Série Perspectivas 2013 – Tauan Brenner

Por Sandra Souza | Fotos por Divulgação | 10 de abril de 2013 - 8:39

Placa de 5 segundos no ar, largou…

Mundox – Tauan, antes de falar de 2013, comente sobre como foi tua temporada em 2012.

Tauan Brenner – O ano passado foi um ano de bastante aprendizado, mas muito difícil pra mim. Fiz uma pré-temporada para 2012 intensa e queria chegar bem para a abertura do Brasileiro de Motocross. Eu tinha acabado de mudar para a Kawasaki e estava me sentindo muito bem com a moto. Na abertura do Brasileiro em Carlos Barbosa, na primeira bateria ocupava uma boa colocação, até que me envolvi em um acidente com um piloto. Foi uma queda feia e acabei rompendo um ligamento do pé direito.

Isto me deixou de fora das pistas por mais de seis meses, conseguindo voltar só uma semana antes da etapa de Anchieta, no Espirito Santo. Competi lá e também em Dourados. Depois de ser liberado pelo médico voltei aos treinos físicos e com moto, tive alguns bons resultados no Catarinense de Motocross, o que me mostrou que eu estava com uma boa velocidade e motivou bastante para iniciar a preparação para 2013.

Mundox – Você participou ou está participando de algum campeonato de Verão de Motocross dentro do seu programa de pré-temporada ?

Tauan Brenner – Participei do campeonato verão de Motocross Catarinense, e em uma etapa da Copa Verão SobreRodas de Motocross, em Torres no Rio Grande do Sul. Não pude competir em todas as etapas porque eu não tinha renovado com nenhum patrocinador e tinha planos quase certos de me mudar para os Estados Unidos, onde também participei de algumas corridas ajudando na minha pré-temporada.

Tauan Brenner 2

Mundox – Quais os campeonatos em quais as categorias em cada um destes campeonatos ?

Tauan Brenner – Meu foco principal são os principais campeonatos amadores dos Estados Unidos. Vou competir na categoria 250C, College Boy, Open B/C e também nas 450C, mas se conseguir tempo e viabilizar pretendo participar de algumas competições no Brasil no segundo semestre deste ano. Talvez quatro etapas do campeonato Brasileiro e as etapas restantes do Catarinense de Motocross, ambos na categoria MX2.

Mundox – O que você achou da CBM ter criado o campeonato por equipes no Brasileiro de Motocross 2013 ?

Tauan Brenner – Inovar sempre é muito interessante. Alguns ajustes e ficaria muito legal e competitivo.

Mundox – Sobre a sua pré-temporada, o que você já fez e o que ainda pretende fazer para 2013 em relação a preparação física e técnica ?

Tauan Brenner – Trabalhei duro na minha preparação física no Brasil. Desde o começo de janeiro comecei com treinos de triathlon, o que é bem intenso, desde o mês março me mudei para Antioch ,na Califórnia, Estados Unidos. e os treinos físicos são guiados por Lori Smith. Os meus treinos com motos nos Estados Unidos estou fazendo com a RSMX, onde tenho toda a estrutura que preciso.

Mundox – Você vai disputar a temporada 2013 por qual equipe e quais os patrocinadores?

Tauan Brenner – Tanto no Brasil como nos Estados Unidos vou competir em um esquema privado, mas com os apoios norte-americanos que já tenho, são eles: RSMX, Muscle Milk, DP Brakes, Fitness By Lori, FMF, Answer e Smith.

Tauan Brenner

Mundox – Você pretende disputar quais campeonatos no exterior este ano ?

Tauan Brenner – Vou competir a primeira etapa do AMA Motocross em Hangtown, onde os pilotos amadores correm na quinta e sexta feira, e as classificatórias do Loretta Lynn’s também será parte do meu calendário. Caso consiga a classificação, vou competir o Loretta Lynn’s em agosto e também os nacionais de Mammoth, Namoro e Dodge, que são muito importante aqui, além das provas Regionais na Califórnia que têm um nível muito alto.

Mundox – Já faz algumas temporadas que não se tem campeonato Brasileiro de Supercross. O que você acha sobre isto ? Gostaria que tivesse um Brasileiro de Supercross ?

Tauan Brenner – A não realização do Supercross na minha opinião é pela falta de organização dos dirigentes, principalmente no calendário. O esporte no Brasil perde muito com a falta da modalidade. O Supercross exige uma preparação diferente e uma concentração maior, além de ser um espetáculo para o publico e é mais fácil para ser televisionado. Com toda certeza, sou um piloto que gosto muito e sempre me dei muito bem no Supercross, sinto falta de pistas boas no cenário nacional.

Um campeonato no inicio do ano, sem corridas de motocross, com pelo menos 9 etapas para a categoria SX1 dividindo em duas regiões para a categoria SX2 e acontecendo uma super final no centro do país com o formato de pista e estrutura do Dunas Supercross, seria perfeito.

Mundox – Agora a palavra e o espaço são todos seus.

Tauan Brenner – Estou tendo a oportunidade que sempre sonhei, de competir nos Estados Unidos, graças a Deus e ao esforço da minha família e queria falar a todos que tiverem oportunidade de vir pra a América, venham, isso vai ajudar muito o esporte e abrir a cabeça para mudanças que podem fazer a diferença.

Agradeço ao pessoal do Mundocross pelo espaço, as meus apoiadores, ao Rodney Smith, Lori Smith, Stephen Hernadez pelo ótimo trabalho feito até agora, a Sandra Souza, Nayara Freire, todos que tem torcido pelo meu bom desempenho e mandado mensagem de apoio nas redes sociais, prometo representar a nossa bandeira da melhor forma!

Perfil do piloto Tauan Brenner
Nome completo : Tauan Henrique Brenner
Data de nascimento : 12 de agosto de 1995
Cidade onde nasceu : Balneário Camboriú – SC.
Cidade onde mora : Antioch – Califórnia
Motos atuais : RMZ 250
Principais títulos : Campeão Brasileiro de MX / Campeão Sul Brasileiro de MX / Tetra campeão Catarinense de MX
Ídolo no Motocross Nacional : Milton ‘Chumbinho’ Becker
Ídolo no Motocross Internacional : Ricky Carmichael
Pista de Motocross favorita em Santa Catarina : Motódromo João Marronzinho Jr. em São José
Pista de Motocross favorita no Brasil : Carlos Barbosa – RS.
Comida favorita : Peixe
Bebida favorita : Suco
Estilo de filme preferido : Comédia
Comida nos dias de corridas : Massas
Bebida nas corridas : Água
Lazer preferido : Cinema
Esporte preferido fora o Motocross : Surf
E-mail : [email protected]
Facebook : Tauan Henrique Brenner

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly