CBM já trabalha para o Brasileiro de Motocross 2013

Por Assessoria de Imprensa da CBM | 12 de setembro de 2012 - 22:49

O Campeonato Brasileiro de Motocross 2012 chega ao fim, mas os trabalhos continuam acelerados para 2013. Na última etapa da competição, realizada em Dourados-MS, entre os dias 7 e 9 de setembro, mesmo com o sol forte e a baixa umidade relativa do ar cerca de oito mil pessoas marcaram presença no Motódromo “Faé Bianchi”, durante os três dias de evento. Isso entre público, organização, pilotos e equipes.

Os brasileiros puderam conhecer os melhores pilotos de Motocross do País, que mostraram muita técnica e profissionalismo. A cada volta a galera, que enfrentou um calor de 40 graus com umidade em torno de 15%, vibrava e sentia na pele toda a adrenalina de um dos esportes mais radicais do mundo.

O presidente da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo), Firmo Henrique Alves, que assumiu a presidência em agosto de 2011, tem lutado e muito para o crescimento ainda mais do esporte. “Ano passado foi um ano muito tumultuado. A CBM teve três presidentes só em 2011. Quando eu assumi, não tinha nenhum contrato de patrocínio fechado para o Brasileiro de Motocross deste ano. Tivemos dificuldade para mostrar para as pessoas que a Confederação havia mudado. Foi um ano de muito trabalho para manter alguns patrocinadores e conquistar outros, como as duas maiores concessionárias de moto do mundo, a Honda e a Yamaha, uma das empresas que mais cresce no setor de motos, a X Motos, a Lubrax – Petrobras, Rinaldi, ASW Racing e OGIO. E, temos muito a agradecer a essas empresas que acreditaram no nosso trabalho”. Ele lembra que este ano foi criada a Comissão Nacional de Motocross, em que foram ouvidos representantes de pilotos, federações, patrocinadores e todos os setores envolvidos.

Mesmo diante todas as dificuldades e com pouco orçamento Firmo destaca que a CBM conseguiu fazer o máximo. “A gente acredita que diante todos esses impasses foi um ano bom, mas um ano de transição, de ajustes e adaptações. Em 2013 o motociclismo brasileiro entrará realmente nos trilhos e continuará crescendo”.

Campeonato Brasileiro de Motocross 2013

No próximo ano a CBM irá transmitir ao vivo a competição. Provavelmente serão oito etapas, e o regulamento já está sendo discutido com as federações e equipe técnica. E, segundo o presidente da CBM, a ABPMX (Associação Brasileira de Pilotos de Motociclismo Esportivo) será convocada a participar de todas as reuniões técnicas.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly