CR e JS insatisfeitos com seus inícios de temporada

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 16 de janeiro de 2013 - 10:23

Dois dos maiores pilotos de todos os tempos na história do AMA Supercross não estão satisfeitos com seu início de temporada. Protagonistas de grandes disputas e de uma grande rivalidade nos últimos anos, os veteranos Chad Reed e James Stewart não subiram ao pódio nas duas primeiras etapas do campeonato.

Reed foi quarto colocado na abertura em Anaheim e repetiu o resultado no último sábado em Phoenix. “Viemos embora com alguns pontos assegurados, mas agora nós realmente precisamos intensificar. Não é segredo nenhum que eu não estou feliz com a forma como pilotei em Anaheim 1. Esta noite (em Phoenix) andei um pouco melhor, mas ainda há trabalho a fazer na moto. Vou voltar para a pista de testes no início desta semana”, disse Reed, que admitiu que ainda não encontrou o acerto ideal na suspensão de sua Honda.

150113chad-1

CRF 450R #22 do australiano Chad Reed 

Stewart também está convencido que precisa intensificar sua pilotagem caso queira brigar pelo título, apesar da lesão no joelho afetar sua campanha. Não tem sido o início de 2013 que ele esperava. Apesar de pilotar com cautela em Phoenix para não prejudicar ainda mais seu joelho, o piloto de 27 anos terminou o Main Event na sétima posição.

Stewart novamente começou o fim de semana marcando a volta mais rápida dos treinos classificatórios e vencendo de ponta a ponta sua Heat Race.

No Main Event ele lutou no início, mas rapidamente se estabeleceu em uma posição confortável no top 10 e adiou a pilotagem agressiva, fazendo uma corrida inteligente e instintiva.

James Stewart bw rd 2 2013

James ‘Bubba’ Stewart 

“A segunda etapa foi um pouco melhor que a primeira. Meu joelho ainda dói, mas fui capaz de lidar com isso no Main Event. Tive uma má largada, mas fui capaz de ultrapassar muita gente e finalizar com um resultado parecido com o da semana passada. Estou feliz por sair de Phoenix sem piorar minha lesão e me sentindo mais forte ao mesmo tempo. Temos muitas coisas para trabalhar mas a Suzuki RM-Z 450 é incrível. Em ambos os Main Events ela foi fenomenal. Infelizmente não estou conseguindo pilotar melhor agora. Uma das razões é por causa da lesão. Mas posso sentir que estou ficando mais forte, por isso com certeza vou ser melhor no próximo sábado”, disse Stewart.

A terceira rodada do AMA Supercross acontecerá neste sábado, 19 de janeiro, com a etapa de Anaheim2.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly