A caminho do Japão, Zanol prestigia o Independência

Por Mundo Press Assessoria | Foto por Divulgação | 05 de setembro de 2012 - 9:59

Felipe Zanol está contando os dias para uma das mais importantes viagens de sua carreira. Na manhã do próximo sábado, dia 8 de setembro, ele embarca para o Japão com o objetivo de colaborar com projeto pioneiro da Honda, o qual visa o Rally Dakar 2013. Porém, antes disso, ele irá prestigiar o Enduro da Independência, o principal evento de enduro de regularidade do país. Zanol confirmou presença nos dois primeiros dias da prova, ou seja, ele estará em ação nesta quarta e quinta-feira passando por Belo Horizonte e Nova Lima, em Minas Gerais.

A prova inclui quatro dias no total, passando ainda por Mariana na sexta-feira, sendo que a chegada será no sábado em Sabará. “Infelizmente o Independência coincidiu com a viagem para o Japão, mas faço questão de disputar os dois primeiros dias para prestigiar o evento e dar mais visibilidade aos meus patrocinadores”, explicou Zanol, prometendo empenho máximo.

“O percurso dos dois primeiros dias passa por trilhas na região metropolitana de Belo Horizonte, andei muito por lá. Espero fazer resultados consistentes”, continuou o piloto. Ele tem pela frente 290 quilômetros, sendo que os quatro dias de prova totalizam 596 km.

Felipe Zanol

Felipe Zanol

Zanol acaba de conquistar um importante título, o do Rally dos Sertões, e aposta em uma rápida adaptação. “Não tive tempo de treinar com moto de enduro, mas possuo bastante experiência com o equipamento e o rali estimula a navegação e a planilha. São modalidades diferentes, mas espero me adaptar rapidamente.”

Rumo ao Japão – Felipe Zanol ficará uma semana no Japão. “Faremos reuniões e testes tendo como objetivo principal a participação no Rally Dakar 2013. Além disso, traçaremos estratégias e faremos meus ajustes pessoais no equipamento para a disputa do Rally do Marrocos, em outubro”, contou o piloto.

“Estou muito ansioso para conhecer ao máximo e de perto o projeto, que prevê a criação de um protótipo para o Dakar. É o sonho de qualquer piloto ajudar uma fábrica como a Honda no desenvolvimento de uma moto, estou bastante animado”, concluiu.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly