Sessão estaleiro AMA Supercross

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 08 de março de 2013 - 22:04

Kyle Chisholm – Lesão no tornozelo, perna e joelho
Chisholm quebrou um osso acima do tornozelo da perna esquerda, mas não quebrou seu tornozelo direito. Ele também machucou o joelho direito, mas a extensão do dano não será conhecida até que os médicos recebam os resultados dos exames. Atualmente não há uma data prevista para seu retorno.

Davi Millsaps – Braço machucado
Millsaps teve um braço machucado quando Trey Canard bateu com ele em St. Louis. A lesão é relativamente pequena e não é esperado que afete Millsaps em Daytona.

Ryan Sipes – Pulso fraturado
Sipes sofreu uma fratura no pulso na etapa de Anaheim2 durante a corrida final. Ele retomou a pilotagem, e a última palavra de sua equipe é que ele está esperando estar em forma o suficiente para correr na categoria 450 em Houston.

Brett Metcalfe – Tibia e pulso quebrado e deslocado
Metcalfe acabou se lesionando quando sua moto ficou sem gasolina em uma seção de saltos em Glen Helen Raceway no inverno passado. Metcalfe foi submetidos a cirurgia dos seus ferimentos e está planejando anunciar seus planos para o resto de 2013, em um futuro próximo.

Tevin Tapia – Osso do tornozelo quebrado e lesão no joelho
Tapia se machucou em Atlanta. Ele passará por uma ressonância magnética para saber a extensão dos danos no joelho. Atualmente não há data de retorno esperado.

47539_millsaps-stlouissx201_2a492_600

David Millsaps

Alex Martin – Pulso quebrado
Martin quebrou o pulso durante um treinamento em dezembro. Ele passou por uma cirurgia para remover os pinos em seu pulso esquerdo, e sua equipe espera que ele estará de volta em ação em Indianápolis.

Chris Johnson – Fígado dilacerado e hemorragia adrenal direita
O tamanho de laceração hepática Johnson mede 5,7 por 5,1 centímetros. Não há um calendário em seu retorno.

Joey Peters – Coágulos de sangue no pulmão esquerdo e fraturas nas costelas
Peters está fora de ação em tempo indeterminado.

Matt Lemoine – ACL rasgado
Lemoine rasgou seu ACL, nos treinos na etapa de Dallas, e passou por uma cirurgia ontem. Lemoine vai perder o restante da temporada de 2013 Monster Energy Supercross.

Gannon Audette – Pélvis fraturada
Audette sofreu uma fratura na pélvis e uma lesão na clavícula na etapa de Dallas. Neste momento não há previsão para seu retorno.

Josh Grant – Fratura de tíbia e ombro ferido
Grant se lesionou na etapa de Anaheim3. O ombro de Grant foi avaliado mais tarde e requer cirurgia. Neste momento não há previsão de data para seu retorno.

47536_chisholm-atlantasx2013-008_399

Kyle Chisholm

Darryn Durham – Tendão de aquiles rasgado
Durham retomou a pilotar, mas não vai correr em Daytona.

Justin Bogle – Escafóide direito quebrado e pulso deslocado
Bogle quebrou o pulso direito e deslocou o pulso esquerdo pouco antes de Anaheim1. Seu objetivo é retornar no meio da temporada da categoria 250 Leste.

Nico Izzi – ACL rasgado
Izzi passou por uma cirurgia para corrigir um ACL rasgado em outubro. Ele esta de volta a pilotagem, mas não há atualmente nenhuma data prevista para seu retorno.

Jarred Browne – Clavícula, pulmão machucado, e lesão cerebral
Browne caiu com força em San Diego, mas de acordo com informações suas, é esperado de volta as corridas quando estiver com a recuperação completa. Ele vai ficar afastado das motos por vários meses.

Derek Anderson – Lesão na perna
Anderson sofreu uma lesão na perna, na bateria de última chance em Oakland. Anderson deve estar de volta em ação em Seattle.

Michael Leib – Braço quebrado
Leib sofreu uma fratura no antebraço em um grande acidente na etapa de Anaheim2. Leib está de volta aos treinos com moto e espera estar de volta as corridas quando o AMA Supercross voltar a costa Oeste em Seattle.

Casey Hinson – Ligamento da mão rasgado
Hinson sofreu um corte profundo na mão, e vai passar por cirurgia na próxima semana. Hinson espera estar de volta as corridas na etapa de Seattle.

Blake Baggett – Mão quebrada e pulso machucado
Baggett machucou a mão em um engavetamento na primeira etapa em Anaheim1. Baggett foi submetido a cirurgia na mão, e é incerto se ele voltará as corridas antes do final da temporada do Supercross.

Nick Paluzzi – Vértebra fraturada
Paluzzi caiu na primeira volta de sua corrida em Phoenix. O resultado foi uma fratura, mas não deslocado, da sétima vértebra. Neste momento não se sabe quanto tempo Paluzzi ficará de fora das corridas.

Trevor Ivey – Clavícula
Ivey quebrou a clavícula nos treinos em Phoenix. Ele colocou uma placa e seis parafusos em uma cirurgia. Ele está de volta aos treinos físicos e poderá voltar com aos treinos com moto por volta de março. Ele planeja voltar as corridas na etapa de Seattle, sua cidade natal.

Vann Martin – Pulso quebrado
Martin teve um pulso quebrado em dezembro. Recentemente ele começou a andar de moto novamente e espera estar de volta as corridas em breve.

47538_leib-phoenixsx2013-c_df9990_399

Michael Leib

Michael Byrne – Fratura tibia lateral
Byrne se machucou em Unadilla. E é incerto quando ele será capaz de voltar a correr.

Nick Wey – Vértebras fraturadas, quadril deslocado e costelas quebradas
Wey teve um terrível acidente em Spring Creek, que o levou direto para o hospital. Agora com as vértebras recuperadas, ele está de volta aos treinos com moto, e está pensando em voltar a correr na abertura do AMA Motocross.

Lucas Vonlinger – Perna quebrada
Vonlinger quebrou a perna na abertura da temporada e estará em recuperação nos próximos meses.

Ryder Steffy – Braço quebrado
Steffy está se recuperando e deverá retornar na etapa do AMA Supercross em Seattle.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly