GNCC 2012 – 8ª etapa – Snowshoe / West Virgínia

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 26 de junho de 2012 - 7:37

O Grand National Cross Country Series 2012 voltou neste fim de semana, 23 e 24 de junho, para a oitava etapa da temporada, a tradicional prova de Snowshoe Mountain, no Estado da Virgínia do Oeste. Na principal categoria, a XC1 Pro, os favoritos não venceram, mas a disputa pelo título segue pegando fogo entre Kailub Russell e o líder do campeonato, o neozelandês Paul Whibley. Já na XC2 Pro Lites, o líder e atual campeão Stewart Baylor Jr. não venceu, mas graças à ‘gordura’ que fez no início do campeonato, segue com boa vantagem na pontuação.

Categoria XC1 Pro
O jovem Rory Mead mostrou que tem um talento especial nos 20 quilômetros do terreno técnico e dos obstáculos traiçoeiros da montanha de Snowshoe. Na largada, foi o atual campeão Charlie Mullins da KTM quem largou na frente, mas ainda na primeira volta Mead colocou sua KTM 300cc 2 Tempos na liderança e não olhou mais para trás. Mead chegou a abrir 2 minutos de vantagem sobre Russell, mas no final conquistou sua segunda vitória com apenas 6 segundos de vantagem.

Rory Mead

Rory Mead

Russell garantiu a segunda posição e a dobradinha da KTM. Whibley colocou sua Yamaha em terceiro lugar no pódio. Nick Fahringer da Husaberg foi o quarto e Bobby Prochnau, outra KTM, completou os cinco primeiros. Mullins segue com sua maré de azar e abandonou após sentir fortes dores em um cotovelo lesionado, resultado de um tombo sofrido em uma das etapas anteriores. Mullins planeja se recuperar de lesão e deve ficar de fora das próximas corridas, retornando apenas para as três últimas etapas do campeonato.

Com estes resultados Whibley lidera com apenas um ponto de vantagem sobre Russell. Mead é o terceiro, Mullins o quarto e Thad Duvall fecha os cinco primeiros.

Resultado categoria XC1 Pro
Rory Mead (KTM)
Kailub Russell (KTM)
Paul Whibley (Yamaha)
Nick Fahringer (Husaberg)
Bobby Prochnau (KTM)
Jordan Ashburn (Yamaha)
Takeshi Koikeda (KTM)
Chris Bach (Yamaha)
Nathan Kanney (Honda)
Garrett Edmisten (Kawasaki)

Classificação da categoria XC1 Pro após oito etapas
Paul Whibley (198 pontos / 2 vitórias)
Kailub Russell (197 / 4 vitórias)
Rory Mead (156 / 2 vitórias)
Charlie Mullins (129)
Thad DuVall (122)
Jordan Ashburn (118)
Chris Bach (105)
Garrett Edmisten (104)
Takeshi Koikeda (90)
Nathan Kanney (88)

Categoria XC2 Pro Lites
Com um desempenho estelar, Jason Thomas da Husqvarna garantiu sua primeira vitória do ano na categoria XC2 Pro Lites, mas não sem superar um grande desafio. Thomas venceu após três horas de uma dura batalha com seu companheiro de equipe, Andrew DeLong, que garantiu a segunda posição e a dobradinha. Se recuperando de uma lesão, o líder e atual campeão Stewart Baylor Jr. completou o pódio em terceiro. Jesse Robinson da Husaberg foi o quarto e Jedediah Haines da Yamaha completou os cinco primeiros.

Jason Thomas

Jason Thomas

No campeonato Baylor ainda lidera com 9 pontos de vantagem sobre Thomas. Robinson é o terceiro, DeLong o quarto e Haines fecha os cinco primeiros.

Resultado da categoria XC2 Pro Lites em Snowshoe
Jason Thomas (KTM)
Andrew DeLong (Husqvarna)
Steward Baylor (KTM)
Jesse Robinson (Husaberg)
Jedediah Haines (Yamaha)
Zach Nolan (KTM)
Ryan Echols (KTM)
AJ Stewart (Yamaha)
Ryan Lojak (Yamaha)
William Gilleland (Yamaha)

Classificação da categoria XC2 Pro Lites após oito etapas
Steward Baylor Jr. (182 pontos / 5 vitórias)
Jason Thomas (173 / 1 vitória)
Jesse Robinson (132)
Andrew DeLong (123 / 2 vitórias)
Jedediah Haines (136)
Brad Bakken (116)
AJ Stewart (93)
Cody Gragg (82)
Scott Grills (80)
Zach Nolan (75)

Compartilhe este conteúdo

Comentários

moacirfausto disse:

perdemos marronzinho

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly