Jean Ramos pronto para a abertura do AMA Supercross

Por Divulgação | Fotos por Divulgação | 04 de janeiro de 2013 - 9:24

Depois de um 2012 de muita disputa e resultados bastante positivos, Jean Ramos quer começar bem o novo ano. O piloto da Escuderia X Motos está nos Estados Unidos desde o dia 11 de dezembro para disputar o AMA Supercross, a principal competição do mundo na modalidade, que reúne pilotos de ponta.

Esta é a segunda vez que o paranaense participa do campeonato: no início de 2012 Jean correu algumas etapas da competição e fez bonito, ganhando destaque nas principais mídias internacionais. Agora com toda a estrutura oferecida por sua equipe, a Escuderia X Motos, o piloto retorna à terra do Tio Sam querendo mais. Com sua Kawasaki KX 250F Jean vai acelerar na 250cc em busca da vaga para a disputada final (Main Event) e, desta vez, está ainda mais exigente, já que se sente mais bem preparado.

O atleta faz sua estreia na temporada 2013 do AMA SX neste sábado, 5 de janeiro, em Anaheim, Califórnia. O plano é correr as seis primeiras etapas e retornar ao Brasil em 25 de fevereiro para iniciar a temporada representando a Escuderia X Motos nas pistas verde e amarelas.

Confira a entrevista com o piloto e saiba as expectativas para a estreia :

Como está a rotina de treinamento nos Estados Unidos ?

Jean Ramos –
Está bem puxada,estou treinando de 4 a 5 vezes com moto ,fui em algumas pistas diferentes para me familiarizar com os saltos diferentes. Estou bem feliz,conseguindo ter boa velocidade e meu condicionamento físico tem melhorado a cada dia. Sinto que ainda preciso melhorar um pouco minha velocidade,pois o ritmo aqui é bem mais forte que no Brasil,então nesses últimos dias tenho treinado muito com foco nas voltas rápidas e nas largadas que são fundamentais aqui.

Sobre a motocicleta que está usando, alguma preparação especial ?

Jean Ramos – Estou usando uma Kawasaki 250F 2013. A suspenção foi feita pela TBT,tenho um acerto muito melhor do que no ano passado,isso tem me ajudado muito. Preparamos o cabeçote e fizemos algumas mudanças na geometria da moto, o que contribuiu muito para melhorar o desempenho nas curvas e nas costelas. Essas foram as principais modificações na moto.

E em relação à preparação física, algum treinamento específico ?

Jean Ramos – Minhas principais atividades físicas têm sido bike e corrida. Tem muitas montanhas por aqui,então os treinamentos são bem puxados,as subidas são difíceis, exigem bastante dos músculos,mas tenho me divertido muito. Muitas vezes meu irmão(Juliano Ramos) me acompanha na pedalada que também funciona como um hobby, já que adoramos. Temos uma visão completa do bairro em que estamos quando saimos pra pedalar e subimos algumas montanhas, o que além de um bom treino também rende belos visuais.

Já se adaptou à temperatura daí ?

Jean Ramos –
Tem feito muito frio aqui de manhã cedo,mas no geral está tranquilo suportar. Curitiba, onde moro, é uma cidade bem fria,então não tive muitas dificuldades para me adaptar com as tempeaturas baixas daqui. O que achei difícil mesmo foi o fuso horário, já que aqui são 6 horas a menos, demorei pra me acostumar, mas agora já está tudo normalizado.

Conte sobre as pistas, já teve a oportunidade de treinar ao lado de pilotos de ponta ?

Jean Ramos – Em um dia normal de treino aqui nas pistas de Supercross gira em torno de 20 a 30 pilotos por dia treinando. Quando chove muito as pistas oficiais demoram para abrir,então os pilotos oficiais aparecem para treinar. Nomes como Ken Rokzen,Marvin Musuquin,Eli Tomac,Justin Bogle,Will Hahn entre outros,normalmente aparecem aqui, até o Larroco, chefe de equipe da Geico,treina junto alguns dias,pois ele ainda desenvolve as motos e alguns acertos para a equipe.

5123a2a09c5a04fe9eaa4b9bd33bebe9

Jean ‘Lambari’ Ramos

Sobre a estrutura desse ano para o projeto AMA SX o que vc pode falar?O que mudou em relação ao ano passado ?

Jean Ramos – A Escuderia X Motos aderiu ao projeto e por esse motivo posso estar aqui hoje, tendo essa oportunidade. Aqui posso evoluir e realizar um sonho, só tenho a agradecer por confiarem no meu trabalho e potencial.Sobre a estrutura posso dizer que algumas coisas mudaram, estou muito bem “assistido” agora, com tudo que preciso para focar em fazer um bom trabalho. Muitas das peças que preciso somente as equipes oficiais têm acesso para a compra e a X Motos do Brasil, a Adrenalinamx.com, a Trato Graphics e a TBT Racing me disponibilizaram tudo que é necessário, o que me deixa muito mais tranquilo para seguir treinando e não me preocupar com nada além de acelerar e ser rápido. Todo esse suporte faz a diferença.

E em relação a sua preparação, o que mudou deste ano para o ano passado ? Quais serão as principais dificuldades na sua opinião ? O que vc pode contar como ponto positivo agora ?

Jean Ramos – No ano passado eu estava muito mal psicologicamente e isso me atrapalhou muito. Estava atravessando uma fase difícil de muitas mudanças e incertezas e isso me deixou bastante inseguro. Esse ano me sinto muito melhor psicologicamente, consegui fazer uma boa temporada em 2012 com a Escuderia X Motos, estou seguro e representando uma equipe que me dá total apoio. Na parte física também acredito que estou mais bem preparado e isso tem feito a diferença nos treinos e no meu rendimento. Quanto à dificuldade, aqui as pistas têm traçados que desaparecem muito rápido, por exemplo, muitas vezes o traçado que era rápido algumas voltas depois já não é tão rápido. As primeiras voltas são as mais difíceis já que leva um tempinho pra adaptar com esse tipo de pista, tão diferente das que temos no Brasil. No entanto, senti que melhorei bastante nas costelas que era uma parte bastante difícil pra mim no ano passado.

6ded2bc60654bd01dbb23d5c080bc4d8

Jean Carlo Ramos

Fale um pouco sobre suas expectativas para a grande abertura dono próximo sábado dia 05. Quais são seus objetivos ?

Jean Ramos – Na realidade meu objetivo principal continua sendo o mesmo do ano passado: chegar ao main event em cada etapa. No decorrer desses vinte e poucos dias aqui, com os treinos, percebi que posso melhorar muito os resultados do ano passado e sei que tenho condições de estar entre os 15 primeiros. Talvez não consiga logo de cara, mas quero estar em todos os main events e fazer um Top 15 até a etapa de San Diego. Quero agradecer o apoio e as mensagens de todos no Brasil e que continuem,pois é muito gratificante ver o carinho e o incentivo de todo mundo. Quero também agradecer a todos que acreditam no meu trabalho e me apoiam nessa nova etapa da minha vida, X Motos do Brasil, Adrenalinamx.com, Trato Graphics, JMR Escola de Motocross e TBT Racing.

Clique aqui e confira a entrevista exclusiva para a ‘Série Avaliando 2012’ com Jean Ramos.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly