Nacional de Enduro de Regularidade é no fim de semana

Por Rafael Domingos | Foto por Divulgação | 28 de junho de 2012 - 8:05

Acontece neste final de semana a etapa Transbahia, Bahia, do campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade 2012. Serão realizadas a 10ª, 11ª e 12ª etapa da temporada desta categoria off Road, com a largada na sexta-feira (29) em Salvador em direção à Feira de Santana. No sábado (30), o destino será Alagoinhas, e no dia seguinte, a finalização da competição se dará na Linha Verde em Costa do Sauípe, que culmina com a entrega de troféus para os vencedores.

Esta é a segunda vez que a prova é realizada desta maneira no estado da Bahia. A disputa terá validade para motos e quadriciclos e definirá os campeões para carros na modalidade, encerrando brasileiro de rally de regularidade do nordeste.

“Provas como esta, que passa por mais de uma cidade, são difíceis, ainda mais no estado da Bahia, onde o terreno é bem variável. Uma hora o terreno é mais arenoso, ou muito seco, enfim não tem um padrão como as provas que começam em uma cidade e terminam nela mesmo”, explica o diretor da modalidade, Alfredo Miranda. As provas tem a supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Para José Carlos Conceição, conhecido como Zé do Rádio, idealizador do evento, a competição na região baiana tem grande importância, pois possibilita a visibilidade da cultura local, assim como, a movimentação de toda economia das cidades, redes hoteleiras, restaurantes e todo comércio que estão situados no percurso. “O roteiro é uma das novidades, pois nunca houve um rally na Bahia com três dias de competição e muito menos passando nas cidades escolhidas” afirma Conceição.

O Roteiro completo desta edição:

O roteiro da segunda edição do Rally Transbahia tem um formato bastante elogiado pelos participantes, aonde a largada será novamente na capital baiana, porém o destino será totalmente diferente da primeira edição que teve o sul do estado como ponto de chegada. Nesta edição teremos o litoral norte como destino no complexo turístico da Costa de Sauipe.

Primeiro dia: 29 de Junho (Sexta feira)

Salvador – Feira De Santana

Será a primeira pernoite no interior do estado na segunda maior cidade baiana que tem cerca de 675 mil habitantes e que fica a 107 km de distância da capital pela rodovia BR 324, Feira de Santana que tem o titulo de maior entroncamento rodoviário do Brasil.

Com esse roteiro o primeiro dia terá uma quilometragem bem menor do que a do primeiro dia da primeira edição, facilitando bastante a logística de todos competidores e de suas equipes de apoio.

A previsão e para que tenhamos cerca de 200 km de prova neste primeiro dia e consequentemente teremos um tempo bem menor, assim que for concluído o levantamento estaremos informando a quilometragem total.

Segundo dia: 30 De Junho (Sábado)

Feira De Santana – Alagoinhas

A segunda pernoite será na cidade de Alagoinhas, com cerca de 145 mil habitantes e que fica a 80km de Feira de Santana e a 122 km da capital baiana. Seu nome se deve aos rios Sauipe, Catu, Subauma e Quirico, as lagoas e córregos existentes na região.

Essa cidade também foi escolhida estrategicamente pela qualidade das trilhas e por ser mais um dia que o apoio de cada equipe será bem facilitado e o tamanho da prova, neste segundo dia, também esta com a previsão de um limite de 200km de distância.

Terceiro dia: 01 De Julho – (Domingo)

Alagoinhas – Costa Do Sauipe

A chegada da prova será no litoral norte do estado, na paradisíaca Linha Verde, no Complexo Turístico de Costa do Sauipe, um mega complexo que ocupa uma aera de 176 hectares e oferece cinco resorts, seis pousadas, campo de golfe, 15 quadras de tenis, area de lazer com piscinas, lojas, bares, restaurantes, etc.

Fica a 107km da capital, ou seja, chegaremos a pouco mais de 100km do ponto de largada e próximo ao aeroporto da capital que facilitará e muito o retorno de todos que vierem de outros estados.

Com esse roteiro teremos uma prova que sairá do litoral na capital, passando pelo interior do estado e chegando no litoral norte a cerca de 105 km do local da largada da prova e a aproximadamente 60 km do aeroporto, formando assim um roteiro em forma de “U” que nos oferece uma grande variedade de terrenos que nos permitira montar uma planilha técnica e ao mesmo uma melhor logística para todos participantes e suas equipes de apoio.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly