Série Perspectivas 2013 – Douglas Parise

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 07 de março de 2013 - 9:54

Hoje o destaque da série exclusiva ‘Perspectivas 2013′ do site Mundocross é o gaúcho Douglas Parise. Duda está mudando de cidade neste ano e está bem empolgado com os novos ares. Nesta quinta-feira fique com a entrevista do piloto ex-campeão Brasileiro de Supercross e ex-campeão Brasileiro de Motocross, que vai correr novamente com esquema privado no Gaúcho de Motocross que começará no dia 17 de março, e no Brasileiro de Motocross que iniciará no mês de abril.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundox – Duda, antes de falar de 2013, comente sobre como foi tua temporada em 2012.

Douglas ‘Duda’ Parise – Minha temporada 2012 não foi das melhores. Tive um bom inicio de ano, fiz boas corridas, mas tive três lesões que comprometeram meu ano.

Mundox – Você participou ou está participando de algum campeonato de Verão de Motocross dentro do programa de pré-temporada ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Eu competi na Copa Verão Sobre Rodas de Motocross, que tiveram quatro etapas no litoral norte do Rio Grande do Sul, que teve o Zanela na organização.

Mundox – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que pretende disputar e em quais as categorias em cada um destes campeonatos ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Pretendo disputar o campeonato Brasileiro de Motocross na categoria MX1, e do campeonato Gaúcho de Motocross nas categorias MX1, e se conseguir moto, na MX2.

247558_105407852876861_3068841_n

Duda foi campeão Brasileiro de Motocross MX3 em 2011

Mundox – O que você achou da CBM ter criado o campeonato por equipes no Brasileiro de Motocross 2013 ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Acho válido tudo que for de incentivo aos pilotos terem mais condições de fazer um bom campeonato. Porém acredito que a CBM poderia fazer muito mais pelos pilotos, principalmente pelos pilotos privados, que na maioria das vezes pagam para correr.

Mundox – Sobre a sua pré-temporada, o que você já fez e o que ainda pretende fazer para 2013 em relação a preparação física e técnica ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Estou forçando bastante na parte física, fazendo academia, pedalando, correndo a pé… e treinando com moto.

Mundox – Você vai disputar a temporada 2013 por qual equipe e quais os patrocinadores ?

Douglas ‘Duda’ Parise – A princípio por equipe nenhuma. Vou correr pelos meus patrocinadores que até o momento são Total Distribuidora de Moto Peças, Rinaldi, Kawasaki, Basalto São Cristovão – BSC, Brasil Racing, Moto e Cia, Cidade de Fagundes Varela, TBT e Arte Cross.

Mundox – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ? Se sim, relate aqui sua opinião sobre qual formato de competição, de pistas e quantas etapas deve ter este campeonato ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Supercross simplesmente é um espetáculo tão bom quanto o Motocross. Acho que precisa uma super mídia e pistas bem feitas, bem acabadas, com a segurança necessária para a  integridade fisica dos pilotos. Separando os dois campeonatos, com o Motocross em um semestre e o Supercross no outro .

425016_251889348228710_219210499_n

Duda Parise vai correr com esquema privado em 2013

Mundox – Você pretende disputar a etapa do Mundial de Motocross MX1/MX2 no Brasil, que será no mês de maio no Beto Carrero World ?

Douglas ‘Duda’ Parise – Pretendo, se conseguir viabilizar a mesma.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Douglas ‘Duda’ Parise – Estou muito feliz e empolgado para essa temporada. Tenho uma família maravilhosa que me apoia, amigos que estão sempre me dando força, e pessoas que acreditam no meu trabalho. Quero agradecer ao pai Marafa da Total Distribuidora de Moto Peças por toda força que está me dando, para todo pessoal da Rinaldi por renovar comigo, pois seus pneus dão um ótimo rendimento dentro das pistas. A galera da Brasil Racing pelo patrocinio vitalicio hehehe. Ao Zeca e toda galera da Moto e Cia., ao Mega da TBT, ao Felipe da Arte Cross, ao Henrique da Polibra.

E a um grande amigo meu, que nunca me deixa na mão, um cara que me ajuda desde 2001, o Telmo Techio do Basalto São Cristovão – BSC. A toda galera da cidade de Fagundes Varela, através do poder público que não mediram esforços para a construção da pista, e vão colocar Fagundes no cenário do Motocross Nacional. Ao Dudi e todo pessoal do Moto Clube Fim da Picada de Fagundes Varela. Eu vou morar e representar o municipio de Fagundes Varela este ano, mas nunca vou esquecer minha origem. Tenho grandes amigos em Casca e quero agradecer de coração a familia Colett do Moinho Casquense por viabilizar o ano passado. Ao Pepe da oficina mecanica Valente pela força que me deu, e parabenlizar você Jorge pelo que você  faz ao nosso esporte, e agradecer pelo espaço que me deu…. Abração a todos !!!

Perfil do piloto Douglas Parise
Nome completo : Douglas Scartazzini Parise
Data de nascimento : 5 de setembro de 1980
Cidade onde nasceu : Casca – RS.
Cidade onde mora : Fagundes Varela – RS.
Apelido : Duda
Moto atual : KX450F
Número que usará no number plate em 2013 : 292
Principal título na carreira : Campeão Brasileiro de Supercross 125 em 2000
Ídolo no Motocross Nacional : Milton ‘Chumbinho’ Becker
Ídolo no Motocross Internacional : Ricky Carmichael
Quem é para você uma lenda do Motocross Brasileiro : Milton ‘Chumbinho’ Becker
Pista favorita no Rio Grande do Sul : Fagundes Varela
Pista favorita no Brasil : Canelinha – SC.
Comida favorita : Salmão grelhado
Bebida favorita : Coca-cola
Comida nos dias de corridas : Massa
Bebida nas corridas : Água
Tipo de filme preferido : Aventura
Lazer preferido : Assistir filmes
Esporte preferido fora o Motocross : MMA
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]
Facebook : Douglas Parise

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly