Yamaha volta as categorias de base no MX Brasileiro

Por Divulgação | Fotos por Divulgação | 26 de fevereiro de 2013 - 18:27

A Yamaha / Grupo Geração começa a temporada 2013 com boas novidades. A equipe brasileira contará com representantes nas categorias de base nas principais competições nacionais. Renato ‘Muguinho’ Paz, e Arthur ‘Thu’ Todeschini chegaram para representar o time azul na categoria 85. Os pilotos vão encarar o primeiro ano na categoria 85, a bordo de uma Yamaha YZ 85, depois de campanhas vitoriosas na 65 em 2012.

Thui Todeschini, na temporada passada, sagrou-se campeão Brasileiro da 65, com cinco vitórias em oito etepas, e campeão da Superliga Brasil de Motocross na mesma classe, com quatro vitórias em seis etapas. O catarinense de Chapecó também ficou com a terceira posição no Arenacross e o quinto lugar no Catarinense de Motocross na 65.

Sobre a pressão, as metas e expectativas para as provas deste ano Thui segue confiante: ” Como será o meu ano de estreia na categoria, pretendo trabalhar bastante e com muita dedicação para conseguir fazer grandes provas. Quero também tentar estar no podium na maioria das etapas disputadas, e quem sabe até o final da temporada brigar entre os primeiros colocados.Acho que pressão sempre vai existir, principalmente num esporte tão disputado quanto o Motocross, mas considero bem normal. Ano passado foi um ano de muita pressão, porque sempre estive nas primeiras colocações do Brasileiro e na Superliga. Claro que às vezes isso incomoda um pouco e agora fazendo parte da Yamaha / Grupo Geração acho que a pressão vai aumentar, mas faz parte. Estou preparado para encarar o que vier”.

f5b42e6043d25dbdd31faa311474a419foto1

Arthur ‘Thui’ Todeschini

Thui Todeschini se dedica aos treinos físicos e com moto durante sua pré-temporada para estar 100% na abertura do Arenacross, dia 7 de abril. ” Começamos a pré-temporada no início de fevereiro. Fiquei uma semana em Joinville fazendo curso com o Chumbinho, e a partir disso intensificamos a parte de condicionamento fisíco, que faço com um personal. Estou treinando com moto de 3 a 4 vezes por semana. Optamos, como no ano passado, em não disputar provas durante a pré-temporada, focando os trabalhos na preparação tanto física quanto da moto”, concluiu o atleta.

Quem também sobe de categoria em 2013 é Renato ‘Muguinho’ que comemora seus 13 anos, sendo que ele nasceu num dia 29 de fevereiro, e por isto, irá comemorar na próxima sexta-feira. O paulista faturou o título da 65 na Copa São Paulo de Motocross 2012, além do vice-campeonato do Arenacross e a quinta colocação no Brasileiro de Motocross, também na 65.

O piloto que mora atualmente na em Bragança Paulista, no interior de São Paulo, está animado com esta nova fase e já está trabalhando duro para buscar os resultados. “É uma satisfação fazer parte de uma equipe tão forte, estou muito feliz !! Como estou mudando agora de categoria quero poder dar meu melhor e alcançar todos os meus objetivos. Minha pré-temporada resume-se em treinos, treinos e treinos, tudo para estar na melhor forma possível para o início das competições”, revelou Muguinho.

97688500a36cc34ca1ecf22d5e3f005bfoto2

Renato ‘Muguinho’ Paz

O site Mundocross manteve contato neste último final de semana com Carlos Hermano, o ‘Cacau’, chefe de equipe Grupo Geração / Monster / ASW / Yamaha, e ele comentou que os planos são a partir de agora manter pilotos na categoria de base, e na medida do possível fazer um trabalho contínuo com eles, até chegarem na categoria 450. E para dar melhores condições na questão de logística da equipe, já foi comprado um caminhão Scania, e até o fim do mês de maio, início de junho, a carreta da Geração / Yamaha estará nas corridas a disposição dos pilotos e membros do time. E para mostrar que a equipe está trabalhando sério e com visão profissional nos campeonatos de Motocross, a Geração / Yamaha deverá ter em breve um Centro de Treinamento para seus pilotos.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly