Foto do Dia Mundocross

Por Divulgação | Foto por Divulgação | 05 de agosto de 2012 - 23:00

Vindo da liderança do classificatório, o curitibano Jean Ramos foi quem fez o holeshot das duas baterias da MX Pró. Disparado na frente da primeira prova da categoria, o piloto saiu seguido do conterrâneo Leandro Silva, do inglês Adam Chatfield e do venezuelano Humberto Martin. O espanhol Carlos Campano não largou bem, mas logo chegou para disputar as primeiras posições. Na prova de estreia, Campano ultrapassou um a um e chegou com facilidade na 2ª posição disputando a liderança. O “japonês voador” Eduardo Saçaki, que retornou oficialmente às corridas na etapa de abertura, mas não concluiu a prova. A 2ª bateria da MX Pró fechou a noite com a prova mais emocionante. Novamente Jean Ramos partiu para a liderança com um ritmo agressivo. Leandro Silva começou bem em 2º, e Adam Chatfield e Rafael Zenni nas 3ª e 4ª posições. O espanhol Campano quase caiu, mas se recuperou e chegou ao líder, andando lado a lado. O público vibrou nas arquibancadas com a disputa, mas mesmo com o apoio da torcida Jean não resistiu a pressão de Campano. O espanhol vinha para levar a bandeirada quando desacelerou e desavisado, Adam Chatfild o ultrapassou praticamente na linha de chegada e levou antes a bandeira quadriculada. A corrida terminou com o inglês no alto do pódio, Carlos Campano em 2º e Jean Ramos completando. “Eu vinha num ritmo forte quando vi o Campano na última curva. Aquela era minha última chance de ultrapassá-lo e então ele desacelerou. Me superei até passar para levar a bandeirada”, conta Chatfield. Na soma das duas baterias o inglês levou novamente a vitória, com 35 pontos. Jean Ramos empatou com Chatfield, mas no critério de desempate o vencedor da 2ª corrida leva a vantagem. Carlos Campano ficou em 3º, com 34 pontos.

Adam Chatfield e Carlos Campano

Adam Chatfield e Carlos Campano

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly