Prévia do Mundial de Motocross 2013 na Tailândia

Por Renato Dalzochio Jr. | Foto por Divulgação | 06 de Março de 2013 - 22:13

Após a etapa de abertura no Qatar, o campeonato Mundial de Motocross 2013 desembarca nas terras exóticas da Tailândia. A maioria dos pilotos aproveitou esta semana para fazer turismo nos locais mais conhecidos aoss arredores da capital Bangkok, antes de viajar para Si Racha, onde o será realizado neste domingo, 10 de março, o segundo GP da temporada.

Seguindo o exemplo do Qatar, vai ser a primeira vez que a Tailândia receberá o Mundial de Motocross. Todos estão ansioso para ver como os fãs tailandeses irão reagir, bem como também estão curiosos para conhecer a nova pista, construída especialmente para este evento. O belga Clement Desalle e o holandês Jeffrey Herlings chegam para defender a liderança das categorias MX1 e MX2 respectivamente, na expectativa de ampliar a vantagem de pontos para seus principais adversários na briga pelo título.

1303061903ThaiGP_MxGp2Thai013

Categoria MX1

Clement Desalle deixou o Qatar com o number plate vermelho em sua Suzuki. O belga venceu a primeira bateria de domingo e com muita autoridade foi o segundo colocado na Superfinal, cumprindo seu objetivo de terminar no topo do pódio no overall.

O segundo colocado na tabela é o atual campeão, o italiano Antonio Cairoli, que mesmo sem vencer, provou que está pronto para defender o título, a bordo de sua KTM SX-F 350. Ele venceu a Superfinal, mas o terceiro lugar na primeira bateria não foi o suficiente para lhe dar a vitória no overall.

Gautier Paulin teve um fim de semana muito consistente no Qatar e ocupa o terceiro lugar na classificação. O francês admitiu que espera fazer uma temporada muito regular em seu segundo ano na categoria e o objetivo agora é conquistar mais um pódio na Tailândia.

Ken De Dycker é o quarto na classificação, apenas dois pontos atrás de Paulin. O belga começou esta temporada mais motivado do que nunca, uma vez que é o seu segundo ano na equipe oficial KTM. Ele está muito confiante em subir ao pódio a cada GP.

Quem completa o top 5 é Evgeny Bobryshev, quinto colocado na primeira bateria e quarto na Superfinal. O russo se sentiu muito confiante em sua Honda e espera repetir este sentimento e brigar por um lugar no pódio na Tailândia.

Em seu ano de estreia na categoria, o britânico Tommy Searle foi sexto colocado no overall no Qatar, a frente de grandes nomes como Kevin Strijbos, Rui Gonçalves, Steven Frossard e Shaun Simpson.

Categoria MX2

O holandês Jeffrey Herlings desembarcou no Qatar com um grande ponto de interrogação, já que havia lesionado o joelho treinando e seu desempenho no fim de semana era colocado em dúvida. No entanto, as dores reduziram e o atual campeão da MX2 dominou a primeira bateria e foi sétimo na Superfinal, melhor piloto da MX2 na corrida agregada com a MX1. Neste fim de semana Herlings vai se concentrar em manter o number plate vermelho em sua moto, mas ele também vai tentar melhorar a sétima posição na Superfinal e tentar entrar no top 5.

Em segundo no overall, Dean Ferris teve um excelente início de temporada. O australiano admitiu que sua mudança para a MX2 foi muito positiva e que agora ele precisa trabalhar sua velocidade para tentar vencer Herlings em um futuro GP.

Um das grandes surpresas no Qatar foi o francês Romain Febvre, que cumpriu o seu objetivo de subir no pódio ao finalizar na terceira posição. Neste final de semana ele pretende melhorar o seu resultado em uma posição.

O holandês Glenn Coldenhoff também brilhou no Qatar e é o quarto colocado na classificação, apenas dois pontos atrás de Ferris e Febvre. Ele está determinado a melhorar seu resultado na Tailândia e conseguir um lugar no pódio.

Fechando os cinco primeiros, o francês Christophe Charlier sabe que possui condições de brigar pelo pódio e vai lutar por este objetivo neste fim de semana na Tailândia, assim como Jordi Tixier, José Butrón, Alessandro Lupino, Julien Lieber e Jake Nicholls, que respectivamente aparecem logo na sequência da classificação do campeonato.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly