AMA Motocross 2012 – 10ª etapa – Unadilla

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 19 de agosto de 2012 - 20:57

O AMA Motocross 2012 desembarcou neste sábado na pista de Unadilla Motorsports, em New Berlin, no Estado de New York, no circuito que é considerado o berço do Motocross norte-americano. Com a temporada se aproximando de sua conclusão, dá para se ter uma ideia do quão rápido o campeonato passou.

Em Unadilla a história ganhou novos capítulos, com Ryan Dungey conquistando para a KTM seu primeiro título profissional no Motocross americano, e o francês Marvin Musquin vencendo o primeiro overall de sua carreira no AMA Motocross. Confira abaixo o que rolou sábado, 18 de agosto, em Unadilla.

Categoria 450

Na primeira bateria o australiano Michael Byrne fez o holeshot e saiu na frente, seguido por Jake Weimer em segundo e James Stewart em terceiro. O líder do campeonato Ryan Dungey largou na sétima posição. Depois de assumir a liderança no início da primeira volta, Stewart caiu e despencou para a décima segunda posição.

James Stewart

James Stewart

Jake Weimer aproveitou a falha de Bubba e assumiu a liderança, mas sua alegria não durou muito tempo. Byrne recuperou a primeira posição depois que Weimer caiu e abandonou a bateria. Na nona volta Stewart caiu de novo. Duas voltas depois Broc Tickle assumiu a liderança após Byrne abandonar a bateria com o tornozelo machucado.

Mike Alessi

Mike Alessi

Na décima quinta volta Dungey assumiu a liderança ao ultrapassar Tickle e permaneceu nela até a bandeira quadriculada, garantindo mais uma vitória. Tickle garantiu a segunda posição, Millsaps foi o terceiro, Andrew Short o quarto e Josh Grant completou os cinco primeiros.

Michael Byrne

Michael Byrne

Na segunda bateria Short fez o holeshot e saiu na frente, seguido por Millsaps em segundo, Dungey em terceiro, Mike Alessi em quarto, Stewart em quinto e Tickle em sexto. Dungey assumiu a liderança na terceira volta. Na quinta volta, quando ocupava a terceira posição, Bubba caiu e abandonou a bateria.

Broc Tickle e Ryan Dungey

Broc Tickle e Ryan Dungey

Dungey novamente permaneceu na liderança até a bandeira quadriculada, conquistando a vitória e o título por antecipação. É o segundo AMA Motocross que ele conquista em apenas três anos. Foi também o primeiro título da história da KTM no AMA Motocross. Voltando ao resultado da corrida, Alessi foi o segundo, Short o terceiro, Tickle o quarto e Millsaps completou os cinco primeiros.

Dungey recebendo a placa do pit stop que era campeão 2012

Dungey recebendo a placa do pit stop que era campeão 2012

No overall, vitória de Dungey, com Tickle em segundo e Short completando o pódio na terceira posição. Millsaps foi o quarto e Grant completou os cinco primeiros. No campeonato a vantagem de Dungey sobre o vice-líder Alessi chegou aos 113 pontos, sendo que restam duas etapas e quatro baterias e o máximo que um piloto pode atingir são 100 pontos. Short é o terceiro, Tickle o quarto e Weimer fecha os cinco primeiros.

Ryan Dungey é o campeão do AMA Motocross 450 2012

Ryan Dungey é o campeão do AMA Motocross 450 2012

Resultado da etapa de Unadilla na categoria 450
1. Ryan Dungey (KTM)
2. Broc Tickle (Kawasaki)
3. Andrew Short (Honda)
4. Davi Millsaps (Yamaha)
5. Josh Grant (Kawasaki)
6. Nico Izzi (Yamaha)
7. Tyla Rattray (Kawasaki)
8. Phil Nicoletti (Honda)
9. Kyle Chisholm (Kawasaki)
10. Mike Alessi (Suzuki)
11. Robert Kiniry (Yamaha)
12. Justin Brayton (Honda)
13. Vince Friese (Suzuki)
14. Austin Howell (Suzuki)
15. James Stewart (Suzuki)
16. Ben LaMay (Yamaha)
17. Robert Marshall (KTM)
18. Kyle Regal (Yamaha)
19. Derek Anderson (Kawasaki)
20. Jesse Wentland (KTM)

Classificação da categoria 450 após dez etapas
1. Ryan Dungey (480 pontos/8 vitórias / Campeão)
2. Mike Alessi (367)
3. Andrew Short (311)
4. Jake Weimer (293)
5. Broc Tickle (293)
6. Josh Grant (226)
7. Justin Brayton (202)
8. Kyle Chisholm (182)
9. James Stewart (163 / 2 vitórias)
10. Davi Millsaps (150)

Categoria 250

Depois de fazer sua estreia profissional na semana passada, Zach Bell fez o holeshot e saiu na frente na primeira bateria da categoria 250cc, seguido pelo líder do campeonato Blake Baggett em segundo, Justin Bogle em terceiro e os estrangeiros da KTM, o alemão Ken Roczen em quarto e o francês Marvin Musquin em quinto.

Zach Bell

Zach Bell

Roczen assumiu a segunda posição após Baggett cometer um erro ainda na primeira volta. Em seguida, Roczen assumiu a liderança após Bell cair na terceira volta. Uma vez na liderança, o alemão permaneceu nela até a bandeira quadriculada. Musquin foi o segundo, Baggett o terceiro, Blake Wharton o quarto e Jason Anderson completou os cinco primeiros.

Kenny Roczen

Kenny Roczen

Na segunda bateria Justin Barcia fez o holeshot e saiu na frente, seguido por Bogle em segundo, Bell em terceiro, Musquin em quarto, Eli Tomac em quinto e Will Hahn em sexto. Barcia liderou os doze minutos iniciais da bateria, quando foi superado por seu companheiro de equipe, Tomac. Depois de assumir a liderança, Tomac permaneceu nela até a bandeira quadriculada. Barcia foi o segundo, Musquin o terceiro, Bogle o quarto e Baggett completou os cinco primeiros.

Eli Tomac

Eli Tomac

No overall domínio laranja, com Musquin vencendo o primeiro overall de sua carreira no AMA Motocross. Esta é também a primeira vez que a KTM vence o overall das categorias 450cc e 250cc numa mesma etapa do AMA Motocross. Voltando ao overall, Tomac foi o segundo e Roczen completou o pódio na terceira posição. Barcia foi o quarto e Baggett completou os cinco primeiros.

Marvin Musquin

Marvin Musquin

No campeonato, Baggett tem 24 pontos de vantagem sobre Barcia. Tomac é o terceiro, Roczen o quarto e Musquin fecha os cinco primeiros.

Resultado da etapa de Unadilla na categoria 250
1. Marvin Musquin (KTM)
2. Eli Tomac (Honda)
3. Ken Roczen (KTM)
4. Justin Barcia (Honda)
5. Blake Baggett (Kawasaki)
6. Justin Bogle (Honda)
7. Wil Hahn (Honda)
8. Jason Anderson (Suzuki)
9. Martin Davalos (Suzuki)
10. Jessy Nelson (Honda)
11. Blake Wharton (Suzuki)
12. Jake Canada (Honda)
13. Malcolm Stewart (KTM)
14. Zach Bell (Honda)
15. Travis Baker (Honda)
16. Cole Thompson (Yamaha)
17. Ryan Sipes (Yamaha)
18. Alex Martin (Honda)
19. Dakota Tedder (Kawasaki)
20. Jacob Hayes (KTM)

Classificação da categoria 250 após dez etapas
1. Blake Baggett (436 pontos / 4 vitórias)
2. Justin Barcia (412 / 2 vitórias)
3. Eli Tomac (408 / 3 vitórias)
4. Ken Roczen (385)
5. Marvin Musquin (336 / 1 vitória)
6. Wil Hahn (255)
7. Blake Wharton (215)
8. Jason Anderson (206)
9. Jessy Nelson (189)
10. Travis Baker (168)

Etapas restantes do AMA Motocross 2012
Décima Primeira Etapa – 1º de setembro – Steel City Raceway – Delmont / Pensilvânia
Décima Segunda Etapa – 8 de setembro – Lake Elsinore MX Park – Lake Elsinore / Califórnia

Etapa restante do WMX Motocross 2012
Oitava Etapa – 8 de setembro – Lake Elsinore MX Park – Lake Elsinore / Califórnia

Confira como foram as anteriores do AMA Motocross 2012
Primeira Etapa – 19 de maio – Hangtown MX Classic – Praire City / Califórnia
Segunda Etapa – 26 de maio – Freestone – Wortham / Texas
Terceira Etapa – 2 de junho – Thunder Valley – Lakewood / Colorado
Quarta Etapa – 9 de junho – High Point – Mt. Morris / Pensilvânia
Quinta Etapa – 16 de junho – Budds Creek – Mechanicsville / Maryland
Sexta Etapa – 7 de julho – RedBud – Buchanan / Michigan
Sétima Etapa – 14 de julho – Spring Creek – Millville / Minnesota
Oitava Etapa – 21 de julho – Washougal – Washougal / Washington
Nona Etapa – 11 de agosto – Motocross 338 – Southwick / Massachusetts

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly