20 estrangeiros disputarão o Brasileiro de Motocross

Por Comunic.Ativa | 28 de março de 2013 - 14:18

Além dos hermanos e paraguaios, que como de costume correm as etapas da região sul, para a abertura do campeonato Brasileiro de Motocross 2013, em Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul, que ocorrerá entre os dias 12 e 14 de abril, são esperados cerca de 20 pilotos estrangeiros.

De acordo com diretor de Motocross da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, Roberto Boettcher, essa participação dos estrangeiros beneficia o motociclismo nacional. “A disputa com pilotos vindos de outros países proporciona a troca de experiência e eleva o nível técnico da competição, fazendo com que os atletas do Brasil fiquem ainda mais preparados para enfrentar os adversários em competições internacionais”, explica Beto.

Só que irão correr a temporada 2013 inteira serão aproximadamente 10 pilotos. Apenas a Honda anunciou dois reforços vindos do velho continente. Os pilotos contratados são os portugueses Joaquim Rodrigues e Paulo Alberto, que disputarão a MX1 e MX2 respectivamente. “Felizmente fui convidado para participar de uma corrida aqui no Brasil. Gostei da prova e eles me chamaram para fazer parte da equipe”, comentou o piloto Joaquim ‘J-Rod’ Rodrigues, durante a apresentação da equipe.

Além dos portugueses, outros seis nomes já estão confirmados para disputar a Temporada 2013. Na MX1 participam o espanhol Carlos Campano e o venezuelano Humberto Martin, da Yamaha / Grupo Geração. O inglês Adam Chatfield da IMS Racing, também entra na disputa da categoria. Outra que correrá na MX1 é o também espanhol Adrian Garrido. Na MX2, o norte-americano Sean Lipanovich  da equipe LS Racing / Honda, que participou de apenas uma etapa em 2012 chega ao Brasil para fazer toda a competição.  O australiano Benjamin James Hussey também será um dos pilotos estrangeiros que disputarão o título do campeonato Brasileiro de Motocross 2013.

Alguns dos estrangeiros já disputam o Brasileiro pela segunda vez. Em 2012 deu dobradinha gringa na MX1. O inglês Adam Chatfield ficou com a segunda colocação, enquanto o espanhol Carlos Campano sagrou-se campeão da principal categoria. “Ainda estou me recuperando, mas vou dar meu máximo este ano para defender o título”, afirma o espanhol.

Jorge Balbi Jr. foi o último brasileiro a vencer o campeonato. O título foi em 2011. Mas para 2013, o piloto espera se reencontrar com a ‘taça. “Se Deus quiser vamos brigar por esse título. Estou muito satisfeito com a minha pré-temporada e independente de ser estrangeiro ou brasileiro estou muito focado para brigar pelas primeiras posições”, afirma Balbi.

Carlos Barbosa cartaz

A primeira etapa do campeonato será no motódromo Fabiano Audibert, localizado em Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, entre os dias 12 e 14 de abril. Carlos Barbosa ainda será a primeira cidade a receber as categorias que serão disputadas em quatro etapas: MXF, MX4, 230 Nacional, 50 A e B. Já as tradicionais, MX1, MX2, MX3, Júnior e 65 estarão presentes nas oito etapas.

Mais informações e inscrições no site da CBM: www.cbm.esp.br

A etapa tem a organização da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, e realização da Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, com apoio da Prefeitura de Carlos Barbosa e da empresa Santa Clara. O campeonato Brasileiro de Motocross 2013 tem o patrocínio da Rinaldi, Honda, Yamaha, X Motos do Brasil, Petrobrás, Lubrax, IMS Racewear e Peterlongo.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly