Bananalama entra para o Guinness Book

Por Broop Comunicação | Fotos por Divulgação | 28 de março de 2013 - 11:13

Agora é oficial: o Bananalama é o maior encontro de trilheiros do mundo. O que todos os envolvidos no evento dizem há anos foi finalmente reconhecido pelo Guinness World Records. Para comemorar a conquista, o clube realizou um evento no qual homenageou organizadores e autoridades, na noite da última sexta-feira (22), na Pousada Vila Ecológica, em Corupá (SC).

O título foi alcançado através da nona edição, que aconteceu em julho do ano passado e registrou a marca de 2.456 participantes, a segunda maior em toda a história do Bananalama. A primeira foi em 2011, quando 2.596 pessoas foram inscritas. O recorde só não foi registrado com o número de maior expressão porque na época faltaram alguns documentos de comprovação.

8-bananalama-2011

“Como foi considerada uma categoria nova pelo livro dos recordes, o trabalho de levantamento das informações foi extremamente minucioso e levou mais de 70 dias”, explica o Secretário do Clube de Trilheiros Bananalama, Juliano Cesar Baade. A documentação enviada a sede do Guinness World Records, em Londres, pesava mais de 13 kg.

Presente na ocasião, o Prefeito Luiz Carlos Tamanini parabenizou os envolvidos pela conquista. “Alcançar esta marca foi como enfrentar uma trilha do Bananalama, cheia de dificuldades, mas vocês não se deixaram abater e foram até o fim. Graças a vocês nosso município é reconhecido mundialmente. Quero registrar aqui meu obrigado”, diz.

Certificado_Guinness

O Secretário de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, Lio Tironi, ressaltou também a importância do Bananalama para a economia local. “Recebemos turistas de todo o Brasil através da realização do Bananalama, que movimentam diversos setores da economia. Corupá e outras cidades vizinhas ganham muito com isso”, afirma.

Já o Presidente da Federação Catarinense de Motociclismo, Onílio Cidade Filho, fez questão de destacar o encontro como referência no segmento. “Quem participa do Bananalama fica encantado com a organização, o tratamento, o envolvimento, enfim. Ele agrega diversas qualidades e faz desse o principal evento da modalidade no mundo. É um verdadeiro orgulho para o estado”, afirma.

IMG_9457

Para o Presidente do Bananlama, Alisson Siqueira Wulff, o empenho de todos na busca pelo título valeu a pena. “Estamos comemorando um grande marco justo quando o evento comemora seus 10 anos. Começamos pequenos, fomos crescendo e alcançamos esta proporção gigantesca graças à dedicação de todos. Não posso deixar de enaltecer os trilheiros, que fazem a festa acontecer”, exalta.

A próxima edição do Bananalama irá acontecer entre os dias 4 e 7 de julho, no Seminário Sagrado Coração de Jesus, em Corupá (SC). O desafio dos organizadores é bater o próprio recorde, alcançando mais de três mil inscritos para a tradicional trilha. Para isso, o evento está passando por uma transformação e promete muitas surpresas em sua programação, que deve ser anunciada em breve.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly