AMA Supercross 2013 – 5ª Etapa – Anaheim3

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por GuyB | 04 de fevereiro de 2013 - 11:52

Após a parada final no Angel Stadium neste sábado, o AMA Supercross 2013, ainda mais equilibrado, segue agora para novos locais. A última noite que o AMA SX passou por Anaheim na temporada 2013 pode ser considerada a mais emocionante das três, já que contou com inúmeras surpresas, e desafios ao longo das oito corridas da programação.

Ryan Dungey foi do inferno ao céu e venceu o Main Event na principal categoria, a 450, enquanto o alemão Ken Roczen, seu companheiro na equipe oficial Red Bull / KTM, andou rápido o suficiente para conquistar sua segunda vitória consecutiva na categoria 250 costa Oeste, e se isolar ainda mais na liderança. Confira como foi a etapa de Anaheim3 neste último sábado, 2 de fevereiro.

Categoria 450

Mike Alessi fez o holeshot e liderou até o final da segunda volta, quando sofreu um tombo e permitiu que Dungey, que havia largado em segundo, assumisse a vice-liderança. Davi Millsaps, líder do campeonato, e James Stewart, seguiam Dungey de perto. Na sétima volta Stewart assumiu a vice-liderança ao ultrapassar Millsaps em uma curva apertada. Na décima volta Dungey começou a se distanciar dos dois e na décima quarta Millsaps deu o troco em Stewart e recuperou a segunda posição.

Largada 450cc

Largada da categoria 450 na etapa de Anaheim3 2013

Mike Alessi

Mike Alessi

Dungey garantiu sua primeira vitória na temporada. Millsaps garantiu a segunda posição e manteve-se na liderança isolada do campeonato. Nas voltas finais Justin Barcia ultrapassou Stewart e ficou com o último degrau do pódio. O piloto da Suzuki teve que se contentar com a quarta posição. O australiano Chad Reed sofreu um tombo na segunda curva após a largada, completou a primeira volta em décimo primeiro e recuperou-se até a quinta posição.

“Fiquei emocionado na corrida desta noite após quase perder a classificação para o Main Event. A equipe teve que suar a camisa mas felizmente nós conseguimos. É uma longa temporada e demos um grande passo hoje”, disse Dungey.

Davi Millsaps e James Stewart

James Stewart e Davi Millsaps

Ryan Dungey

Ryan Dungey

Trey Canard e o atual campeão Ryan Villopoto com certeza preferem esquecer a última noite que tiveram em Anaheim. Villopoto largou mal e inúmeros erros e tombos o deixaram apenas na oitava posição. O mesmo aconteceu com Canard, que apesar de largar em terceiro, terminou uma posição à frente do piloto da Kawasaki.

Ryan Villopoto

Ryan Villopoto

Dungey vence

Ryan Dungey da KTM venceu a categoria 450 em Anaheim3

Com estes resultados, Millsaps segue isolado na liderança do campeonato, agora 14 pontos na frente de Dungey, que assumiu a vice-liderança por um ponto de vantagem sobre Canard. Villopoto é o quarto e Reed fecha os cinco primeiros.

Pódio 450cc

Pódio da categoria 450 em Anaheim3 com Millsaps, Dungey e Barcia

KTM comemora

Team KTM comemorou e muito a dupla vitória em Anaheim3

Heat 1 – Categoria 450
1. Davi Millsaps (Suz)
2. Justin Barcia (Hon)
3. Chad Reed (Hon)
4. Andrew Short (Hon)
5. Ryan Villopoto (Kaw)
6. Jake Weimer (Kaw)
7. Matt Lemoine (Kaw)
8. PJ Larsen (Hon)
9. Matt Goerke (KTM)

Heat 2 – Categoria 450
1. Justin Brayton (Yam)
2. Josh Grant (Yam)
3. James Stewart (Suz)
4. Trey Canard (Hon)
5. Mike Alessi (Suz)
6. Chris Blose (Yam)
7. Kyle Chisholm (Yam)
8. Broc Tickle (Suz)
9. Vince Friese (Hon)

Last Chance – Categoria 450
1. Jimmy Alberston (Hon)
2. Ryan Dungey (KTM)

Main Event – Categoria 450
1. Ryan Dungey (KTM)
2. Davi Millsaps (Suz)
3. Justin Barcia (Hon)
4. James Stewart (Suz)
5. Chad Reed (Hon)
6. Andrew Short (Hon)
7. Trey Canard (Hon)
8. Ryan Villopoto (Kaw)
9. Broc Tickle (Suz)
10. Justin Brayton (Yam)
11. Matt Lemoine (Kaw)
12. Jimmy Albertson (Hon)
13. Matt Goerke (KTM)
14. Kyle Chisholm (Yam)
15. Vince Friese (Hon)
16. PJ Larsen (Hon)
17. Mike Alessi (Suz)
18. Josh Grant (Yam)
19. Chris Blose (Yam)
20. Jake Weimer (Kaw)

Classificação do AMA Supercross categoria 450 após cinco etapas
1. Davi Millsaps – 107 pontos (1 vitória)
2. Ryan Dungey – 93 (1 vitória)
3. Trey Canard – 92
4. Ryan Villopoto – 90 (2 vitórias)
5. Chad Reed – 81
6. Andrew Short – 71
7. Justin Barcia – 61 (1 vitória)
8. James Stewart – 56
9. Justin Brayton – 53
10. Jake Weimer -48
11. Matt Goerke – 47
12. Broc Tickle – 47
13. Josh Grant – 40
14. Kyle Chisholm – 37
15. Vince Friese – 30
16. Mike Alessi – 29
17. Matt Lemoine – 26
18. Weston Peick – 22
19. Kevin Windham – 21
20. Jimmy Albertson – 21 pontos

Categoria 250 Costa Oeste

Joe Savatgy fez o holeshot mas foi rapidamente superado pelo líder do campeonato, o alemão Ken Roczen. Também não demorou muito para que Savatgy fosse superado pelo equatoriano Martín Davalos. Com um estilo de pilotagem forte, agressivo, mas ao mesmo tempo suave e elegante, o mesmo que lhe consagrou Campeão Mundial de Motocross MX2, Roczen conquistou sua segunda vitória consecutiva e abriu ainda mais vantagem na liderança do campeonato.

Largada 250cc

Largada da categoria 250 na etapa de Anaheim3 2013

Martín Davalos

Martín Davalos

“Foram duas grandes corridas para mim mas a temporada ainda não acabou. Preciso manter o foco para San Diego na próxima semana”, disse Roczen.

Davalos finalizou em segundo. O atual campeão Eli Tomac largou em oitavo e se recuperou até a terceira posição. Kyle Cunningham foi o quarto e Jason Anderson completou os cinco primeiros.

Ken Roczen

Ken Roczen

Eli Tomac

Eli Tomac

No campeonato Roczen abriu 20 pontos sobre Tomac. Cole Seely é o terceiro, Davalos o quarto e Anderson fecha os cinco primeiros.

Roczen vence

Kenny Roczen da KTM venceu a categoria 250 em Anaheim3

Pódio 250cc

Pódio da categoria 250 em Anaheim3 com Dávalos, Roczen e Tomac

Heat 1 – Categoria 250 Oeste
1. Martin Davalos (Kaw)
2. Ken Roczen (KTM)
3. Cole Seely (Hon)
4. Jessy Nelson (Hon)
5. Kyle Cunningham (Yam)
6. Austin Politelli (Hon)
7. Dakota Tedder (Kaw)
8. Derek Anderson (Kaw)
9. Scott Champion (Hon)
 
Heat 2 – Categoria 250 Oeste
1. Eli Tomac (Hon)
2. Joey Savatgy (KTM)
3. Jason Anderson (Suz)
4. Josh Cachia (KTM)
5. Max Anstie (Suz)
6. Travis Baker (Yam)
7. Jean Ramos (Kaw)
8. Kade Mosig (Kaw)
9. Tyler Beremen (Kaw)

Last Chance – Categoria 250 Oeste
1. Zach Osborne (Hon)
2. Christian Craig (Hon)

Main Event – Categoria 250 Oeste
1. Ken Roczen (KTM)
2. Martin Davalos (Kaw)
3. Eli Tomac (Hon)
4. Kyle Cunningham (Yam)
5. Jason Anderson (Suz)
6. Travis Baker (Yam)
7. Joey Savatgy (KTM)
8. Austin Politelli (Hon)
9. Max Anstie (Suz)
10. Zach Osborne (Hon)
11. Jessy Neslon (Hon)
12. Cole Seely (Hon)
13. Christian Craig (Hon)
14. Josh Cachia (KTM)
15. Scott Champion (Hon)
16. Kade Mosig (Kaw)
17. Jean Ramos (Kaw)
18. Dakota Tedder (Kaw)
19. Tyler Beremen (Kaw)
20. Derek Anderson (Kaw)

Classificação do AMA Supercross categoria 250 Oeste após cinco etapas
1. Ken Roczen – 116 pontos (2 vitórias)
2. Eli Tomac – 96 (3 vitórias)
3. Cole Seely – 89
4. Martin Davalos – 70
5. Jason Anderson – 68
6. Zach Osborne – 68
7. Kyle Cunningham – 67
8. Christian Craig – 54
9. Joey Savatgy – 52
10. Jessy Neslon – 49
11. Malcom Stewart – 45
12. Tyla Rattray – 45
13. Austin Politelli – 39
14. Travis Baker – 38
15. Max Anstie – 38
16. Ryan Sipes – 31
17. Jake Canada – 21
18. Josh Cachia – 20
19. Michael Leib – 16
20. Jean Ramos – 14 pontos

Pilotos Brasileiros

Na categoria 250 costa Oeste Jean Ramos conquistou sua terceira classificação para um Main Event ao terminar a Heat 2 em sétimo lugar, ganhando inclusive destaque na TV após travar um forte duelo com Max Austie. Na corrida foi o décimo sétimo colocado, somando quatro pontos, continuando no vigésimo lugar na classificação do campeonato, agora com 14 pontos conquistados.

“Foi uma noite boa. Consegui me soltar bastante na pista, principalmente nos treinos classificatórios e na Heat. Fiquei satisfeito com meus resultados. No Main Event andei bem no começo, mas acabei cometendo alguns erros e sofrendo block pass. Poderia ter melhorado esse meu resultado, mas de qualquer forma, foi bom”, resumiu Jean.

Na categoria 450 Jorge Balbi Jr. novamente não conseguiu a sonhada vaga para o Main Event. Chegou perto na Heat 2, ao finalizar em décimo primeiro. Na Last Chance Qualifier acabou se enroscando em um tombo coletivo na largada e abandonou na vigésima posição.

Próximas etapas do AMA Supercross 2013
Sexta Etapa – 9 de Fevereiro – Qualcomm Stadium – San Diego
Sétima Etapa – 16 de Fevereiro – Cowboys Stadium – Arlington
Oitava Etapa – 23 de Fevereiro – Georgia Dome – Atlanta
Nona Etapa – 2 de Março – Edward Jones Dome – St. Louis
Décima Etapa – 9 de Março – Daytona International Speedway – Daytona Beach
Décima Primeira Etapa – 16 de Março – Lucas Oil Stadium – Indianapolis
Décima Segunda Etapa – 23 de Março – Rogers Centre – Toronto
Décima Terceira Etapa – 6 de Abril – Reliant Stadium – Houston
Décima Quarta Etapa – 13 de Abril – Metrodome – Minneapolis
Décima Quinta Etapa – 20 de Abril – CenturyLink Field – Seattle
Décima Sexta Etapa – 27 de Abril – Rice-Eccles Stadium – Salt Lake City
Décima Sétima Etapa – 4 de Maio – Sam Boyd Stadium – Las Vegas

Próximas etapas do AMA Supercross 250 Costa Oeste 2013
Sexta Etapa – 9 de Fevereiro – Qualcomm Stadium – San Diego
Sétima Etapa – 6 de Abril – Reliant Stadium – Houston
Oitava Etapa – 13 de Abril – Metrodome – Minneapolis
Nona Etapa – 4 de Maio – Sam Boyd Stadium – Las Vegas

Calendário do AMA Supercross 250 Costa Leste 2013
Primeira Etapa – 16 de Fevereiro – Cowboys Stadium – Arlington
Segunda Etapa – 23 de Fevereiro – Georgia Dome – Atlanta
Terceira Etapa – 2 de Março – Edward Jones Dome – St. Louis
Quarta Etapa – 9 de Março – Daytona International Speedway – Daytona Beach
Quinta Etapa – 16 de Março – Lucas Oil Stadium – Indianapolis
Sexta Etapa – 23 de Março – Rogers Centre – Toronto
Sétima Etapa – 20 de Abril – CenturyLink Field – Seattle
Oitava Etapa – 27 de Abril – Rice-Eccles Stadium – Salt Lake City
Nona Etapa – 4 de Maio – Sam Boyd Stadium – Las Vegas

Shootout – Costa Oeste versus Costa Leste
Etapa Única – 4 de Maio – Sam Boyd Stadium – Las Vegas

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Supercross 2013
Primeira Etapa – 5 de Janeiro – Angel Stadium – Anaheim
Segunda Etapa – 12 de Janeiro – Chase Field – Phoenix
Terceira Etapa – 19 de Janeiro – Angel Stadium – Anaheim
Quarta Etapa – 26 de Janeiro – O.co Coliuseum – Oakland

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly