Hector e Roosevelt fecham com a Kawasaki

Por Divulgação | Fotos por Divulgação | 04 de abril de 2013 - 14:58

Os irmãos Hector e Roosevelt Assunção estão de equipe nova. Os pilotos representarão o time Circuit / Bike Box / Kawasaki na temporada 2013 no campeonato Brasileiro de Motocross e no Arenacross.

Hector defenderá o título da MX2 no Brasileiro de Motocross, a bordo de uma Kawasaki KX250F. Já Roosevelt buscará boas colocacões na MX1, pilotando uma Kawasaki KX450F.

A parceria foi fechada ontem, 3 de abril, em São Paulo. Koizumi, o ‘Avê’, proprietário da Bike Box, concessionária Kawasaki, está dando o respaldo necessário para o time do campeão Brasileiro Hector Assunção. Para Júlio, chefe de equipe da Circuit / Bike Box / Kawasaki, a idéia é investir nos talentos nacionais:

e11db990ab7bc968b55dc57e281ec385foto1

Roosevelt, Júlio, Avê e Hector Assunção

“Sempre trouxe pilotos de fora para o Brasil e agora estou fazendo o trajeto inverso, investindo nos talentos nacionais para mandá-los também para outros lugares, outras competições. O objetivo neste ano é trabalhar duro para bater os pilotos estrangeiros, que estão em grande quantidade nesta temporada brasileira”, contou ele.

Hector Assunção usará o numeral 1 no Brasileiro de Motocross e o 30 no Arenacross, no qual fechou a temporada passada na terceira colocação na MX2. Roosevelt andará com o numeral 4 em ambas as competições. No ano passado ele foi o 13º colocado na MX1, no Brasileiro de Motocross, tendo participado de apenas de três etapas, e foi o nono colocado na MX Pró no Arenacross.

58e9021eb3900d9d89bfd7743a596672foto3

Roosevelt e Hector Assunção

O primeiro desafio da nova equipe será no próximo dia 14, na abertura do campeonato Brasileiro de Motocross em Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly