Foto do Dia Mundocross

Por Mundo Press Assessoria | Foto por Divulgação | 08 de abril de 2013 - 2:00

O final de semana foi perfeito para a Gas Gas Racing Team / Rinaldi na abertura do campeonato Brasileiro de Enduro FIM para motocicletas, o qual teve como palco a cidade de Ibiraci, na região da Serra da Canastra, em Minas Gerais. A equipe dominou as principais categorias e garantiu dobradinha, com Rômulo Bottrel na E1 – e na geral – e Rigor Rico na E2. O time contou com Ripi Galileu em sétimo lugar na E1, sendo que a disputa foi válida ainda pelo campeonato Mineiro da modalidade. Além de fortes adversários e de uma prova técnica, Bottrel teve de superar a doença da dengue, diagnosticada há uma semana. “Foi a prova mais difícil que eu disputei na minha carreira”, resumiu o campeão brasileiro de 2011 pela classe E2. “Sofri bastante e senti falta de força física, já que a dengue me deixou debilitado e sem resistência. A organização caprichou na prova, que estava muito técnica. Comecei bem a temporada e espero manter este ritmo até o final”, continuou Bottrel, que lidera ainda a Copa EFX na Elite. Recém-chegado do Mundial da modalidade, Rigor Rico também saiu na frente na classe E2 do Brasileiro. “Estou satisfeito com o resultado. A prova teve muita trilha e pedra, foi bastante técnica, e eu me senti em casa. Andei solto e errei pouco, apenas no domingo que levei um tombo e demorei para levantar a moto, o que custou algum tempo”, contou o mineiro, que venceu entre todas as motocicletas na cronometragem de sábado. “Há tempos que uma motocicleta de 250 não vencia na geral. Estou feliz e a moto Gas Gas estava perfeita, como sempre”, acrescentou o jovem talento. Irmão de Rigor, Ripi Galileu confirmou lugar no grupo dos mais rápidos da E1 em sétimo lugar. “Eu demorei para me adaptar ao circuito e não fui tão rápido como poderia. Estas falhas custaram caro, mas ao mesmo tempo consegui avaliar os pontos que eu preciso melhorar para as próximas provas”, comentou o piloto, cujo foco principal é o campeonato Mineiro de Enduro FIM. “Vou trabalhar muito para levar a Gas Gas para o pódio”, avisou Galileu.

Ripi Galileu - 02

Ripi Galileu

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly