Governo e Romagnolli apresentam o GP Brasil de MX

Por VipComm Comunicação | Fotos por Hermínio Nunes | 09 de abril de 2013 - 20:22

Pelo segundo ano consecutivo, o Estado de Santa Catarina recebe o Honda GP Brasil de Motocross, etapa brasileira do campeonato Mundial de Motocross MX1/MX2, uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, Federação Internacional de Motociclismo – FIM, e Youthstream. E para dar sequência aos preparativos da competição, marcada para os dias 18 e 19 de maio, no Parque Beto Carrero World, em Penha, foi realizada uma coletiva de imprensa na capital catarinense.

Nesta terça-feira, 9 de abril, Carlos Romagnolli, presidente da Romagnolli Promoções e Eventos, o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina, Beto Martins, e Vitor Bauab, diretor de marketing, vendas e novos negócios do Beto Carrero World, apresentaram o evento, que terá a presença de pilotos, equipes, fãs e jornalistas de mais de 20 países em um fim de semana que promete ser inesquecível.

Em 2013, o Honda GP Brasil de Motocross deve reunir mais de 40 mil pessoas nos dois dias e chega com a responsabilidade de ser ainda melhor e mais eficiente que no ano anterior. O motivo é o prêmio de “Melhor Organizador do Mundo” conquistado pela Romagnolli, promotora da etapa nacional, devido à eficiente realização da prova em 2012.

“São 25 anos de empresa e experiência na organização dos principais eventos de motociclismo e automobilismo no Brasil. O reconhecimento e a credibilidade internacional foram conquistados devido à dedicação do trabalho de toda a equipe. Tenho certeza que a etapa de 2013 será um sucesso”, diz Romagnolli

Promover a inclusão social nas regiões por onde seus campeonatos passam é uma das preocupações da Romagnolli. Por isso, a empresa doará dois mil ingressos para estudantes de escolas públicas de Santa Catarina, que poderão assistir aos principais pilotos da modalidade no sábado, 18 de maio.

O evento irá movimentar e aquecer a economia de Santa Catarina. Segundo estudos, cada turista deve desembolsar durante a estadia no Estado cerca de R$1.700,00, entre bares, restaurantes, ingressos, reserva de hotéis, locação de carros, táxis, entre outros gastos. “As belezas do Estado de Santa Catarina e as principais atrações turísticas vão impactar milhões de pessoas através das TVs. Estamos fomentando o turismo”, complementa Romagnolli.

“Estamos satisfeitos e ansiosos para recebermos em Santa Catarina mais este evento. Essa é mais uma prova de como o esporte pode movimentar o turismo, pois esperamos ocupação hoteleira total na região Beto Carrero World, assim como foi no Desafio das Estrelas”, destaca Beto Martins.

“É uma alegria enorme receber esse evento. O parque tem desenvolvido novos desafios e projetos. Dentro disso está o motociclismo. Temos uma ótima parceria com o Romagnolli e espero que essa relação dure ainda mais”, afirma Vitor Bauab.

Com visibilidade mundial, o Honda GP Brasil de Motocross terá cobertura de mídia completa e contará com infraestrutura ainda maior. Pensando na qualidade da imagem que chega ao telespectador, a Romagnolli fez grandes investimentos e traz ao evento geração das imagens em High Definition (HD).

O canal de TV aberta, RedeTV!, e os canais de TV fechada, SporTV e Band Sports, transmitem ao vivo o que de melhor acontece no domingo (19) nas provas da MX1 e MX2. Além disso, a etapa será retransmitida para mais de 80 países.

Para realizar o evento, a empresa conta com uma equipe de 300 funcionários 100% focados em montar e organizar toda a estrutura. A sétima etapa da competição terá cerca de 80% dos setores destinados à torcida (arquibancadas e camarotes) cobertos e assentos para todos os presentes. Ampla área de box, sala de imprensa confortável, equipe e estrutura médica completa seguem como diferenciais da Romagnolli.

A pista é um espetáculo à parte. Idealizado e executado por Justin Barclay, construtor da Youthstream, o circuito possui 1.560 metros de extensão e é composto por obstáculos sinuosos e área de acesso pavimentada para organização, médicos e imprensa transitarem.

O cenário no local fica ainda mais belo com o paisagismo do Beto Carrero World, com características e retoques do mundo mágico do parque em um visual impecável.

O Honda GP Brasil de Motocross é uma realização da Romagnolli Promoções e Eventos, Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e Youthstream. Patrocínio: Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Esporte e Turismo, Fesporte e Mobil. Co-patrocínio: Pirelli, Yamaha, X Motos, IMS Racing e Iveco. Apoio: Beto Carrero World, Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e Revista da Moto!

mundialcarlos_hn_0002

mundialbeto_hn_0006

Beto Martins, secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina

mundialvitor_hn_0009

Vitor Bauab, diretor de mkt, vendas e novos negócios do Beto Carrero

mundialcarlos_hn_0466

Carlos Romagnolli, presidente da Romagnolli Eventos

mundialgeral__hn_0095

mundialcarlos_hn_0188

mundialgeral_hn_0089

mundialgeral_hn_0172

mundialgeral_hn__0075

Informações da sétima etapa do Mundial de Motocross MX1/MX2

Ingressos
As entradas seguem à venda. Os fãs podem adquirir os ingressos pelo site oficial da competição www.mundialdemxbrasil.com.br. Os valores vão de R$30,00 a R$300,00. São vários setores disponíveis ao público, que assistirá às provas das categorias MX1 e MX2, além do show de freestyle e a Corrida dos Campeões.

Preocupada com a responsabilidade social, a Romagnolli Promoções e Eventos, promotora da etapa, oferecerá dois mil ingressos aos estudantes de escolas públicas de Santa Catarina. Crianças e adolescentes poderão assistir aos duelos no sábado (18).

Atrações
O público no Honda GP Brasil de Motocross assistirá a uma corrida-exibição com pilotos que fizeram história do motocross no Brasil. Nomes como Pedro Bernardo Raimundo “Moronguinho”, Jorge Negretti, Milton Becker “Chumbinho”, Elton Becker, Rafael Ramos, Roberto Boettcher, Rogério Nogueira, Nuno Narezzi, Wellington Valadares, Bernardo “Bê” Magalhães, Cristiano Lopes e Roque Colmann já confirmaram presença e serão homenageados pela Romagnolli.

Outra atração no evento será a equipe de Motocross Freestyle J99 Honda, comandada pelo principal piloto do país Gilmar Flores, o Joaninha.

Mídia no Mundial de Motocross
– 200 profissionais de imprensa credenciados
– 500 matérias publicadas em jornais, revistas e sites nacionais e internacionais
– Transmissão nacional de 4h50min (RedeTV!, SporTV e Band Sports)
– Transmissão internacional para mais de 80 países

Programação 
Sábado – 18/5
9h30 – Treino livre MX2
10h15 – Treino livre MX1
13h15 – Pré-Classificatório MX2
14h00 – Pré-Classificatório MX1
16h10 – Prova Classificatória MX2
17h – Prova Classificatória MX1

Domingo – 19/5
9h – Warm Up MX2
9h30 – Warm Up MX1
11h – Solenidade de Abertura Oficial
12h – 1ª Bateria MX2
13h – 1ª Bateria MX1
14h20 – Repescagem MX1/MX2
16h – Super Final MX1/MX2

*Programação pode ser alterada pela organização

Campeonato Mundial de Motocross MX1/MX2
A competição é dividida nas categorias MX1, com motos de 250cc (2t) ou até 450cc (4t), e MX2, com motos de 125cc (2t) ou até 250cc (4t) e pilotos de até 23 anos. Os principais competidores da atualidade disputam o campeonato, que neste ano é composto por 18 etapas passando por países da Europa, América Latina e Ásia.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly