ Stewart (Yamaha)
  6. Ryan Lojak (Yamaha)
  7. Michael McGinnis (KTM)
  8. Zach Nolan (KTM)
  9. Brad Bakken (Yamaha)
  10. Lucas Statom (Yamaha)

Classificação XC2 Pro Lites após sete etapas

  1. Steward Baylor Jr. (161 pontos/5 vitórias)
  2. Jason Thomas (143)
  3. Jesse Robinson (132)
  4. Andrew DeLong (123/2 vitórias)
  5. Jedediah Haines (119)
  6. Brad Bakken (97)
  7. AJ Stewart (79)
  8. Cody Gragg (74)
  9. Scott Grills (70)
  10. Michael McGinnis (66)

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly