Confira quem foram os campeões do Rondoniense de MX

Por Chico Limeira | Fotos por Divulgação | 13 de dezembro de 2012 - 23:22

De maneira precoce foi encerrado neste fim de semana a temporada 2012 de motociclismo, com a realização da 6ª Etapa do Campeonato Rondoniense de Motocross, ocorrido na pista do motódromo Romeu Francisco Melhorança, em Espigão do Oeste. A prova que foi decidida em uma única bateria de cada categoria, definiu os campeões da temporada. Lucas Sampaio # 9, de Pimenta Bueno (50cc), Igor Vasconcelos # 37, de Buritis (65cc), Matheus Zilli # 17, de Vilhena (85cc), Victor Carlos # 4, de Cacoal (Força Livre Nacional), Walcenir “Leitão” Montes # 102, de Rolim de Moura (MX Estreantes), Valdinei Correa # 88, de Pimenta Bueno (MX3) e Rodrigo Selhorst # 8, de Cacoal (MX2), foram os vencedores da etapa do fim de semana.

A prova que marcou o encerramento antecipado do Estadual de MX, excepcionalmente foi realizada no período da manhã, com apenas uma bateria de cada uma das categorias, em razão do período chuvoso, que tornou a pista bastante perigosa para a pratica da modalidade. Numa decisão onde maioria dos pilotos presentes optaram por não voltar a pista após a chuva que caiu no início da tarde, a direção de prova acatou a decisão, dando por encerrada a corrida e premiando os pilotos em cima dos resultados da primeira e única bateria.

Matheus Zilli, Igor Vasconcelos e Lucas Sampaio vencem
Devido o número de pilotos participantes da prova de Espigão do Oeste, as categorias 50cc, 65cc e 85cc, entraram juntas na pistas, com alguns pilotos tendo de optar por uma única categoria. Sem a presença do líder Lucas Belém # 444, de Vilhena, a disputa da categoria 65c ficou em aberto. Na disputa da categoria 85cc, onde Lucas travaram duelo forte com o também vilhenense Matheus Zilli # 17 (Aquilino Preparação/Amazon.), a ausência do líder facilitou para a vitória fácil de Matheus, galgando assim a conquista do título de campeão da temporada.  O piloto Igor Vasconcelos # 37 (Honda/Ótica Seiko/Eletrônica do Cabelo), de Buritis sobrou na prova e venceu a 65cc, com Guilherme Maschio # 8 (Giba Racing), de Pimenta Bueno na segunda colocação. Já na categoria Kids para motos de 50cc, o vencedor foi Lucas Sampaio # 8 (Giba Racing), de Pimenta Bueno, que fez uma corrida tranquila, superando o campeão arrojado Edno Gabriel # 999 (Cometa/Grupo Dom Bosco), de Ouro Preto do Oeste, segundo colocado na prova.



Soberano, Victor Carlos volta a vencer na Força Livre Nacional
A pista bastante lameada não foi obstáculo para impedir que os pilotos da categoria Força Livre Nacional proporcionassem grandes pegas, numa disputa onde cada um buscava andar no seu limite em busca de uma melhor classificação. Mesmo não tendo participado das primeiras etapas na temporada 2012, o cacoalense Victor Carlos # 4 (Posto Fórmula 1/Aquilino Preparação/Expresso Cacoal), mostrou grande performance e andando num ritmo bastante intenso, venceu a prova, chegando a frente do vilhenense Marco César # 2 (Orleans/Imobiliária Ideal) campeão da Força Livre em 2012. Marco, de Vilhena garantiu a segunda colocação na prova, enquanto Jackson Bernardino # 87 (Coyote Motos/Voldiésel), também de Vilhena, terceira posição. A prova marcou ainda a estreia no MX dos pilotos Flávio Pereira # 18 (Rodar Motos/Explosão), de Santa Luzia e André Carbonera # 75 (Paraná Motos/Doce do Japonês), de Cacoal. Flavinho e Carbonera, são destaques do Velocross de Rondônia e agora migram para o Motocross.

Andando forte, Leitão vence vitória na MX Estreante
Numa prova mesclando pilotos jovens e alguns de idade mais avançadas, a categoria MX Estreantes marcou duelo forte entre os cinco primeiros colocados. A prova que foi vencida por Walcenir Montes , o “Leitão” # 102 (Retifica Retirama), de Rolim de Moura. Leitão que não disputou duas das etapas intermediárias, voltou bem e na ausência de alguns dos pilotos que também brigavam pela liderança e com a vitória na prova de Espigão, garantiu o ponto mais alto do pódio, porém na evitou que o título da temporada 2012 ficasse com Valdinei Correa # 88 (Posto Pit Stop/F1 Terraplanagem), de Pimenta Bueno.  Tiago Rigon # 12 (Pica Pau/Yamaha), de Cacoal, Pedro Tozzo # 38 (Aquilino Preparação), de Vilhena e Evanildo Gonçalves # 5 (Instaladora São Luiz), de Cacoal, completaram o pódio.

Na ausência do campeão Evandro, Valdinei Correa vence na MX3
Correndo em paralelo aos pilotos da MX2, a categoria MX3 para competidores veteranos, foi marcada por uma disputa forte, com Valdinei # 88 (Posto Pit Stop/F1 Terraplanagem), de Pimenta Bueno levando a melhor sobre os demais concorrentes. Com um número reduzidos de participantes na MX, a prova teve um pódio com algumas novidades, onde Valdinei assegurou o ponto mais alto do pódio, Aparício Paixão # 8 (ColorPress/Veipeças/Decar), de Cacoal ficou com a segunda posição, Paulo Reginato # 70 (Mercado Nova Esperança), de Vilhena foi o terceiro, Ariston de Paula # 47 (Amazon Informática/Aquilino Preparação),  também de Vilhena foi o quarto colocado e Osmar Marino # 69, de Cacoal chegou em quinto lugar. Apesar da ausência na prova, o título da temporada na MX3 ficou com Evandro Bucioli # 27 (Posto Pacato/Deputado Lebrão), de São Francisco do Guaporé.

Correndo em casa, campeão Rodrigo Selhorst vence mais uma
A prova que fechou a temporada 2012 de no MotoCross de Rondônia, foi marcada por mais um show de pilotagem do campeão Rodrigo Selhorst # 8 (Honda/MegaBom Sorvetes/Decar/Mastter Motos), de Cacoal. Rodrigo que nesta temporada venceu todas as provas, não teve dificuldades desta feita em razão da ausência de Hugo Amaral # 51 e Diego Henning # 191 (ASW/Mastter Racing/ColorPressDex Informática), ambos de Porto Velho, concorrentes diretos na briga pela liderança. Sem as presenças de Diego e Hugo, quem buscou dar pressão no campeão Rodrigo Selhorst foi o piloto Walcenir Montes, o “Leitão” # 102 (Retifica Retirama), de Rolim de Moura. Leitão largou bem e chegou a andar as primeiras voltas na ponta, porém foi alcançado por Rodrigo, que mantendo o seu ritmo, venceu a prova e garantiu mais um título para a sua vasta coleção.

Para a realização de mais esta Etapa do Estadual de Motocross, a Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR contou com a parceria da Prefeitura de Espigão do Oeste e apoio Governo de Rondônia, Ministério do Esporte, Honda, senador Valdir Raupp, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon, deputados Valdivino Turuca, Neodi Carlos, Jean Oliveira, Adelino Follador, Luiz Claudio, Edson Martins e Luizinho Goebel, Ciclo Cairu, Castilho Estrutura Metálicas, Cairu Transporte, Lind’água, Instaladora São Luiz e Decar Auto Peças.

Classificação geral da 6ª Etapa do Rondoniense de Motocross 2012
 
65
1º – # 37 – Igor Vasconcelos – Buritis
2º – # 8 – Guilherme Maschio – Pimenta Bueno
3º – # Lucas Sampaio – Pimenta Bueno
4º – # 999 – Edno Gabriel – Ouro Preto do Oeste
5º – # 88 Pedro Santiago – Pimenta Bueno

85
1º – # 17 – Matheus Zilli – Vilhena
2º – # 44 Gabriel Aleixo – Cacoal
3º – # 8 – Leonardo Atílio – Vilhena
4º – # 37 – Igor Vasconcelos – Buritis
5º – # 8 – Guilherme Maschio – Pimenta Bueno

MX Estreantes
1º – # 102 – Walcenir Montes – Rolim de Moura
2º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
3º – # 12 Tiago Rigon – Cacoal
4º – # 38 – Pedro Tozzo – Vilhena
5º – # 5 – Evanildo Gonçalves – Cacoal

Força Livre Nacional
1º – # 4 – Victor Carlos – Cacoal
2º – # 2 – Marco César – Vilhena
3º – # 87 – Jackson Bernardino – Vilhena
4º – # 18 – Flávio Pereira – Santa Luzia
5º – # 75 – André Carbonera – Cacoal

MX3
1º – # 88 – Valdinei Correa – Pimenta Bueno
2º – # 723 – Aparício Paixão – Cacoal
3º – # Paulo Reginato – Cacoal
4º – # 47 – Ariston de Paula – Vilhena
5º – # 69 – Osmar Marino – Cacoal

MX2
1º – # 8 – Rodrigo Selhorst – Cacoal
2º – # 102 Walcenir Montes – Rolim de Moura
3º – # 12 – Tiago Rigon – Cacoal
4º – # 38 – Pedro Tozzo – Vilhena
5º – # 14 – Fábio Moura – Cacoal

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly