Colorado garantiu a festa do Rondoniense de Velocross

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 30 de maio de 2012 - 7:32

Numa pista das mais bem desenhada e bastante técnica, onde as motos andavam no limite da velocidade, o público de Colorado do Oeste vibrou muito com o show proporcionado pelos mais de 80 pilotos inscritos nas cinco distintas categorias disputadas na segunda etapa do campeonato Rondoniense de Velocross 2012.

O evento ocorrido no último fim de semana, 26 e 27 de maio, que levou um público estimando em mais de seis mil pessoas ao motodromo municipal, foi mais uma promoção e realização da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR em parceria com a Prefeitura de Colorado do Oeste. Entre as autoridades presentes, prestigiaram a prova, o deputado federal Natam Donadon, deputado estadual Luizinho Goebel, prefeito Anedino Carlos Pereira Junior de Colorado e secretário municipal de esportes Marcos César Naue.

Largada é um dos momentos emocionantes do VX

Largada é um dos momentos emocionantes do VX

Mostrando excelente performance na pista, os pilotos Cléber Júnio # 4 (Localiza Cacoal/JM Motores/Eletro Motores), de Cacoal, Claudio Barbizan # 12 (Moto Sport (de Vilhena), Jean Antônio # 43 (LG Auto Socorro), de Vilhena, Flávio Pereira # 18 (Rodar Motos/Reti-Motores), de Santa Luzia, Victor Carlos # 4 (Posto Fórmula-1/Expresso Cacoal), de Cacoal e Diego Henning # 191 (Mastter Racing/Saga Veículos/ColorPress), de Porto Velho, foram os vencedores da prova do fim de semana nas categorias 100cc, VX4, VX3, 150cc, Força Livre Nacional e VX Especial para Motos Importadas, respectivamente.

Na 100 Cléber venceu duelo ferrenho com Verdinho
Líder da categoria 100cc e mostrando estar preparado para a briga direto pelo título estadual, o piloto cacoalense Cléber Júnior # 4 (Locazila Cacoal/JM Motores/Eletro Motores Líder), mostrou experiência e força para garantir o lugar mais alto do pódio pela segunda vê consecutiva ao vencer duelo difícil com Wellington Fernandes, o “Verdinho” # 68 (Dakar Motos/Credi-Fácil), da cidade de Colorado do Oeste. Empurrado pela torcida presente na festa, Verdinho começou bem, vencendo a primeira bateria de ponta a ponta, com Cléber Júnior na sua cola. Já na segunda bateria, Cléber fez uma excelente largada, disparou na ponta, com Verdinho não repetindo a mesma atuação da bateria inicial, mas buscando se recuperar e passando a pressionar o líder toda a corrida. Já nas últimas voltas, após administrar bem a ponta da fila, Cléber tranqüilizou quando Verdinho teve o pneu traseiro de moto furado, perdendo contato com o líder Cléber Júnior. Marcelo de Sá # 18, de Santa Luzia, Maicom Douglas # 35 de Chupinguaia e Ozias Viera # 5 de Rolim completaram os cinco primeiros  colocados.

Cléber Júnior

Cléber Júnior

Barbizan foi o mais rápido entre os veteranos da VX4
Entre os quase vinte participantes da categoria VX4 criada para os pilotos com idade acima dos 41 anos, Claudio Barbizan # 12 (Moto Sport), da cidade de Vilhena mostrou toda a sua técnica, força e experiência para vencer as duas baterias e entrar na briga pelo título de campeão da temporada. Após não se acertar muito bem com sua máquina na etapa de abertura, disputa em Rolim de Moura, Claudio Barbizan conseguiu entrar a calibragem da máquina e mantendo um ritmo bastante intenso, fez ótima largada e soube segurar a dianteira durante toda a prova. Sérgio Luiz $ 33 (Masari Posto Modelo), de Rolim de Moura foi o segundo colocado em ambas as categorias, a frente de Amarildo José # 2 (Nikima Motos), de Espigão do Oeste e de Itanel Vitorino $ 41 (Vaccari Veículos/Faz. Furna), de Cacoal. Carlos Cruz, o “Iluminado”, # 37, vencedor da etapa anterior, somente conseguiu garantir o quinto melhor tempo.

Pódio da categoria VX4

Pódio da categoria VX4

Jean surpreendeu e venceu líder Canele na VX3
Correndo juntos aos pilotos da VX4, a categoria VX3, também da extinta Sênior, mas voltada para a participação de pilotos na faixa etária dos 35 aos 40 anos, foi marcada por grandes pegas, principalmente entre os pilotos Vandinei Correa # 88 (posto Pit Stop), de Pimenta Bueno, Agnaldo Feliciano o “piriquito” # 5 de Espigão do Oeste, Jefferson Lins, o “Pastor Jefferson”, também de Espigão, além do piloto da casa – Osmar Canale # 68 (Star Motos Colorado), atual campeão da Sênior e que corria com apoio do público coloradense. No entanto, a surpresa ficou por conta do vilhenense Jean Antônio # 43, que ignorando a briga direta dos adversários, andou num ritmo bastante forte, garantiu um terceiro lugar na bateria inicial vencida por Canale, mas venceu a bateria seguinte e na soma dos resultados garantindo pela primeira vez o ponto mais alto do pódio. Osmar Canale que não foi bem na segunda bateria, sentindo a responsabilidade de vencer em casa, errou e foi apenas o segundo colocado na classificação geral da prova.

Jean Antônio

Jean Antônio

Regularidade garante vitória de Flavio Pereira na 150
Na disputa da categoria com o maior número de tombos no fim de semana, o piloto Flávio Pereira # 18 Rodar Motos/Reti-Motos), de Santa Luzia do Oeste manteve a regularidade e um ritmo intenso para vencer com folga as duas baterias e assumir a liderança da 150cc na temporada. A prova de Colorado do Oeste não foi boa para o adversário direto de Flavinho na categoria, Josemar Finotti # 444, de Cacoal, que sofreu fratura no punho ainda no início da primeira bateria. Sem Finotti no páreo, Flavinho fez um duelo a parte com Juliano Correa, o “Ligeirinho” # 22 (Construmaq/JS Cobranças), de Espigão do Oeste. Ligeirinho foi bem nas largadas, mas não resistiu a pressão de Flávio Pereira, que andou forte e soube aguardar a hora certa para assumir e frente e vencer as duas baterias. Vencedor da etapa de Rolim de Moura, Josemar Finotti liderava o campeonato e após cravar o melhor tempo nos treinos cronometrados, acabou envolvido em acidente ainda na largada da primeira bateria, vindo a fraturar o punho esquerdo. Josemar deve ficar longe das pistas por cerca de 60 dias, o que o afasta da briga pelo título da temporada.

Flávio Pereira

Flávio Pereira

Na disputa mais acirrada, Vitim venceu a Força Livre
Um dos pontos alto da prova do último fim de semana na cidade de Colorado do Oeste foi marcada pela disputa da categoria Força Livre Nacional, onde os pilotos Victor Carlos # 4 (Posto Fórmula-1/Expresso Cacoal), de Cacoal, Riderson Carlos # 80 (Mastter Moto/Rondosul/ColorPress), de Rio Branco-AC, Patrick de Brito # 777 (Voldiésel/Comercial Mariano), de Vilhena, Maycon dos Santos # 22 (Mecânica Brutos), de Vilhena, Marcos César # 2 (Orleans/Imobiliária Ideal), também de Vilhena e Fábio Knack # 7 (Knack Motos), de Seringueiras), travando duelos ferrenhos, todos andando num ritmo bastante forte e numa constante troca de liderança. Com estilos irreverentes de pilotar, sempre acelerando forte, desafiando os perigos, os seis primeiros colocados, levantaram o público presente no motodromo municipal. Victor Carlos venceu as duas baterias, enquanto Patrick de Brito e Maycon dos Santos se revezaram na vice liderança. A exemplo da primeira bateria, também na segunda, após uma sequencia de tombos e troca de posições no pelotão da frente, Vitim assume a liderança para vencer. Riderson, que chegou a perder o traçado algumas vezes, fez uma prova de recuperação e já na última curva ao tentar roubar a segunda posição de Patrick, Riderson errou o bote e acabou caindo, perdendo assim várias posições.

Victor Carlos

Victor Carlos

Henning voô baixo na pista de Colorado para vencer na VX Importadas
Fechando a prova da 2ª Etapa do Estadual de Velocross, a cidade de Colorado do Oeste foi palco ainda de um grande show do jovem Diego Henning # 191 (Mastter Racing/Honda/Saga/ColorPress), de Porto Velho. Aos 16 anos, Dieguinho, terceiro colocado no Estadual de Motocross faz este ano a sua primeira temporada na modalidade de VX, onde vem sendo uma das grandes atrações. Arrojado no estilo de pilotar e extremamente carismático, Diego Henning cativa a simpatia do público a cada prova disputada. Na etapa de Colorado, a categoria VX Importadas começou com Diego Ferrari # 961 (Decar/Ceará Motos), de Espigão do Oeste fazendo os melhores tempos nas sessões de treinos livres e cronometrados. Contudo, na primeira bateria, Ferrari não conseguiu imprimir o seu bom ritmo, perdendo espaços para Walcenir Montes, o “Leitão” # 102 (Retifica Retirama) e para Felipe Carvalho # 122 (Canopus Motos/Honda), ambos de Rolim de Moura. A segunda bateria foi ainda pior para o piloto de espigão. Por outro lado, o xará – Diego Henning não quis saber e acelerou forte, vencendo com folga as duas baterias, para disparar na liderança do estadual. Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop) e Evandro Bucioli # 27 (Dep. Lebão/Kaká Posto de Motos/Kawasaki), de Rolim de Moura completaram o pódio da VX especial em Colorado do Oeste.

Diego Henning

Diego Henning

Para a 2ª Etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross 2012, FMR contou com a importante parceria da Prefeitura de Colorado do Oeste através da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Lazer, apoio do Governo de Rondônia, Honda, Ministério dos Esportes, senador Valdir Raupp, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputados estaduais Kaká Mendonça, Jean Oliveira, Valdivino Turuca, Neodi Carlos, Adelino Follador, Luiz Claudio, Edson Martins e Luizinho Goebel, Ciclo Cairu, Instaladora São Luiz, Lind’água, Castilho Estrutura Metálicas e Cairu Transporte.

Solenidade de abertura do evento em Colorado do Oeste

Solenidade de abertura do evento em Colorado do Oeste

Resultado da segunda etapa do Rondoniense de Velocross 2012

Categoria 100
1º – # 4 – Cléber Júnior – Cacoal
2º – # 68 – Wellington Fernandes – Colorado do Oeste
3º – # 18 – Marcelo de Sá – Santa Luzia do Oeste
4º – # 35 – Maicom Douglas – Chupinguaia
5º – # 5 – Ozias Vieira – Rolim de Moura

Categoria VX4
1º – # 12 – Claudio Barbizan – Vilhena
2º – # 33 – Sergio Luiz – Rolim de Moura
3º – # 2 – Amarildo José – Espigão do Oeste
4º – # 41 – Itanel Vitorino – Cacoal
5º – # 37 – Carlos “Iluminado” Cruz – Vilhena

Categoria VX3
1º – # 43 – Jean Antônio – Vilhena
2º – # 68 – Osmar Canale – Colorado do Oeste
3º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
4º – # 5 – Agnaldo Feliciano – Espigão do Oeste
5º – # 7 – Jefferson Lins – Espigão do Oeste

Categoria Força Livre Nacional
1º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal
2º – # 777 – Patrick de Brito – Vilhena
3º – # 22 – Maycon dos Santos – Vilhena
4º – # 80 – Riderson Carlos – Rio Branco-AC
5º – # 2 – Marcos César – Vilhena

Categoria 150
1º – # 18 – Flavio Pereira – Santa Luzia do Oeste
2º – # 22 – Juliano Correa – Espigão do Oeste
3º – # 30 – Marcelo Pablo – Alta Floresta do Oeste
4º – # 27 – Genaldo Nogueira – Santa Luzia do Oeste
5º – # 6 – Vanderlei Júnior – Rolim de Moura

Categoria VX Importada
1º – # 191 – Diego Henning – Porto Velho
2º – # 102 – Walcenir Montes “Leitão” – Rolim de Moura
3º – # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura
4º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
5º – # 27 – Evandro Bucioli – Rolim de Moura

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly