Mundial de Enduro 2012 – 8ª etapa – França

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 27 de outubro de 2012 - 18:30

Foi disputado no último final de semana, a oitava e última etapa do campeonato Mundial de Enduro 2012. Brignoles, na França, abrigou o GP final do ano. Correndo em casa os franceses dominaram as três categorias nos dois dias de prova. Na Enduro 1 e na Enduro 3 o título já estava decidido. Faltava decidir o campeão da categoria Enduro 3. Confira como foi a final do Mundial de Enduro 2012, realizada no dia 21 de outubro.

Primeiro dia
Na categoria Enduro 1 o francês Antoine Meo (KTM) dominou a prova de sábado, vencendo 11 dos 12 testes especiais, vencendo com aproximadamente 1 minuto e meio de vantagem sobre o segundo colocado, seu conterrâneo Rodrig Thain (Honda), que admitiu ter sido incapaz de acompanhar o ritmo de Meo. Thain terminou 11 segundos na frente do terceiro colocado, o finlandês Eero Remes (KTM). O italiano Thomas Oldrati tornou-se o primeiro piloto a marcar pontos no campeonato deste ano para a Husaberg na categoria Enduro 1, ao finalizar na quarta posição. O francês Fabien Planet (Sherco) completou os cinco primeiros.

Rodrig Thain

Rodrig Thain

Fabien Planet

Fabien Planet

Na categoria Enduro 2 o francês Johnny Aubert (KTM) venceu, após uma batalha de roer as unhas com seu compatriota Pierre Alexandre Renet (Husaberg). Por nove centésimos de segundos, Aubert conquistou sua primeira vitória desde o GP de Portugal, onde havia vencido pela última vez. O finlandês Juha Salminen (Husqvarna) cometeu erros no início da prova, mas conseguiu se recuperar e finalizou na terceira posição. O espanhol Cristobal Guerrero (KTM) foi o quarto colocado e só perdeu o pódio porque na segunda metade da prova sentiu dores em seu ombro recentemente lesionado. Seu conterrâneo Ivan Cervantes (Gas Gas) completou os cinco primeiros.

Cristobal Guerrero

Cristobal Guerrero

Alexandre Renet

Alexandre Renet

Na Enduro 3 o francês Christophe Nambotin (KTM) mostrou porque é o campeão da categoria, ao vencer com aproximadamente 2 minutos de vantagem sobre o segundo colocado, o sueco Joakim Ljunggren (Husaberg), que por sua vez terminou 26 segundos na frente do estoniano Aigar Leok (TM). O italiano Manuel Monni (KTM) foi o quarto colocado, perdendo o último degrau do pódio por 15 segundos. Seu conterrâneo Benoit Fortunato (Honda) completou os cinco primeiros.

Christophe Nambotin

Christophe Nambotin

Aigar Leok

Aigar Leok

Resultado do primeiro dia

Categoria Enduro 1
1. Antoine Meo (KTM)
2. Rodrig Thain (Honda)
3. Eero Remes (KTM)
4. Thomas Oldrati (Husaberg)
5. Fabien Planet (Sherco)

Categoria Enduro 2
1. Johnny Aubert (KTM)
2. Pierre Alexandre Renet (Husaberg)
3. Juha Salminen (Husqvarna)
4. Cristobal Guerrero (KTM)
5. Ivan Cervantes (Gas Gas)

Categoria Enduro 3
1. Christophe Nambotin (KTM)
2. Joakim Ljunggren (Husaberg)
3. Aigar Leok (TM)
4. Manuel Monni (KTM)
5. Benoit Fortunato (Honda)

Segundo Dia

Na Enduro 1 Meo mais uma vez governou supremo, mas devido ao roubo de três motocicletas no parque fechado na madrugada de sábado para domingo, os resultados de domingo não contaram pontos para a classificação final da categoria e os pilotos acabaram andando apenas por diversão. Oldrati foi o segundo, com Planet em terceiro. Na classificação final do campeonato Meo terminou com 66 pontos de vantagem sobre Thain. Oldrati finalizou em terceiro, Remes em quarto, e o finlandês Matti Seistola (Husqvarna) fecha os cinco primeiros.

Antoine Meo

Antoine Meo

A Enduro 2 era a única categoria cujo o título ainda não estava decidido. Aubert venceu e Salminen foi o segundo. Renet foi o terceiro colocado, posição mais que suficiente para garantir o primeiro título mundial de sua carreira, e o primeiro da Husaberg após um jejum que já durava 14 anos. Guerrero foi o quarto colocado. Na classificação final do campeonato Renet garantiu o título com 17 pontos de vantagem sobre Guerrero. Salminen finalizou em terceiro, Cervantes em quarto e Aubert fecha os cinco primeiros.

Juha Salminen

Juha Salminen

Na Enduro 3 Nambotin conquistou sua vitória de número 14 na temporada, outra vez colocando aproximadamente 2 minutos de vantagem sobre Ljunggren. Leok foi o terceiro colocado. Na classificação final do campeonato Nambotin terminou com 76 pontos de vantagem sobre Ljunggren. Leok finalizou em terceiro, com o britânico David Knight (KTM) em quarto. O espanhol Oriol Mena (Husaberg) fecha os cinco primeiros.

David Knight

David Knight

Resultado do segundo dia

Categoria Enduro 2
1. Johnny Aubert (KTM)
2. Juha Salminen (Husqvarna)
3. Pierre Alexandre Renet (Husaberg)
4. Cristobal Guerrero (KTM)
5. Ivan Cervantes (Gas Gas)

Categoria Enduro 3
1. Cristophe Nambotin (KTM)
2. Joakim Ljunggren (Husaberg)
3. Aigar Leok (TM)
4. Manuel Monni (KTM)
5. Sébastien Bozzo

Classificação final do Mundial de Enduro 2012

Categoria Enduro 1
1. Antoine Meo – 257 pontos
2. Rodrig Thain – 191
3. Thomas Oldrati – 179
4. Eero Remes – 177
5. Matti Seistola – 172
 
Categoria Enduro 2
1. Pierre Alexandre Renet – 260 pontos
2. Cristobal Guerrero – 243
3. Juha Salminen – 236
4. Ivan Cervantes – 173
5. JohnnyAubert – 162

Categoria Enduro 3
1. Cristophe Nambotin – 314 pontos
2. Joakim Ljunggren – 238
3. Aigar Leok – 232
4. David Knight – 178
5. Oriol Mena – 167

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly