Resultados de sábado do Brasileiro de MX em Dourados

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 08 de setembro de 2012 - 18:58

O piloto Milton Becker, o ‘Chumbinho’, conquistou o seu 13º título Brasileiro de Motocross ao vencer neste sábado, 8 de setembro, o campeonato Brasileiro na categoria MX4. Ao todo Chumbinho possui 18 títulos nacionais, sendo que os outros cinco são no Supercross, Ultracross e Superliga. A corrida foi disputada em etapa única em Dourados, Mato Grosso do Sul, juntamente com a etapa final do Brasileiro de Motocross Pró. Chumbinho já havia garantido o título antecipado da categoria MX3, durante a sétima etapa realizada em Anchieta, no Espírito Santo.

Chumbinho largou atrás de Wellington Valadares, sendo que por algumas voltas o piloto da moto #22 se manteve na ponta. Em uma das voltas, os dois se tocaram no salto da chegada e Chumbinho saiu da pista, perdendo um pouco de tempo.

Mas não foi necessária nem uma volta para Chumbinho aparecer na frente. Em uma curva, Chumbinho conseguiu a ultrapassagem que garantiu a vitória e mais um título para o piloto. “Acredito que esse ano vitorioso é resultado de muito trabalho. Ganhar na categoria MX3 e na MX4 é um estímulo para continuar por mais um tempo competindo no Motocross, pois é o que eu adoro fazer”, disse Chumbinho.

Pódio da categoria MX4 em Dourados

Pódio da categoria MX4 em Dourados

 

Categoria MX3

Champagne em dose dupla para Chumbinho. Quem viu o piloto no lugar mais alto do pódio teve a impressão de que era o primeiro título do piloto por causa da comemoração. O piloto venceu duas provas nesse sábado, 8 de setembro, na ultima etapa do campeonato Brasileiro de Motocross. Chumbinho subiu no lugar mais alto do pódio nas categorias MX3 e MX4.

Na MX3, Chumbinho já havia garantido o título durante a sétima etapa, realizada em Anchieta, mas nem por isso o piloto deixou de andar na frente dos adversários. Milton ‘Chumbinho’ Becker liderou de ponta a ponta. O piloto cruzou a linha de chegada com uma vantagem de mais de 37 segundos sobre o segundo colocado, Wellington Valadares. Nielsen Bueno, que participou recentemente do Rally dos Sertões fez uma bela apresentação.

Pódio da categoria MX4 em Dourados

Pódio da categoria MX4 em Dourados

 

Categorias 50 A / B

Os garotos que correram nas categorias 50 A e B nesta última etapa do Brasileiro de Motocross, em Dourados, mostraram que já estão firmes no Motocross. A categoria A foi para pilotos entre 4 e 6 anos, e a B, de 7 a 9 anos. O piloto da B, Rafael Ribeiro Araujo, #99 logo no início da corrida assumiu a liderança, sendo que o piloto #77 Carlos Eduardo Barros, até pressionou, mas acabou terminando a prova em segundo, três segundos atrás Rafael. Gabriel Andrigo ficou em 3º lugar. Na categoria A, Garmichel Giehl garantiu a primeira posição. Em segundo ficou Lucas Simão e em terceiro Jhamys Cauan.

Pódio da categoria 50 B em Dourados

Pódio da categoria 50 B em Dourados

Pódio da categoria 50 A em Dourados

Pódio da categoria 50 A em Dourados

 

Categoria 65

Mesmo já tendo conquistado o título na categoria 65 do Brasileiro de Motocross na sétima etapa do campeonato em Anchieta, o piloto Arthur ‘Thui’ Todeschini participou da última etapa da competição neste sábado. A prova começou acirrada e Thui não começou bem, mas foi reagindo ao longo da disputa, e terminou em quarto. Thiago Benner e Renato Costa disputaram a primeira posição, mas faltando dois minutos para encerrar, Renato abriu vantagem. Thiago acabou terminando a prova quase 10 segundos após Renato. Na terceira posição ficou Leonardo Cassarotti, e na quinta Márcio Chagas da Silva.

Pódio da categoria 65 em Dourados

Pódio da categoria 65 em Dourados

 

Categoria 230 Nacional

Com pista reduzida, os pilotos da categoria 230 Nacional, disputada em etapa única no campeonato Brasileiro de Motocross 2012, entraram acelerando em busca do título nacional. Quem levou a melhor foi o Carlos Eduardo, de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, que já possuía no currículo títulos em 2008 e 2010. O piloto sobrou na pista. A cada volta o piloto aumentava a vantagem para o segundo colocado e cruzou a linha de chegada em primeiro lugar.

“É uma felicidade imensa vencer e ganhar em casa tem um sabor especial”, revela Carlos Eduardo. Com a liderança garantida de ponta a ponta, a disputa ficou por conta da segunda colocação. Marcos Roberto foi ameaçado por algumas voltas por Isamel  Rojas. O piloto da # 127 acelerava para cima de Marcos, quando sofreu uma queda no triplo.  Com o acidente Ismael não perdeu posições, mas também não conseguiu pressionar o piloto da # 913, que chegou no fim em segundo lugar.

Pódio da categoria 230 Nacional em Dourados

Pódio da categoria 230 Nacional em Dourados

 

Esta etapa é uma realização da FEMEMS (Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul) e tem apoio da Fundação de Esportes de Dourados e da Fundesporte (Fundação de Esporte de MS). O Campeonato Brasileiro de Motocross é organizado pela CBM, e tem o patrocínio da Rinaldi, X Motos, Lubrax – Petrobras, Honda, Yamaha, ASW Racing e OGIO.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly