Resultados de domingo do Brasileiro de MX em Dourados

Por Assessoria de Imprensa da CBM | Fotos por Divulgação | 09 de setembro de 2012 - 22:17

A principal categoria do Motocross, a MX1, já tem um novo Campeão Brasileiro. O piloto Carlos Campano assegurou o título na oitava e última etapa do campeonato Brasileiro de Motocross 2012, realizada em Dourado, no Mato Grosso do Sul, neste feriadão, dias 7, 8 e 9 de setembro.

O piloto espanhol encerrou o campeonato com 345 pontos, 8 a mais que o segundo colocado Adam Chatfield, que somou 337. “Estou muito feliz. Fiz um campeonato com regularidade e consegui finalizar bem”, explica Campano. O brasileiro melhor colocado foi o piloto Jorge Balbi Júnior, que ficou na terceira colocação da classificação geral.

O piloto da #1 foi o campeão no ano passado e encerrou com vitória na 2ª bateria. “É muito bom encerrar com vitória. Esse ano tive muitos altos e baixos, mas nunca desistimos. Da metade do campeonato pra cá estive sempre brigando pela ponta. Isso é prova de que estou de volta e vou lutar pelo título em 2013”, afirma Balbi.

Primeira Bateria MX1

A briga pelo título da MX1 começou acirrada na 1ª bateria da categoria. O vice-líder, Adam Chatfield, que estava sete pontos atrás de Carlos Campano largou bem na primeira posição. Mas, o espanhol vinha logo atrás. Não demorou muito para o piloto da # 115 assumir a ponta e começar a abrir vantagem.

Enquanto os pilotos brigavam na frente pelo título. No pelotão de trás, Leandro Nunes, Jean Ramos e Balbi Jr., andavam muito próximos e trocavam posições. Jean Ramos ultrapassou Leandro Nunes ainda na primeira volta. Mas quem se deu melhor nessa briga foi o piloto Balbi Jr, que cruzou a linha de chegada na 3ª posição.

Segunda Bateria MX1

Adam Chatfield largou na frente. A expectativa pelo título para o inglês cresceu, já que Campano largou mal, na 6ª posição.  O piloto Balbi Jr. aparecia em segundo lugar colado na moto #407 até os 18 minutos de prova, quando assumiu a liderança.

Campano era o último do pelotão liderado por Jean Ramos e seguido por Leandro Silva. Mas a resistência dos pilotos não durou muito tempo. Campano conseguiu boas ultrapassagens e cruzou a linha de chegada em terceiro.

Clique aqui e confira os resultados completos da primeira bateria da categoria MX1

Clique aqui e confira os resultados completos da segunda bateria da categoria MX1

Clique aqui e confira a classificação final do Brasileiro de MX 2012 na categoria MX1

Pódio da categoria MX1 em Dourados

Pódio da categoria MX1 em Dourados

Equipe Monster / Geração / Yamaha comemora título na MX1

Equipe Monster / Geração / Yamaha comemora título na MX1

 

Primeira Bateria MX2

O piloto de Ponta Porã (MS), Carlos Eduardo demonstrou mais uma vez muita técnica ao vencer a 1ª bateria da MX2. O #317 que já havia vencido na categoria 230 Nacional chegou novamente na primeira posição.

Carlos Eduardo largou na frente e não deixou mais escapar a liderança. O piloto chegou a abrir 10 segundos do segundo colocado. Anderson do Amaral chegou na segunda posição.

Hector, que é líder da categoria largou na 7ª posição e estava fazendo uma prova de recuperação. Mas o vice-líder, Dudu Lima foi a ainda melhor. O piloto da #2 saiu na 12ª posição. Começou a passar os adversários acirrando ainda mais a briga pelo título. Nas últimas voltas Dudu ultrapassou Hector ficando na 4ª colocação.

Hector Assunção

Hector Assunção

Segunda Bateria MX2

Na segunda bateria Anderson do Amaral largou na frente  seguido por Sean Lipanovich, que logo sofreu uma queda e perdeu muitas posições. O piloto Carlos Eduardo começou a prova na quarta colocação, mas em pouco tempo já assumia a vice-liderança e partiu para cima do Anderson que não resistiu a pressão q acabou cedendo a liderança.

Dudu Lima e Hector que brigavam pelo título da MX2 duelaram pela quarta posição. O piloto #2 precisando de um resultado melhor para brigar pelo campeonato partiu para cima, enquanto Hector mais tranquilo só administrou a prova. O piloto cruzou a linha de chegada na 5ª colocação, mas sagrou-se o campeão brasileiro da categoria.

Clique aqui e confira os resultados completos da primeira bateria da categoria MX2

Clique aqui e confira os resultados completos da segunda bateria da categoria MX2

Clique aqui e confira a classificação final do Brasileiro de MX 2012 na categoria MX2

Carlos Eduardo Franco

Carlos Eduardo Franco

 

Categorias 150

Na categoria 150 Kioman de Jesus, #199 largou em quarto, mas em pouco tempo ultrapassou Fabinho e Enzo que estavam na primeira e segunda posição, respectivamente. Faltando 8 minutos para o final da prova Fabinho acelerou e começou uma disputa emocionante com o goiano Kioman. Nas duas últimas voltas a diferença entre os dois era menos de um segundo, e na linha de chegada mal deu para notar qual dos dois chegou primeiro. Mas, na cronometragem final Kioman venceu a prova com 23:28.825 e Fabinho chegou em segundo com 23:28.832. Enzo Lopes terminou em terceiro, colocação que permitiu que ele ficasse no lugar mais alto do pódio na colocação geral da 150 do campeonato Brasileiro de Motocross.

Clique aqui e confira os resultados completos da etapa de Dourados na categoria 150

Clique aqui e confira a classificação final do Brasileiro de Motocross 2012 na categoria 150

Pódio da categoria 150 em Dourados

Pódio da categoria 150 em Dourados

 

Categorias 180

Na categoria 180, o campeão da classificação geral já estava definido desde a penúltima etapa da competição. O piloto Gustavo Pessoa que garantiu a vitória antecipada nem correu nesta categoria. “No próximo ano quero correr na MX2, e nesta última etapa como estava com a conquista garantida, preferi correr na MX2 para ir conhecendo os pilotos e ver como é”, aponta Gustavo. Nesta última etapa Matheus Galves chega em primeiro na categoria 150cc, na sequencia aparecem Yan Machado e em terceiro Patrik Capila.

Clique aqui e confira os resultados completos da etapa de Dourados na categoria 180

Clique aqui e confira a classificação final do Brasileiro de MX 2012 na categoria 180

 

Categoria MX Feminina

As mulheres e meninas que correram na categoria MXF, neste domingo na última etapa do Brasileiro de Motocross 2012, em Dourados, mostraram que com certeza que deixam muitos marmanjos para trás. A gaúcha Maiara Basso assumiu a liderança logo no início da prova, mas a paranaense Brunna Bartz pressionou muito. Após cinco minutos de corrida, Brunna assume a primeira posição, mas sofre uma queda, e Maiara volta a liderar.

Brunna Bartz

Brunna Bartz

Após a queda de Brunna, a catarinense Janaína Todeschini ficou na segunda colocação, mas por pouco tempo. Brunna foi para cima e reconquista o segundo lugar, faltando sete minutos para o final da prova. Tempo que não foi suficiente para a Brunna passar Maiara, no entanto chegou bem perto e reduziu bastante a diferença.

Clique aqui e confira os resultados completos da etapa de Dourados na categoria MX Feminina

Clique aqui e confira a classificação final do Brasileiro de MX 2012 na categoria MX Feminina

Maiara Basso

Maiara Basso

Esta etapa da competição foi realizada pela FEMEMS (Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul) e teve apoio da Fundação de Esportes de Dourados e da Fundesporte (Fundação de Esporte de MS). O Campeonato Brasileiro de Motocross é organizado pela CBM, e tem o patrocínio da Rinaldi, X Motos, Lubrax – Petrobras, Honda, Yamaha, ASW Racing e Ogio.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly