Disputas por títulos serão fortes no Brasileiro de MX

Por Assessoria de Imprensa da CBM | 06 de setembro de 2012 - 17:59

As disputas da oitava etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2012 prometem ser eletrizantes. Essa deve ser uma das corridas mais cheias do ano. São esperados pelo menos 200 pilotos em Dourados, no Mato Grosso do Sul. Das seis categorias normais da modalidade no campeonato, três já foram definidas durante a etapa realizada em Anchieta, Espírito Santo, nos dias 11 e 12 de agosto.

Milton Becker, o Chumbinho, sagrou-se campeão na categoria MX3.  O piloto Gustavo Pessoa não ficou para trás e repetiu o feito na 180. Na 65, Arthur Todeschini, o Thui, também já garantiu o título.

Mas nas outras categorias a disputa está apertada. Na 150 apenas nove pontos separam o líder, Enzo Lopes, do segundo colocado Fabio Aparecido dos Santos, o Fabinho, que fez uma excelente prova de recuperação na sétima etapa.

Na categoria MX2 a vantagem é um pouco maior. O líder Hector Assunção soma no campeonato 269 pontos, 18 a mais que Dudu Lima. “Não tem nada definido. A última etapa vai ser decisiva e a gente vai pra brigar pelo título”, afirma Dudu.

A disputa mais esperada será quando os pilotos da categoria MX1 entrarem na pista. Apenas sete pontos separam Carlos Campano de Adam Chatfield. O espanhol é o líder com 300 pontos, mas o inglês vem logo em seguida com 293.

Os brasileiros Jorge Balbi Jr. e Leandro Nunes aparecem na briga pela terceira colocação. O piloto da #1 leva uma vantagem de apenas cinco pontos sobre o adversário.

Além da expectativa da definição dos campeões brasileiros, a última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross terá novidades. Além das categorias tradicionais: MX1, MX2, MX3, 65cc, 150cc e 180 Jr., a competição terá uma etapa única de quatro categorias: MXF (feminino), 230 Nacional, 50cc A e B e MX4 (acima de 40 anos).

A oitava etapa do Brasileiro de Motocross será realizada amanhã, sábado e domingo, no motódromo municipal Rafael Bianchi, o “Faé”, em Dourados, anexo ao estádio Douradão. Confira o local no mapa. O valor dos ingressos será: R$10,00 e R$5,00 a meia-entrada. O ingresso será válido para todos os dias de competição.

Esta etapa da competição é realizada pela FEMEMS (Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul) e tem apoio da Fundação de Esportes de Dourados e da Fundesporte (Fundação de Esporte de MS). O Campeonato Brasileiro de Motocross é organizado pela CBM, e tem o patrocínio da Rinaldi, X Motos, Lubrax – Petrobras, Honda, Yamaha, ASW Racing e OGIO.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly