Série Perspectivas 2013 – Gustavo Henn

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 25 de março de 2013 - 9:46

Para você agora mais uma entrevista exclusiva da ‘Série Perspectivas 2013′ do site Mundocross. O destaque hoje vai para o catarinense Gustavo Henn, piloto da nova equipe privada Penks Racing. Confira os planos de Guh para a temporada do Brasileiro de Motocross que iniciará no mês de abril em Carlos Barbosa.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundox – Gustavo, como esta é a sua primeira entrevista para o site Mundocross, conte para os leitores como foi que você entrou no mundo do Motocross.

Gustavo Henn – Sempre gostei de Motocross, e na minha cidade tinha dois amigos que faziam por hobbie provas Regionais, e quando eles iam treinar eles sempre me convidavam, e me incentivavam para que eu começasse a correr também. Foi alguns anos de insistência com minha família hehehe até eles deixar e me darem a moto, até que me deram para que eu parasse de ‘’incomodar’’  e tivesse um brinquedo. Mas a moto nunca foi comprado pensando qu um dia iria levar isso como carreira profissional. No começo sempre foi dito de que eu iria só brincar e fazer as vezes corridas Regionais.

Foi no ano de 2007, em dezembro, que ganhei minha primeira moto e eu não sabia nem ligar ela. Então fomos atrás de algum piloto profissional para me ensinar pelomenos o básico para que eu não me machucasse, e por sorte (sem conhecer muito o esporte) começamos meu primeiro curso com o Milton ‘Chumbinho’ Becker, que até hoje me auxilia em corridas e me ajuda sempre. E me lembro que no começo ele me disse tudo como era pra se tornar um profissional, acabei gostando da coisa, e fui cada vez querendo me aperfeiçoar mais contratei um mecânico/treinador na qual é até hoje o Cristiano Giovanela.

Em 2009 foi meu primeiro Brasileiro de Motocross, ficando em 15º. E em 2010 tava andando entre os três primeiros, pois no final de 2009 fiz uma forte pré-temporada e cheguei em 2010 entre os três primeiros e na etapa em Quissamã – RJ acabei tendo uma queda e fraturando o braço. Recuperado da lesão voltei aos treinos e dois meses depois fraturei o pulso, com isso perdendo todo ano voltando em novembro me preparando para uma forte temporada para 2011. E em 2011 fui campeão Brasileiro de Motocross na categoria 85, sendo meu primeiro titulo como piloto de Motocross.

Mundox – Antes de falar de 2013, comente um pouco sobre como foi tua temporada em 2012.

Gustavo Henn – Em 2012 subi de categoria, tendo que ir para a MX2, com moto de 250 4T. Fiz uma pré-temporada nos Estados Unidos, acabei sendo convidado pelo Balbi para fazer parte da equipe Pro Tork / 2B / Kawasaki. Vinha evoluindo bem a cada prova, sempre andando entre os Top 10, tendo meu melhor resultado um sexto ligar na etapa em Chapecó, em Santa Catarina na Superliga de Motocross, até me lesionar no mês de junho.

311295_153744398045551_617763438_n

Gustavo ‘Guh’ Henn

Mundox – Você teve uma grave lesão e por isto a tua pré-temporada acabou ficando prejudicada, mas o que você fez para recuperar este atraso ?

Gustavo Henn – Realmente tive uma grave lesão no púbis e nas costas. Acabei tendo que buscar recursos maiores, tendo que ir a São Paulo várias vezes fazer vários exames, vários tratamentos com especialistas, e muitas sessão de fisioterapia. Tentei voltar em setembro, fiz duas provas, mas acabei tendo dor de novo, tendo que parar com moto de novo. Agora com novo tratamento, com novos médicos e fisioterapeutas, tive uma melhora muito maior, conseguindo voltar a treinar de moto no dia 20 de março. Agora que começou minha pré-temporada. Sei que estou muito atrasado em relação a outros pilotos, mas vamos atrás do prejuízo.

Mundox – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que disputará e em quais as categorias em cada um destes campeonatos ?

Gustavo Henn –  Pretendo fazer o máximo de provas dentro da minhas condições físicas, mas com prioridade sempre ao Brasleiro de Motocross MX2.

Mundox – Você em 2012 foi membro da equipe pro Tork / 2B / Kawasaki, e neste ano está indo para as competições numa nova equipe. Comente o que ocorreu que você não renovou com a equipe do ano passado.

Gustavo Henn –  Até gostaria de agradecer a equipe Pro Tork / 2B / Kawasaki, pela oportunidade em fazer parte do time, principalmente ao Balbi. Como estava em indefinição em relação em dar continuidade, surgiu um novo projeto com a Penks, achamos interessante e aceitamos.

Mundox – Sobre a sua pré-temporada, o que você pretende fazer ainda em relação a preparação física e técnica até a abertura do Brasileiro de Motocross ?

Gustavo Henn – Meu projeto de pré-temporada era de desde dezembro estar indo para os Estados Unidos, mas tive a lesão. Minha pré-temporada ficou prejudicada. Estou começando agora no mês de março, e sei que vou chegar na abertura do brasileiro não na minha melhor forma, mas brigarei por melhores resultados durante o ano.

Mundox – Você vai disputar a temporada 2013 por qual equipe e quais os patrocinadores ? E quem será seu mecânico e o seu chefe de equipe ?

Gustavo Henn –  Vou correr pela Penks Racing / Henn / Mr Pró / TBT Racing / Trans Tomazi e Maravimotos. E meu mecânico será o Cristiano Giovanela, e o chefe de equipe Canisio Henn

Mundox – Você tem intenção de disputar o GP Brasil de Motocross 2013 na categoria MX2 ?

Gustavo Henn – Com certeza, porque não depende só de mim e da minha equipe, mas se tiver oportunidade irei com certeza.

GustavoHenn_06_03

Gustavo Yudi e Gustavo Henn

Mundox – O teu contrato com a Penks Racing é para quanto tempo ?

Gustavo Henn – Meu contrato é para a temporada de 2013. E terei como companheiro de equipe o Gustavo Yudi, que correrá na categoria Júnior.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Gustavo Henn – Quero agradecer a equipe do Mundocross pela oportunidade desta entrevista. A toda minha família que sempre está comigo, meu pai (Canisio), a minha mãe (Deny) e ao meu irmão (Matheus), e a todos que torcem por mim. E a minha equipe e patrocinadores, Penks Racing, Henn, Mr Pró, TBT Racing, Trans Tomazi e Maravimotos, o meu muito obrigado !!

Perfil do piloto Gustavo Henn
Nome completo : Gustavo Henrique Henn
Data de nascimento : 21 de março de 1995
Cidade onde nasceu : Mondaí – SC.
Cidade onde mora : Mondaí – SC.
Apelido : Henn ou Guh
Moto atual : Kawasaki KXF 250
Número que usará no number plate em 2013 : 90
Principal título na carreira : Campeão Brasileiro de Motocross 2011 categoria 85
Ídolo no Motocross Nacional : Milton ‘Chumbinho’ Becker
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Vilopotto e Ken Roczen
Quem é para você uma lenda do Motocross Brasileiro : Milton ‘Chumbinho’ Becker
Pista de Motocross favorita em Santa Catarina : CT Henn
Pista de Motocross favorita no Brasil : Carlos Barbosa – RS.
Comida favorita : Salmão
Bebida favorita : Sucos naturais
Comida nos dias de corridas : Massa
Bebida nas corridas : Água
Tipo de filme preferido : Cavalo de Guerra
Lazer preferido : Andar a cavalo
Esporte preferido fora o Motocross : Jet Sky
E-mail : [email protected]
Instagram: guuh90
Facebook : Gustavo Henn #90
Twitter: @GuHenn
Site : www.ghenn.com.br

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly