Clima poderá influenciar no Enduro FIM em Minas

Por Assessoria de Imprensa da CBM | 05 de abril de 2013 - 16:06

Cerca de 120 pilotos participam da abertura do campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2013, que será realizada na Usina hidrelétrica de Mascarenhas de Moraes, localizada na Serra da Canastra, a 20 quilômetros de Ibiraci, em Minas Gerais. Hoje foi aberta a secretaria de provas e está sendo feita a entrega de materiais para a prova. Amanhã. dia 6, e domingo, dia 7 de março, serão as disputas.

As condições climáticas na região de Ibiraci podem ser decisivas para os pilotos. “A previsão do tempo marca chuvas esparsas na região, ou seja, imprevisível, o que traz uma grande expectativa, pois a chuva muda  consideravelmente o percurso”, explica o diretor de Enduro FIM da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, Maurício Brandão.

Cassiano Tebaldi é o atual campeão da categoria da E3A – Over 35. O piloto está focado na Temporada 2013. “Estou 100% para começar o campeonato. Tenho me preparado bastante. Vamos ver se der tudo certo vamos lá e tentar ganhar de novo”, conta o piloto.

Outro piloto que conquistou título em 2012 e vem com tudo para este ano é o Diego Colett, campeão da E2. “Estou ansioso para este campeonato, mas estou fazendo um bom trabalho para tentar sair com bons resultados”, explica.

Mas os pilotos sabem que não terão vida fácil. A Serra da Canastra é um desafio técnico e físico. “É um terreno bem acidentado que exige muito do piloto. As especiais são desgastantes”, afirma Tebaldi.

“É uma região muito difícil. É sempre um desafio tentar andar entre os primeiros colocados”, declara Colett.

Cartaz (2)

Percurso

A volta terá 39 quilômetros com quatro especiais. A primeira especial será um Cross Test (CT) em um antigo campo de futebol com alguns obstáculos artificiais, muitas curvas, gramado estilo mundial de enduro. O CT terá 2.000 metros. A segunda especial será a mais longa com 2.800 metros. No Extreme Test (XT), que será realizado na “Trilha da Laje”, os pilotos terão que superar as pedras brancas, cascalho e subidas.

A terceira especial será um Enduro Test (ET1), com pedras soltas, terreno mais batido, subidas e grama, com 2.600 metros. A quarta especial será outro Enduro Test (ET2), com pedras brancas e degraus. Nesse ET de 2.500 metros os pilotos passarão pelo Mirante das Antenas, local onde poderão contemplar as belezas naturais da região.

ibiraci

Programação

5 de abril – Sexta-feira

15h – Abertura da secretaria de provas e entrega de materiais no hotel da usina

*Será entregue um mapa ao piloto com possibilidade de reconhecimento das especiais a pé ou de bicicleta

6 de abril – Sábado

7h30 – Abertura da secretaria de provas e vistoria das motos. Parque fechado no local da largada

10h30 – Largada dos pilotos

15h – Chegada dos primeiros pilotos

7 de abril – Domingo

9h30 – Largada dos pilotos

13h – Chegada dos primeiros pilotos e divulgação dos resultados

*Sujeito a alteração

Opções de hospedagem:

Hotel Fagundes: (35) 3545-2500

Hotel Usina: (35) 3545-2258

Camping: (35) 3545-2577

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly