Jorge Balbi fora do AMA Supercross !!

Por Divulgação | Foto por Divulgação | 08 de fevereiro de 2013 - 9:47

Jorge Balbi Júnior está fora das duas próximas etapas do AMA Supercross. O único brasileiro a disputar a categoria 450cc na temporada 2013 sofreu uma concussão ao bater a cabeça em Anaheim3. Durante esta semana, Balbi teve que realizar um exame exigido pela organização do campeonato. O resultado, bastante alterado, fez com que os médicos o indicassem 15 dias de repouso.

O piloto que representa a Pro Tork explica que todo início de ano os competidores são obrigados a fazer um teste de concussão. Cada vez que sofrem uma queda, precisam passar novamente pela avaliação. No caso dele, a diferença entre os dois diagnósticos foi muito grande. Balbi lamenta o fato de ter que se afastar do circuito, mas garante que volta assim que possível.

“Estou com torcicolo, dor de cabeça e tontura. Até tentei treinar antes de sair o resultado do exame, porém, acabei passando mal, cai mais uma vez e achei melhor parar. Sinto que estou melhorando a cada dia, entretanto, preciso ser cauteloso para não colocar em risco meu principal objetivo, que é retomar o título Brasileiro de Motocross”, explica o mineiro de 30 anos.

Sua previsão de retorno é para a segunda etapa da Costa Leste, que acontecerá no dia 23 de fevereiro, em Atlanta. Na próxima semana, Balbi deve refazer o exame junto a equipe médica do AMA Supercross. Caso apresente melhora significativa, poderá voltar uma semana antes, em Arlington.

O acidente

 Balbi disputava a Last Chance da quinta etapa quando se envolveu em um acidente com vários adversários ainda na segunda curva. Abalado, o piloto tentou brigar por posições, mas acabou sofrendo uma forte queda nas costelas, tendo que ser atendido. Antes disso, o brasileiro teve seu melhor desempenho no treino e na prova classificatória.

02_07_63adce974f835d777090e86aa243bcb6

Jorge Balbi Júnior

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly