De olho no MXDN Desalle quer vice no Mundial na MX1

Por Renato Dalzochio Jr. | Foto por Divulgação | 21 de setembro de 2012 - 10:38

Desde 2009 o belga Clement Desalle tem se mostrado um páreo duro na disputa do título da categoria MX1 do Mundial de Motocross, graças aos seus consistentes resultados (terceiro em 2009, vice em 2010, terceiro em 2011 e atualmente vice-líder em 2012). Após o terceiro lugar no ano passado, Desalle encontrou um Cairoli muito mais forte em 2012.

Mesmo depois de liderar o campeonato com as vitórias nos GPs de Portugal e da Suécia, tudo foi por água abaixo no GP da Grã Bretanha, quando uma lesão lhe impediu de continuar brigando pelo campeonato. Com o título já decidido a favor de Cairoli, Desalle agora quer garantir o vice-campeonato em Teutschenthal, na Alemanha, já focando em um bom resultado no MXDN, já que os belgas serão os donos da casa.

“Todo mundo quer vencer. Temos uma boa equipe e Lommel é muito bom para o estilo dos nossos pilotos. Acho que temos uma boa chance, assim como as outras equipes. Vou lá tentar fazer o meu melhor”, disse Desalle, que já pensa também na sonho do título Mundial da MX1 em 2013. Desde 2007, quando Steve Ramon foi campeão, um piloto belga não conquista o título da principal categoria do Campeonato Mundial de Motocross.

Clement Desalle

Clement Desalle

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly