Ice1 Racing toda nova para o Mundial de MX 2013

Por Renato Dalzochio Jr. | Foto por Divulgação | 24 de janeiro de 2013 - 9:21

Após completar sua segunda temporada no Mundial de Motocross, a equipe Ice1 Racing, de propriedade do finlandês Kimi Räikkönen, piloto de Fórmula 1, vai entrar na temporada 2013 totalmente renovada. Pra começar, este ano a equipe estará utilizando motos KTM. Antti Pyrhönen será o Chefe da Equipe, e o português Rui Gonçalves e o francês Xavier Boog serão os pilotos na categoria MX1.

A equipe foi completamente renovada, sendo que os trabalhos dificilmente pararam durante a pré-temporada. Durante quatro meses, o ex-piloto da MX3, Antti Pyrhönen, tem trabalhado muito duro para deixar a nova equipe pronta o mais rápido possível, afim de que a mesma possa ser totalmente competitiva em 2013.

“Tudo é novo, os mecânicos, os pilotos, as motos… a equipe foi completamente reconstruída e estou muito feliz por fazer parte disso. Naturalmente estes últimos quatro meses têm sido cheios de enorme trabalho, mas temos feito todos os passos fortemente e até agora tudo tem sido positivo”, disse Pyrhönen.

13012312572013_ICE1RACING

Gonçalves, Pyrhönen e Boog

Pyrhönen anunciou sua aposentadoria no final de 2012 e semanas depois foi anunciado como o novo chefe da equipe. “Corri profissionalmente por 12 anos e quando completei 34 anos decidi que era hora de fazer outra coisa, mas sempre quis me manter envolvido com os GPs. Me sinto muito motivado e animado com esta nova oportunidade que todos nós estamos tendo na equipe. Além disso, a KTM é o parceiro perfeito para nós. Eles estão totalmente envolvidos com as corridas, além de estarem localizados na Europa, o que é muito bom para nós porque podemos estar constantemente em contato e desenvolver a moto mais rápido”.

Os pilotos Gonçalves e Boog passaram algum tempo junto com a equipe na Finlândia, onde fizeram treinamento físico. Quando voltaram para casa, começaram a treinar com as novas KTMs, primeiro nas areias da Bélgica e mais recentemente na Espanha.

O francês Boog, que atualmente reside na Bélgica, vem treinando com a KTM desde novembro, e embora tenha encontrado muitas diferenças em relação à moto que pilotava no ano passado, ele admitiu que agora está se sentindo bem e espera melhorar sua performance em relação aos anos anteriores. “Meu objetivo é terminar o campeonato entre os cinco primeiros, e claro, brigar para subir no pódio. Meu principal objetivo é me divertir com a moto, e se tudo estiver funcionando bem, os resultados virão”, disse Boog.

Já Gonçalves, que teve uma de suas temporadas mais difíceis em 2012, está totalmente em forma e motivado de novo. Ele vai usar toda a sua experiência pessoal e profissional para enfrentar esta nova temporada. “É um novo desafio em minha carreira. Voltar a pilotar a KTM com certeza é bom e a equipe é muito grande. Somos um grupo forte, estamos juntos desde o primeiro dia, isso foi muito importante. Não tenho como agradecer o suficiente por tudo que eles fizeram por mim até agora”, disse Gonçalves.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly