Série Perspectivas 2013 – Thales Vilardi

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 27 de fevereiro de 2013 - 11:26

Agora para você aqui no site Mundocross mais uma entrevista da ‘Série Perspectivas 2013’. Hoje o destaque vai para o paulista Thales Vilardi, piloto da equipe oficial Honda no Motocross. Confira os planos de Thales para a temporada nacional que está para iniciar no mês de abril.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundox – Thales, antes de falar de 2013, comente sobre como foi tua temporada em 2012.

Thales Vilardi – A temporada 2012 para mim começou de forma excelente depois de uma boa pré-temporada que fiz com a Equipe Honda e o Rodney Smith. Tinha vencido as três primeiras baterias da Superliga, até que na quarta vinha vencendo e cai feio em Salvador, lesionando o ombro e o braço. Dai em diante o ano mudou. Fiquei um tempo sem treinar para recuperar, mas consegui voltar em um ritmo bom e a vencer provas. Depois, no meio do ano quebrei o braço direito, passei por cirurgia e acabei perdendo duas etapas do Brasileiro de Motocross, que me tiraram da briga pelos títulos. E no final acabei em terceiro lugar na Superliga, quarto no Brasileiro de Motocross e quinto no Arenacross.

Mundox – Você participou ou está participando de algum campeonato de Motocross dentro do seu programa de pré-temporada ?

Thales Vilardi – Não, apenas disputei provas nos Estados Unidos e uma aqui no Brasil do Carioca de Motocross. Todas com o objetivo de treino e testes.

179761_10151366420262893_1037114668_n

Rodney Smith e Thales Vilardi

Mundox – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que pretende disputar e em quais as categorias em cada um destes campeonatos ?

Thales Vilardi – Meu contrato com a equipe Honda / Mobil é de disputar o Brasileiro de Motocross e o Arenacross, mais o GP Brasil de Motocross. Mas estou com vontade de correr o campeonato Goiano de Motocross, pois gosto do campeonato e das pistas. Corri lá em 2009, onde fui campeão nas principais categorias. E vou correr todos os campeonatos na categoria MX2.

Mundox – O que você achou da CBM ter criado o campeonato por equipes no Brasileiro de Motocross 2013 ?

Thales Vilardi – Eu achei bem legal. Teremos uma disputa a mais em jogo, e isso vai ser bem legal.

Mundox – Sobre a sua pré-temporada, o que você já fez e o que ainda pretende fazer para 2013 em relação a preparação física e técnica ?

Thales Vilardi – Eu já fiquei quase dois meses em Antioch, no norte da Califórnia, treinando com o Rodney Smith, e gostei muito de lá, das pistas, dos treinamentos com ele e com a mulher dele, Lori, que faz toda a parte física. Aqui no Brasil continuo meu programa que estava fazendo lá, com a ajuda deles, que me passam os treinos toda semana. E agora no fim de fevereiro estou voltando para Antioch para continuar meus treinos até a abertura dos campeonatos nacionais aqui no Brasil.

Mundox – Você vai disputar a temporada 2013 por qual equipe e quais os patrocinadores ?

Thales Vilardi – Continuo na equipe oficial Honda / Mobil de Motocross, com os patrocínios da Honda, Mobil, Pirelli, Rfix, Oakley e IMS. E também com meus apoiadores pessoais, que são a  Subs, RSMX31, GoPro, Fitness by Lori, Muscle Milk e MX-Tech.

16518_10151384495557893_1835118868_n

Thales ‘Chicken’ Vilardi

Mundox – Você pretende disputar a etapa do Mundial de Motocross MX1/MX2 no Brasil, que será no mês de maio no Beto Carrero World ?

Thales Vilardi – Sem dúvida, quero muito correr o GP Brasil. Será meu quinto ano disputando essa prova.

Mundox – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Thales Vilardi – É uma pena. Penso que é um campeonato muito legal, e que não temos aqui no Brasil a bastante tempo. Gostava do Dunas Supercross, que corri em 2007 e 2008. Era um campeonato muito bem estruturado, com boas pistas e pilotos. Se fosse possível, seria muito bom que tivéssemos o Dunas Supercross de novo.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Thales Vilardi – Quero agradecer ao Mundocross pelo espaço sempre aqui no site, e a minha equipe Honda / Mobil, todos nossos patrocinadores, e aos meus apoiadores pessoais. Agradecer também minha família que sempre está me apoiando dentro e fora das pistas, minha namorada e a todos vocês que torcem por mim, me apoiam em todos os momentos !! Valeu galera, nos encontramos pelas etapas !!

Perfil do piloto Thales Vilardi
Nome completo : Thales Vilardi Felix da Silva
Data de nascimento : 27 de setembro de 1990
Cidade onde nasceu : São Paulo – SP.
Cidade onde mora : São Paulo – SP.
Apelido : Chicken
Moto atual : CRF 250R
Número que usará no number plate em 2013 : 27
Principal título na carreira : Campeão Brasileiro de Motocross MX Júnior
Ídolo no Motocross Nacional : Antonio Jorge Balbi Jr.
Ídolo no Motocross Internacional : Rodney Smith
Quem é para você uma lenda do Motocross Brasileiro : Eduardo Sacaki
Pista de Motocross favorita em São Paulo : Biritiba Mirim
Pista de Motocross favorita no Brasil : Aracaju – SE.
Comida favorita : Spaghetti
Bebida favorita : Muscle Milk
Comida nos dias de corridas : Salada e frango
Bebida nas corridas : Água
Tipo de filme preferido : Comédia
Lazer preferido : Estar com a família e a namorada
Esporte preferido fora o Motocross : Ciclismo, surf e snowboard
E-mail : [email protected]
Facebook : Thales Vilardi
Twitter: www.twitter.com/thalesvilardi
Instagram: @thalesvilardi

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly